Google Translate

Google Connect

As Mais Acessadas

domingo, 29 de maio de 2011

Argumento de Pesquisa: Pra Que Título parte 2



Topic: Mural do Recanto Lustato Anna Ribeiro e demais Poetas Muralistas
  Caso em nosso instantâneo dos Autores Muralistas exista algum poema cujo autor não concorde com a reprodução nesta Comunidade, basta comunicar-nos no link http://www.lustatotenterrara.com/contato.php que a reprodução do seu mural será deletadae não mais constará em edições posteriores ou anteriores (acaso indicadas o dia e a hora do post no mural)   Informamos, porém, que - por medida de segurança  --  tal exclusão somente será aceita por meio do link de contato já indicado http://www.lustatotenterrara.com/contato.phppois o mesmo grava o endereço IP do solicitante.   Também não serão publicados os posts muralistas dos autores que solicitam a exclusão do seu e-mail de nossa lista de emails através do nosso email retirarmeuemaildalista@lustatotenterrara.com   Se, por algum lapso de nossa parte, algum seja incluído aqui, indevidamente, pedimos escusas, e providenciaremos o delete imediatamente, assim que nos for comunicado por qualquer meio.   Abraço. Lustato Tenterrara, 27 de fevereiro de 2011.       26/02/11 11:36 - Anna Ribeiro                                     Anna Ribeiro. 26/02/11 11:35 - Adílio dos Santos Lá dVisconde   Ódio não dói. Corrói. Grupo Teatral Mania das Artes Adílio dos Santos Lá d´Visconde - Coordenador - grupoteatrtalma@ig.com.br 26/02/11 11:33 - Dekko   Visite o site http://www.doepalavras.com.br/ e doe uma palavra de esperança aos pacientes do Hospital Mario Penna. Participe, seja filósofo, poeta , escritor, leitor ou artista. 26/02/11 11:31 - Lustato Tenterrara   Veja, mais abaixo, os fundamentos do Concurso Poemas Tag Mile do donativo a partir de R$ 10.00 (dez reais) POR ANO,e da Participação pecuniária (grana, dinheiro) que os membros-vips terão direito,conforme: a) o valor do donativo, b) a data da primeira anuidade, e c) da participação efetiva na publicação de blogs, fóruns, comentários, scraps, vídeos, músicas inscrição de poemas, votação nos poemas inscritos e tudo o mais que você possa colaborar, na forma adiante indicada.   ℒℴѵℯ é um Beijo de Amor Verdadeiro Postado por Lustato Tenterrara em 12 outubro 2010 às 21:14 Exibir Meu Blog   Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara http://www.lustatotenterrara.com http://bit.ly/nossosite http://bit.ly/sitedoescritor   Brasil Poesias Música Prosa Verso Poemas e Relacionamentos http://BrasilPoesias.ning.com http://bit.ly/nossarede http://bit.ly/brasilpoesias   Comunidade Recanto das Letras na Rede Brasil Poesias http://BrasilPoesias.ning.com/group/RecantoDasLetras   Comunidade Orkut Recanto das Letras e Poetas http://bit.ly/orkutrecanto   Portal Literário Recanto das Letras http://recantodasletras.uol.com.br http://bit.ly/recanto     < Post Anterior           |||||          Próximo Post >       26/02/11 11:31 - Lustato Tenterrara   Veja, mais abaixo, os fundamentos do Concurso Poemas Tag Mil e do donativo a partir de R$ 10.00 (dez reais) POR ANO, e da Participação pecuniária que os membros terão direito, conforme o valor do donativo, a data da primeira anuidade e da participação efetiva na publicação de blogs, fóruns, inscrição de cada poema no Concurso Tag Mil, comentários, votações nos poemas inscritos, scraps, vídeos, músicas e tudo o mais que você possa colaborar, na forma adiante indicada.     Como todos já devem saber, as Redes em Plataforma Ning deixaram de ser Grátis-Free; Lembramos que todas as demais plataformas de redes sociais também estão fazendo, ou fazem a partir de determinado volume de dados, e com, recursos bem inferiores aos serviços oferecidos pelas Redes Ning.   Lembramos que todos os Membros -VIP (que já fizeram o donativo anual), são Membros VIPS em todas as nossas outras VINTE redes Ning Associadas e em 10 blogspots à escolha, entre os 150 blogspots associados (e tudo isso com apenas um donativo/anuidade POR ANO, ou seja, com apenas um donativo ANUAL).   Lembramos, também que, aqueles que já efetuaram o pagamento de sua ANUIDADE, (donativo), até 31 de janeiro, já estão participando do rateio de 70% dos rendimentos de todos e quaisquer anúncios veiculados em suas páginas, e nas páginas que tenham sido por ele iniciadas (profile, scrapbooks, blogs, fóruns gerais da rede, criação de comunidades, fóruns de comunidades, em todas as nossas vinte Redes Ning Associadas e por publicações em até 10 de nossos 150 blogspots associados. Aos que efetuaram ou irão efetuar o pagamento de sua primeira anuidade até 03 de março de 2011, a sua participação será de apenas 60% do aludido rateio.   E aqueles que efetuarem seu donativo/anuidade somente após o dia 03 de março de 2011, a sua participação no aludido rateio será de apenas 50%. O valor mínimo para o donativo/anuidade é de R$ 10.00 (dez reais), ou 8.00 (oito dólares) ou E$ 5.00 Euros, se efetuados até 03 de março de 2011, e o valor máximo é de E$ 200.00 (Duzentos Euros), ou o equivalente em qualquer outra moeda.   Aqueles que já efetuaram o pagamento de seu donativo/anuidade no valor de R$ 5.00 (cinco reais), ou o fizerem até o dia 03 de março de 2011, estamos concedendo o status-quo de Membro-Vip, sem qualquer mácula, e com os mesmos direitos.   Após 03 de março de 2011, os valores mínimos de anuidade/donativo será de R$ 15.00 (quinze Reais); $ 10.00 (dez Dólares USD) ou E$ 8.00 (oito Euros).   Para determinar-se o valor que caberá a cada um dos Membros-VIP, considerar-se-á uma fómula matemática-estatística, que será definida consoante as alíneas "a", a "g", adiante:   a)O valor global de todas as anuidades/donativos pagos por todos os Membros-Vips; (peso 1)   b)O valor da anuidade/donativo de cada Membro-Vip; (peso 2)   c)O valor global de todos os rendimentos líquidos obtidos por todos os Membros-Vip; (peso 1)   d)O valor individual dos rendimentos líquidos obtido pelo Membro-Vip, individualmente; Peso 2)   e)O percentual de 70%, ou 60% ou 50% (conforme calendário acima); (peso 1)   f) A participação ativa global de todos os membros, apurado pela somatória de todos os ítens da alínea "g", seguinte; (peso 1)   g)A participação ativa individual, de cada Membro-Vip, que será apurado da seguinte forma: (peso 2)   g-I)3.0 (três pontos) por publicação de fórum iniciado pelo membro (fórum geral da rede ou de comunidades);   g-II)4.0 (quatro pontos) por publicação de blog iniciado pelo membro;   g-III)2.5 (dois pontos e meio) por UP-LOAD de vídeo;    g-IV) 0.5 (meio ponto) por vídeo publicado por meio de código embed (copiar/colar) de vídeos do You Tube ou similares;    g-V) 1.5 (um ponto e meio) por Up-Load de música Mp3;    g-VI) 0.3 (três décimos de ponto)  por up-load de fotos, imagens;    g-VII) 2 (Dois pontos) por comentário em posts de blog, ou por resposta a qualquer fórum (geral da rede ou de comunidades); Parágrafo único: Se a comunidade for VIP, o dono da comunidade-vip receberá 1.0 (um ponto) por abertura de tópico de outro membro, ou por comentário de outro membro, em sua comunidade VIP.    g-VIII)0.2 (dois décimos de ponto) por comentário em fotos, imagens e vídeos. Se o vídeo foi implantado via up-load, cada comentário terá 0.5 (meio ponto))   g-IX)0.2 (dois décimos de ponto) por scraps nos scrapobooks dos demais membros;  g-X) 0.1 (um décimo de ponto) por comentário em seu próprio scrapbook e em qualquer página aberta por você;    g-XI)3.0 (três pontos) por abertura de comunidade. Não utilizar acentos nem ç no nome da comunidade (depois corrigimos com a moderação). Na formação do link da comunidade (logo abaixo do quadro de descrição), utilize letras maiúsculas no início de cada palavra ou demais elementos gráficos-gramaticais)   Por exemplo: Titulo: Comunidade Gonçalves Dias Se usar acento gráfico, o sistema assume:  /gonalvesdias   Você verifica e corrige o Link para: /GoncalvesDias     Título: Comunidade Chico Buarque de Hollanda   O Sistema assume: chicobuarquedehollanda Corrija o link para   /ChicoBuarqueDeHollanda   g-XII)4.0 (quatro pontos) por abertura de Comunidade-Vip;   g-XIII) 3.0 pontos por Tópico de Fórum nas Comunidades-VIPs; (2 pontos para o Dono da Comunidade e 3 pontos para quem abriu o tópico. Se o tópico houver sido aberto pelo próprio dono da Comunidade-Vip, o mesmo fará jus a 4.00 pontos).     g-IVX) 2.5 (dois pontos e meio) por resposta a tópico em fóruns de Comunidades VIPS;     g-XV) 5.0 (cinco pontos) para cada sugestão de melhoraria de uma ou de todas as nossas redes ning associadas, em qualquer aspecto; e que seja encaminhada ao Owner (http://bit.ly/contatos ).  Receberá mais 5.00 (cinco pontos) se a sugestão for adotada.       g-XVI) 6.0 (seis pontos) por inscrição de cada poema no Concurso Poemas Tag Mil, no link http://BrasilPoesias.ning.com/group/PoemasTagMil/forum/new Se o poema houver sido inscrito no link acima por Membro, ou Administrador, ou pelo Owner (que não seja o autor do poema), caberá 2 (dois) pontos a quem inscrever o poema de outrem, sem prejuízo dos 6 (seis) pontos dedicados ao autor do poema inscrito;     g-XVII) 4.0 (quatro pontos) por cada voto que o Membro-Vip fizer nos poemas inscritos, de outros autores. Será permitido o voto "Gostei", o qual será computado como um voto de 8,5  no Poema Inscrito.   A  fórmula matemática para resolução dos parâmetros acima está bem delineada, e não há nenhum bicho-de-sete-cabeças que possa impedir a definição da fórmula matemática, considerando-se as variáveis acima, pois os fundamentos já estão acima expressos.   Este comunicado revoga os anteriores no que os houver modificado.   Brasília - DF, 23 de fevereitro de 2011 Lustato Tenterrara Escritor: UBE-343/1999-PI União Brasileira de Escritores, Piauí; Dr. Luiz Carlos C Melo Advogado: OAB-4847-PI/2006 Ordem dos Advogados do Brasil, Piauí Compartilhar Twitter < Post Anterior     26/02/11 11:24 - Magnu Max Bomfim TEM ALGO DIFERENTE NO RECANTO DAS LETRAS, VOCÊ SÓ DESCOBRIRÁ SE ME VISITAR!!!!!   http://recantodasletras.uol.com.br/autores/magnumaxbomfim Que coisa estranha! Chove no céu, mas não chove na terra. Na terra pedaços de um espelho refletem pedaços do meu ser que olhando pra dentro de mim surpreendidos ficam e ficam com pena da minha alma despedaçada. Estranhamente chove no céu, mas não chove na terra. Vento insano em um dia inesperadamente claro levanta poeiras vermelhas para um céu todo molhado que abraça pra dentro de si tempestades desmedidas. O vento também passou por mim, passou também uma súbita e estranha sensação que o vento não passou por mim, mas ficou aquela dúvida se o vento passou ou não passou por mim, mas de uma coisa eu não tenho dúvida alguma... Você passou por mim e deixou um rastro de perplexidades, o que dói e machuca não são as feridas abertas pela desilusão, o que dói e machuca são essas lembranças, águas turvas de saudades a pingar dia e noite no meu pensar. 26/02/11 10:58 - ED SYLLON BOM DIA AMIGOS POETAS E POETISAS - BOM FINAL DE SEMANA!!   INDICO ALGUNS DE MEUS TEXTOS.   ABRAÇOS E MUITA LUZ E PAZ.   CLICK SOBRE O TÍTULO   " EU TE AMO TODOS OS DIAS "   " TE AMAR É MUITO BOM "   " AMOR E MEUS BEIJOS " " SOMENTE PARA VOCÊ " " AMOR DE MULHER "   " EU TE AMO E FALO DE MIM "     26/02/11 10:25 - lovenylrezende AINDA Á TEMPO PARA VOCÊ ADQUIRIR O SEU LIVRO DE POESIAS DO POETA LOVENYL REZENDE..   APENAS 12 REAIS PARA DESPEZAS DE CORREIOS...   POETALOVENYL@HOTMAIL.COM 26/02/11 10:12 - Rosangela Jacinto 26/02/11 09:27 - Luís Antônio Matias Soares   Leia O CASO DO PRIMEIRO PROCESSO TRABALHISTA DE MINAS GERAIS e se divirta em mais um caso acontecido no Judiciário Trabalhista de Minas Gerais.         Clique no link abaixo: http://recantodasletras.uol.com.br/contos/2811497   ************************************************************************   Leia o caso De gustibus et coloribus non est disputandum (GOSTOS E CORES NÃO SE DISCUTEM)                  De gustibus et coloribus non est disputandum   (Gostos e cores não se discutem: provérbio dos escolásticos da Idade Média para afirmar que cada qual pode pensar e agir com bem entender)               Eu estava na 6ª. Vara do Trabalho de Belo Horizonte tentando captar alguma história para este livro quando um advogado mais velho entrou pela porta da Secretaria e pediu ao Agnaldo - meu amigo e balconista do turno da tarde naquela Secretaria - para que fizesse a “carga” num determinado processo. O Agnaldo então solicitou do advogado o número do seu registro na Ordem dos Advogados do Brasil, seção de Minas Gerais, OAB/MG.             Expliquei ao advogado que estava recolhendo histórias acontecidas na Justiça do Trabalho no objetivo de tentar editar um livro com os relatos de todos os tipos de freqüentadores da Justiça, advogados, juízes, peritos, partes, balconistas, estagiários, oficiais de Justiças, etc. Então o advogado me contou o seguinte:             - Comecei a militar na Justiça do Trabalho por volta de 1967 ou 1968. Naquele tempo todos os balconistas nos conheciam pelo nome e não pelo número do nosso registro na OAB. Em verdade, constituíamos uma quantidade bem menor de procuradores do que esse que somos hoje e creio que isso muito ajudava na memorização dos nossos nomes pelos servidores. Por outro lado, os tempos eram outros mesmo. Olhando daqui para trás, percebe-se que a vida e o mundo mudaram bastante.   CONTINUE A LEITURA NO LINK ABAIXO: http://recantodasletras.uol.com.br/contos/2809320 26/02/11 09:15 - Soaroir Ensaio sobre a clausura   26/02/11 08:56 - Ailton Apolinário CHEGUEI Acabei de chegar, depois de ver uma autora descendo o cacete numa editora que eu trabalhei, decidi postar tudo, o nada do que escrevi!   26/02/11 08:34 - GILBERTO RUFINO        No mês de abril estarei lançando meu segundo livro voltado ao público infanto-juvenil: A caminhada (Litteris Editora).      Local: Livraria Itatiaia em Duque de Caxias - RJ (Unigranrio).     Estou fechando o dia e o horário.   26/02/11 08:14 - elipessanha ALEGRIA PARA TODOS NESSE SABADO LINDO QUE SEJA BELO  E MARAVILHOSO PARA TODOS QUE ABITAM NESSE MUNDO BELO COM PAISSAGENS EXPLENDIDAS BJS E QUE  DEUS NOS ABENÇOE MAIS E MAIS. Esta página é atualizada a cada 15 minutos Última atualização em 27/02/11 10:40 Adiante da Caixa de Texto (Text Box) continuamos com os posts muralistas de ontem e os de hoje.  …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 12:13 em 27 fevereiro 2011
Comentário em: Topic 'Site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara'
/Voz E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links Assine nossos Feeds  Passe o mouse aqui!show all Subscribe options Princesa! Eu já te d.I.s.Se... Mais de um milhão de vezes... QueomeuTesão...AminhaPaixão...OmeuAmor PorVocêéImensoÉdoTamanhodeUmTrem!!! Ad Sense para Site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara Site Oficial do Escritor Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara WWW.LUSTATOTENTERRARA.COM Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara Assine nossos Feeds Passe o mouse aqui! clique aqui e receba os vídeos Brasil Poesias no seu e-mail     Site Oficial do Escritor Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara http://www.lustatotenterrara.com Lustato Tenterrara diz : Mensagens de Aniversário Visite: Diretórios de Albuns de Imagens, Gifs e fotos Imagens Diversas | Gifs de bom-dia, Gifs de Feliz Aniversário Gifs de amizade, Gifs de amor, Scraps de Amor com Poemas Célebres, com código para Orkut, e outras Redes Sociais Mensagens de Aniversário, de Amor, de Amizade, com Poemas de Amor Gifs de imagens diversas, Gifs de Imagens Sensuais para Adultos, Declaração do Amor Total BUSCADOR GOOGLE Personalizado com seus blogs e sites: Digite o título de seus poemas ou seu nome, ou o título de seu blog, ou uma frase sua e localize seus textos e blogs imediatamente Buscador do Google Personalizado com os sites e blogs dos membros da Rede Brasil Poesias BUSCADOR GOOGLE Personalizado in Brasil Poesias - NET Busque em toda a Rede Brasil e Blogs e Sites dos Membros com um simples clik Após a primeira pesquisa você poderá pesquisar também em toda a WEB   2 Visitantes Online       Indique este site a um amigo  Implantado em 15maio2009 18:50hs BSB Hits Acumulado 13.169 entre 15maio2009 18:50hs e Hits 03.06.2009 17:45   A Rede Brasil convida os seus Membros-ADMIN a colaborar enviando relação dos links de seus sites e de outros sites que goste, para serem incluídos no mecanismo Google-Search-Brasil Poesias.   Você poderá contribuir enviando a relação de links para o e-mail lustato@gmail.com   Esses dias enviaremos um convite por e-mail para os Membros ADMIN, para dar acesso ao nosso mecanismo de pesquisa e inserir os links que desejar   Esses dias também enviaremos convite via e-mail, aos membros ADMIN para oferecer acesso de publicar também no nosso blog oficial da rede Brasil Poesias http://brasilpoesias.blogspot.com PARCEIROS GOLD Rede Social Jornal dos Blogs   Blog Oficial da Rede Jornal dos Blogs   Piripiri40Graus: Site Parceiro Jornal de Sites: Site Parceiro www.jornaldesites.net Brasil Poesias: Site Associado Brasil Poesias Rede de Músicas e Relacionamentos Google Group NetWork Brasil Poesias Música Prosa Verso Poemas e Relacionamentos NET Visitar o Google Group NetWork Brasil Poesias       Clique aqui neste botão e entre no nosso Yahoo Group Brasil Poesias    Visite também o Nosso Blog Oficial Brasil Poesias: Blog de Arte, Cultura e Divulgação dos Blogs dos Membros da Rede Brasil Poesias... Visite... E seja um seguidor do Blog Oficial http://brasilpoesias.blogspot.com Você e o seu Blog também estão por lá! Contador de Visitantes Acumulado : 25.553 entre 25.01.2009 e 03.06.2009 18:00 hs     Site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara, Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa Verso Poemas e Relacionamentos e Rede Jornal dos Blogs: Reunião dos Blogueiros Amigos recomendam os Portais Literários: Luso-Poemas | Recanto das Letras | Poetas Mortos | Domínio Público   Tela de Claude Monet Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras Página atualizada em 27.07.09 04:07 …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Eu Tenho Domínio Próprio na Web ao 6:00 em 27 julho 2009
Topic: Agora é tarde... by
vendê-los. Acontece muito por aqui e acho deprimente. Escrever pode ser uma atividade do coração, mas também é uma profissão. E comprar e ler o livro tem que ser uma decisão do leitor. Um momento iluminado em que o menos importante é o dinheiro gasto na compra. Pois foi o que aconteceu: ele me pegou no pulo e já foi logo dizendo: você não comprou meu livro. E nem vou comprar, pensei, mas não disse. E nem teria tempo de dizer por que ele logo foi tirando o livro da pasta, escrevendo a dedicatória e colocando em minhas mãos. O jeito foi pegar e pagar E guardar o livro em uma esquecida gaveta. Algum tempo depois o livro veio parar em minhas mãos, mexendo que estava em coisas olvidáveis. Folheei e nem mesmo reli a dedicatória. Arranquei a página manuscrita com delicadeza para não deixar marcas e a piquei em pedacinhos. Sem reler. O livro,  coloquei em local de fácil acesso para que alguém pudesse aproveitar.Hoje, no rádio, ouço a notícia. Ele morreu sem saber que o livro não foi lido por mim. Mas agora é tarde, Inês é morta.   Maria Olimpia Alves de Melo Publicado no Recanto das Letras em 27/02/2011 Código do texto: T2818642 Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para http://marilim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas. Indique para amigos Comentários 08/03/2011 18:11 - Lustato Tenterrara Agradabilíssimo modo de criar uma crônica literária, onde tal passa a ser uma das Crônicas do Cotidiano. Realmente há uma chuva de empresas editoras atrás de escritores para publicá-los com péssima correção ortográfica (o google em pessoa). Estamos a selecionar 500 poemas(sem taxa de inscrição) para compor o nosso livro de Poemas de Amor. Mas o texto há de ser muito bom, ótimo, excelente e/ou extraordinário. É o mínimo que espero. O Concurso Poemas Tag Mil somente encerrará uma edição para iniciar outra, após reunidos os 500 poemas. Na verdade os cronogramas e as condições foram amoldando-se à realidade. O prazo para inscrições e finalizações foram sendo dilatados face não termos selecionado 500 poemas; E eu não iria/nem vou editar um livro para cumprir data burocrática. Assim, valendo-se do Edital que prevê amplos poderes objetivos e subjetivos e sem necessidade de fundamentação, ao Owner, fizemos as re-ratificações, com poderes plenos sem contestação. Apenas não poderemos cobrar Taxa de Inscrição. Fomos forçados a instituir uma Taxa de Classificação (cujo valor já consta no Edital) mas somente incidirá sobre os poemas classificados que irão ser impressos no livro. A taxa de Classificação é inversamente proporcional ao número de poemas selecionados para um mesmo autor. O Concurso passou a ser permanente, e as inscrições também: Um poema de cada vez no link http://BrasilPoesias.ning.com/group/PoemasTagMil/forum/new Cada autor pode enviar até 15 poemas; Também pensamos nessa fatalidade da revisão: Assim serei eu o editor, organizador, produtor e revisor. Voto de Minerva (inclusão ou exclusão de poema, em qualquer fase, mesmo na prensa, no fotolito) e vez que sou muito perfeccionista, nosso livro será um raro presente para todas as ocasiões: Dia dos Namorados; dos Pais; das Mães, Natal, Ano Novo. Capa-Dura de excelente material, ao toque aveludado. O papel de 1.ª qualidade, branco brilhante, fino e resistente. Já temos a Gráfica de Arte nestes termos. 05/03/2011 19:52 - Leonilsson Certamente ele perdeu a oportunidade de contar com uma ótima leitora. O que se há de fazer? Grande abraço. Leo 05/03/2011 12:24 - João da Cruz Oi Merê: olha eu aí de novo em sua escrivaninha.Não entendi porque você não leu. Foi por causa da arrogância do autor, ou ele era mal escritor? De qualquer forma, uma exposição perfeita de sua parte,como sempre!Parabéns e um forte abraço. João. 04/03/2011 12:52 - Ana Flor do Lácio (Quer me fazer chorar com essa frase?) Ainda que Inês seja morta, jamais será tarde. Abraços e flores para você, querida cronista maior! 04/03/2011 08:07 - maria neusa Não concordo e você já sabe disso.Se eu fosse uma escritora,publicaria sem pejo pois não forçaria as pessoas a comprarem.Como fiz com o livro da minha mãe.Acho terrivelmente triste uma escritora como vc não ter livros publicados,assim ou assado.Beijos revoltados. 03/03/2011 17:51 - Jorge Luiz da Silva Alves Concordo com o Zezão Cacá: por obra e (des)graça da mídia (toda poderosa senhora dos indecisos, e são milhões), porcarias são oferecidas ao público sob rótulos magníficos - "surfistínicos", para acompanhar a nova onda do momento na Guanabara - enquanto muita gente boa sorve fezes e gigogas nos valões da desinformação: ou você paga p'rá acontecer ou então, dane-se. Mas, quem falou que isso é coisa nova?! O mais famoso (e antigo) exemplo, só para citar, está em nosso cotidiano, feito água para o organismo: só vivemos num continente chamado América porque um outro italiano espertíssimo (não o falecido e global Marinho, não!)apossou-se dos méritos graças a bons relacionamentos na mídia gutemberguiana da época, relegando o Signore Colombo ao ostracismo completo. Esse troço já é histórico, mas temos que manifestar sempre a indignação com tamanha sina. Um abração na lindona de Lavras, amiga Merô! 03/03/2011 09:31 - tania orsi vargas Pois é. Eu, diante de todo o povo editando livros, até pensei que finalmente ia fazer o meu, mas não entendia o porquê da minha relutância. Acho que me situei agora. Como também entendi melhor por que não "consegui" comprar certo livro. Sabe quando o motivo está bem diante o nariz mas é muito difícil a gente ter que enxergar? E eu vou além. Pode até parecer exagero, mas não estou conseguindo me encaixar inclusive nestes modos de publicar mesmo assim amadoristicamnte ou como a gente faz na internet. Esta coisa de consumo, de se enquadrar em certos padrões, modismos, seguidores, blogs, o escambau. Escrevei uma crônica O QUE CAI NA REDE aonde eu falo de um poeta gaúcho totalmente desconhecido que teve somente uma publicação póstuma custeada por um amigo e conto da maravilha que foi saber a trajetória do livro dele até chegar as minhas mãos. E lá eu digo que eu editaria um livro não para vender, mas para ficar por aí e ser "descoberto" um dia por alguma mulher como eu ou uma adolescente que gostasse tanto que até o roubasse da biblioteca. Agradeço a oportunidade para esta reflexão e desabafo. Beijos! 03/03/2011 07:43 - Tércio Ricardo Kneip Havia um tempo. Um tempo de José Olimpio. Todos os aspectos de um livro estão em questão.A inversão de risco do mercado é que se modificou; hoje eles não querem o escritor, querem todos os escritores como clientes. Os grande sescritores devem viver dentro deste cenário. Graciliano Ramos achava imoral um livro exposto e sujeito as regras de mercado. Tem a fase jesuítica do escritor, esse negócio de escrever por dom ou fé, grátis na maior parte dos casos.Assunto vasto como os anúncios de página ao lado. Nenhum centavinho... 02/03/2011 22:53 - Nena Medeiros É... Essa coisa de vender o próprio livro é meio deprimente, meio degradante. Nunca enfiei um exemplar goela abaixo de ninguém e, àqueles a quem ofereci, o fiz a título de presente. O primeiro se pagou. O segundo vai indo mais devagar, mas talvez se pague também. Ainda assim, preferi pagar pela realização do meu sonho do que um dia ser eu a bater a cacholeta e pensar lá, deitada em posição de defunto, que perdi essa oportunidade de realizar meu sonho. A Inês morta serei eu. 01/03/2011 17:05 - anabailune Penso em publicar um livro em homenagem ao meu sobrinho, com os poemas que escrevi para ele. Por isso, vou pagar pela edição. mas, sou como você... não pagaria para publicar um livro, se não fosse assim. 01/03/2011 08:19 - Vander Dunguel "Coisas olvidáveis" foi pra lá de muito bom rsss. Já anotei pois a sonoridade é grande e, quem sabe, dá uma canção? rss 01/03/2011 05:09 - josé cláudio Cacá Uma coisa já está bem clara para mim. Se aparecermos na grande mídia, pode ser coisa boa ou porcaria, caimos nas graças de algum público grande. É impressionanete o poder que a mídia tem. Não acho que seja persuasão, já virou uma espécie de hipnose eletrônica. rsrs. A vida de escritor já é dura, imagine ter que aparecer no Faustão para se conseguir ser conhecido? rsrs. Abração. paz e bem. 28/02/2011 20:44 - Marina Alves Menina, eu também entrei nesta sinuca. E o coitado do livro tá aqui, esquecidinho, esquecidinho. Mas um dia ainda vou ler, talvez quando esquecer que me foi empurrado goela abaixo... rsrs... 28/02/2011 19:37 - Anita D Cambuim Merô, eu penso como você; pensei que você publicaria o seu, que eu ia viajar pra participar do lançamento e aproveitar levar o meu abraço, comer pão de queijo... 28/02/2011 17:16 - Aarão Filho PARABÉNS, MARIA OLÍMPIA PELA BELÍSSIMA CRÔNICA... INFELIZMENTE VIVEMOS EM UMA ÉPOCA ONDE O BELO, O REQUINTADO, A ARTE DE UMA MANEIRA EM GERAL PERDE ESPAÇO PARA MUITA "PORCARIA QUE EXISTE POR AÍ", ODEIO AS MÚSICAS SEM LETRAS QWUE TOCAM NAS RÁDIOS (ALIÁS, DIFICILMENTE OUÇO RÁDIO!), LIVROS SEM CONTEÚDO ALGUM ESVAZIANDO AINDA MAIS A CABEÇA DESTA GERAÇÃO MSN/ORKUT QUE ESTÁ AÍ...É MUITO TRITE! ADOREI SEU TEXTO! UM ABRAÇO E OBIGADO POR SUAS VISITAS SEMPRE MUITO GENTIS! 28/02/2011 17:09 - Giustina Vida de escritor, no Brasil, não é fácil. Poucos, assim como jogadores de futebol, sobrevivem disso. Eu ainda vou escrever o meu, mas acredito que seja só para deixar como recordação para meus sobrinhos. Grande beijo. 28/02/2011 14:46 - Zélia Maria Freire Bem, se você não é da "Globo" é dificil ser conhecido e não sendo conhecido as editoras te ignoram. por mais talento que voce tenha, fazer o quê? se você tem um sonho de publicar, só resta bancar, assim aconteceu com Drumond, com Clarice ee tantos outros escritores famosos. 28/02/2011 13:27 - Jacó Filho Excelente retrato duma realidade que todos temos que lidar, eu já editei sete mais tres coletâneas, e resolvi dá um tempo, pra ver se consigo despertar algum insvestidor na área, que tente ganhar alguma coisa com o que escrevo, pois entendo que minha parte é escrever, apesar de ser um bom vendedor... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre... 28/02/2011 10:39 - geraldinho do engenho Parabéns pela excelente crõnica e obrigado pela visita.Abraços! 28/02/2011 10:17 - Bernard Gontier Esse texto dá um tratado. Não sei de que tipo, mas extenso, porque ele exprime muito mais do que possa sugerir uma primeira leitura. O mais importante vc fez - agir de acordo com suas proprias convicções e deixar o livro a disposição de quem queira. A compatibilidade entre a grana e a escrita está alem da compreensão de quem não escreve, ou de quem pensa que escreve. E livros, definitivamente, não são laranjas para serem empurrados ao primeiro que aparece, como faz o feirante. 28/02/2011 10:09 - Maria Iaci Não sou contra o fato de se financiar um livro com o próprio bolso. Nem acho necessariamente deprimente que o próprio autor tente vendê-lo, depende de como ele faz isso. Mas concordo com você que é patético tentar empurrar o livro na marra, praticamente obrigando a pessoa a comprar o dito cujo. Se tivesse acontecido comigo, talvez eu fizesse o mesmo que você. Beijos. 28/02/2011 10:02 - Miguel Jacó Bom dia Maria Olímpia, eu sou signatário deste seu pensar, se eu vier a publicar um livro é porque apareceu um empreendedor querendo colocar o meu trabalho literário a venda, caso contrario deixo meus rascunho para a posteridade. Parabéns pela sua demonstração de hombridade nesta sua consciente Crônica. MJ. 28/02/2011 09:32 - Milla Pereira Foi por isso que o primeiro livro que publiquei, por minha conta e risco, não deu lucro: não sei vender, sinto-me constrangida pois parece que estou forçando alguém a algo que não quer. Conclusão: enviei todos eles, como presente aos amigos e familiares. Depois desse, já tive vontade de publicar outros, mas me contenho, justamente por esses motivos que vc citou, Merô. Bela cronica, beijos 28/02/2011 08:54 - Suzana Heemann Interessante crônica ,Maria.Parabens!Um abraço. 28/02/2011 08:33 - pacomolina Bom dia Maria Olímpia. Tal condição não é preocupante. Devemos identificar com o que lemos. Todos os livros quer li me proporcionaram leituras que me interessaram. E olhe que entre os escritores atuais não há quem mereça minha atenção de leitor como os antigos. voce fez o que tinha que fazer sem engolir o que não lhe daria uma boa digestão. Um abraço. Naturalmente meus sentimentos para o falecido. 28/02/2011 07:54 - WRAMOSS Vou te falar uma coisa : jamais faço nada obrigado ! Nada mesmo ! Um abraço.....luz e paz.....sempre..... 27/02/2011 22:34 - Fujiyama Shiroaoi O morto de hoje vai ser enterrado amanhã.Pode ser tarde, mas o sol nasce todo dia. Assim, sempre é tempo... Grande abraço.. 27/02/2011 22:26 - EDNA LOPES Se sentir obrigada a fazer algo é o fim!Bj 27/02/2011 22:26 - Lisyt Na verdade ele morreu na ilusão. Entretanto, outros lerão o livro. 27/02/2011 21:47 - meriam lazaro Sabe que já pensei a respeito? Publicar um livro e ver os amigos se sentirem na obrigação de comprá-lo. Quando este escrúpulo passar possivelmente irei fazê-lo. Ótima crônica que releio aqui com prazer. Abraço, Meriam 27/02/2011 20:03 - maria luzia(malu) Em 2009 na Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro, conheci um senhor que viera da Paraíba e estava na porta do Centro de Convenções tentando vender seus livros de cordel. Admirei aquele homem de olhar cansado tentando vender seus sonhos. Haja vista o acesso ao mercado editorial ser difícil, acho válido quem banca e tenta vender seus sonhos. Sempre um prazer te ler. beijos e felicidades. 27/02/2011 19:10 - Silvanio Alves dE FATO, A INÊS É MORTA!! nÃO DÁ PARA REPARAR!!! Sobre a autora Maria Olimpia Alves de Melo Lavras/MG - Brasil 782 textos (160428 leituras) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/11 18:19) Perfil Textos Contato Site do Escritor Capa Meu Diário Textos Áudios/Voz E-books Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links        …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Eu Tenho Domínio Próprio na Web ao 19:07 em 8 março 2011
Topic: 20101125 Mural Recanto das Letras 15:00 hs de Brasília: Ah! A qualquer momento chegaremos aos 570.000 visitantes únicos: Um número redondo.Bem diferente da Roda Quadrada que deram para o Barack Obama
A foto de Lindsay Lohan leva para um Foto-Poema de Amor; e Fica Tamanho BIG-BIG! Aposte nos cavalos: Clique nos cavalos e faça parceria com 10 mil páginas da Rede Brasil Poesias Judiaria by Lupicinio Rodrigues.mp3, 1.6 MB Clique para ouvir em outra aba, Mp3 da música Judiaria, de Lupicinio Rodrigues Judiaria Lupicinio Rodrigues Agora você vai ouvirAquilo que merece! As coisas ficam muito boas, Quando a gente esquece! Mas acontece Que eu não esqueciA sua covardia;A sua ingratidão;A judiaria que você, Um dia,Fez pra o coitadinho Do meu coração!Agora você vai ouvir Aquilo que merece:As coisas ficam muito boas Quando a gente esquece!Mas acontece Que eu não esqueciA sua covardia; A sua ingratidão;A judiaria que você, Um dia, Fez ao coitadinhoDo meu coração! Estas palavras Que eu estou falando, Têm uma verdadePura; Nua; E crua: Eu estou lhe mostrando A porta da rua, Pra que você saia Sem eu lhe bater! Já chega o tempo Que eu fiquei sozinho; Que eu fiquei sofrendo; Que eu fiquei chorando! Agora, quando Eu estou melhorando, Você me aparece Pra me aborrecer.   rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara   rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara Agora você vai ouvir Aquilo que merece! As coisas ficam muito boas Quando a gente esquece! Mas acontece Que eu não esqueci A sua covardia; A sua ingratidão; A judiaria que você, Um dia, Fez pra o coitadinho Do meu coração! Estas palavras Que eu estou lhe falando, Têm uma verdade: Pura; Nua; E crua: Eu estou lhe mostrando A porta da rua, Pra que você saia Sem eu lhe bater! Já chega o tempo Que eu fiquei sozinho; Que eu fiquei sofrendo; Que eu fiquei chorando! Agora, quando Eu estou melhorando, Você me aparece Pra me aborrecer.   rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara rr aiaraialairalaiarara lairaraiaralarairalaia lairalaiarara (Lupicinio Rodrigues) Judiaria by Lupicinio Rodrigues.mp3, 1.6 MB Clique para ouvir em outra aba, Mp3 da música Judiaria, de Lupicinio Rodrigues ___________________________ Observe que a palavra "Judiaria", tem a sílaba forte no último "i", porém possui um sub-tom no primeiro "a". (Lustato Tenterrara) Em anexo, o arquivo Mp3 [ Judiaria by Lupicinio Rodrigues.mp3 ] pra você ouvir essa gloriosa e inspirada poesia cantada na voz do próprio autor, Lupicinio Rodrigues Tags: Judiaria, "Lupicinio, Rodrigues", amor, desilusão, download, letra, mp3, música, saudade Tags: amor, desilusão, download, Judiaria, letra, Lupicinio, Rodrigues, mp3, música, saudade   Anexos Judiaria by Lupicinio Rodrigues.mp3, 1.6 MB    Clique neste link : o banner de seu Blog em 10 mil páginas da Rede Brasil Poesias ou Aposte nos cavalos, para saber como fazer parceria Publicação dos comentários recebidos, relacionados adiante Dilma Rousseff, Primeira Mulher e Guerrilheira Presidente do Brasil Veja aqui http://bit.ly/parceriabrasilpoesias como fazer uma parceria com a nossa rede Brasil Poesias e ter seu banner em todas as nossas 10 mil páginas Lustato Tenterrara Teresina/PI - Brasil 722 textos (566654 leituras) 11 áudios (4506 audições) 4 e-livros (1675 leituras) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/10 19:14)               Para o texto: Forbes: Dilma Rousseff 16.ª Pessoa Mais Poderosa do Mundo; 3.ª Mulher Mais Poderosa do Mundo (T2597207)     03/11/2010 15:10 - De Vitro Realmente Lustato esses últimos dias têm sido de profunda importância a leitura do que sugeres, o direito à vida. O tópico 9 seria de grande valia no momento. Se puder dê uma lidinha nos últimos dois artigos que postei: Do apedrejamento para a Forca; e A espera da Morte. Muito bem colocado seu artigo. Até mais, De vitro. Para o texto: Declaração dos Direitos Inalienáveis da Vida Humana Banimento e Intervenção das Forças de Paz da ONU nos países que praticarem Pena de Morte de Pessoa Humana, (T2594603)     01/11/2010 19:22 - MLuiza Martins PARABENS! Para o texto: Dilma Rousseff: Confirmada, às 08:08 PM hs de BSB: Presidente do Brasil ou Presidenta do Brasil (T2589474)     01/11/2010 19:21 - MLuiza Martins PARABENS! Parabens LUSTATO TENTERRARA, adorei, PARABENS! Falou muito bem, e melhor ainda sabê-lo do Piauí, terra que amo muito! // Também fiz uma crônica muito emocionada alnda há pouco. (Aqui entre nós, eu acho que o certo é Presidente Dilma Rousseff. Vc. veja o gerente e se fosse mulher: a gerenta, não, melhor A Gerente).// Abraços Para o texto: Dilma Rousseff: Confirmada, às 08:08 PM hs de BSB: Presidente do Brasil ou Presidenta do Brasil (T2589474) Corretíssimo prezada amiga. Grato pelo toque. E retirar  a dúvida expressa no título e no texto. Grato. Lustato   01/11/2010 12:16 - Athos de Alexandria Escritor Lustato, qualquer tipo de censura é sufocante. O Brasil já tem um código de leis onde o ofendido pode acionar juridicamente o infrator. Quem está no PODER do Brasil é o quinto e o mais forte poder. É infinitamente mais forte do que a Rede Globo, pois gasta o que quer, SÃO BILHÕES, SIM, BILHÕES em propaganda, sem pedir licença a cidadão nenhum. Pelo amor de Deus, não fale em cercear e intimidar meios de comunicação. Chega que já calaram a boca do Estadão por meses seguidos recentemente. O senhor acha ainda que foi pouco?Um abraço. Para o texto: A Presidente Guevara Brasileira: Dilma Rousseff: a Primeira Mulher e Guerrilheira eleita Presidente do Brasil + Um Foto-Poema de Amor + Um Poema de Amor + Artigo Sóci-Político: Manter as Conquistas (T2590334) O amigo Athos, está respondido, no texto: "Resposta ao Jovem Poeta Athos de Alexandria". Em algum lugar entre o recanto e o meu Site do Escritor, talvez no Blog   01/11/2010 11:03 - cavenatti DEVERAS auspicioso termos uma Presidenta para o POVO .. decerto, espero dela, não se entregar ao poder do cargo, não senti-lo como fardo ... há de ser justa, guerreira, como foi, verdadeira e além de tudo Brasileira ... no amor. Para o texto: A Presidente Guevara Brasileira: Dilma Rousseff: a Primeira Mulher e Guerrilheira eleita Presidente do Brasil + Um Foto-Poema de Amor + Um Poema de Amor + Artigo Sóci-Político: Manter as Conquistas (T2590334)   31/10/2010 21:38 - Luz Miranda Amigo, que beleza de texto! Muito feliz aqui. SALVE , SALVE BRASIL. Bjus dilminianos. Me faça uma visita... Para o texto: Dilma Rousseff: Confirmada, às 08:08 PM hs de BSB: Presidente do Brasil ou Presidenta do Brasil (T2589474)   30/10/2010 15:36 - Camélia La Branca Pena que nem todos vêem a verdade.... Para o texto: O Brasil necessita manter as conquistas. Foi a derrubada da Oligarquia que permitiu o pagamento da Dívida Externa; e que 30 milhões de brasileiros saíssem da classe de absoluta miséria (T2573405)   28/10/2010 23:21 - Maria Olimpia Alves de Melo Espero que tenha feito esta homenagem chegar ao destino. Para o texto: Feliz Aniversário Minha Princesa e Filha Estimada, Amada: O Mundo é seu, em seus maravilhosos felizes 14 anos (T2584341) Espero que sim, amiga. Coloquei o link no orkut, junto com um scrap, e pedindo para ela ler pois a mensagem não caberia em um scrap orkutiniano. beijo. Lustato   28/10/2010 16:30 - JUCIMAR ESTRELA finalmente alguém aqui no recanto falando a verdade, vou caminhar com a dilma, serra jamais!!! " serra o zé dilma vez" abraço! Para o texto: Nós Precisamos Manter Nossas Conquistas (Artigo) + Agradecemos aos nossos 550,000 mil Visitantes Únicos em 3 anos e meio de Recanto das Letras (T2583185)   Veja mais deste mural, logo abaixo da caixa de texto "Responder esta"…
Adicionado por Ana Célia de Melo Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 17:48 em 26 novembro 2010
Topic: Mural Recanto Lustato 05março2011
pleno acordo com a legislação do Direito do Autor) http://bit.ly/poemasdeamor http://bit.ly/fotomicropoemas da Séria Série: Vou Confessar Que... Mais adiante você vê o meu mural. Logo após minha homenagem à Deusa "Fernanda Maia Oliver" por seu poema recitado  _QUE SEJA VOCÊ AMOR__   Lindíssima voz sussurada, macia, gostosa de se ouvir. Um poema Recitado. Mas antes, veja os nossos mais recentes 10.ºs comentários recebidos, que nossos amigos fizeram em nossas publicações: 03/03/2011 20:02 - Glória SallessLuuuuuuuuu, meu amigo querido. Linda homenagem. beijo carinhoso Glória Salles Para o texto: Uma Deusa é o Que Tu És! (T2819716)   Thanks, minha amiga. Bom te rever em nossas páginas. Beijo. Lustato. Pra você, um fragmento sobre a saudade, da lavra de José Newton de Freitas: "Saudades o Mundo encerra todos as têm, é verdade. A minha é maior que a Terra Eu sou a própria Saudade!" (José Newton de Freitas, O Poeta da Saudade, Piauí)   03/03/2011 17:07 - Suzana Heemann Lindíssimo, o poetar, querido colega,poeta. Parabéns. Tenha uma ótima semana com tua deusa! Abraço Para o texto: Uma Deusa é o Que Tu És! (T2819716)   Ah! Princesa Suzana, nem imaginas o tamanho da distância que me separa dessa Deusa. Tanto o Tempo quanto o Espaço. De concreto, só mesmo essas linhas virtuais e os edifícios que nos rodeiam. Baci Lustato.         28/02/2011 22:00 - Fernanda Maia Oliver Oi! que bom que eu vim aqui. Ainda que minha alma em pedaços vou sair daqui com aprendizado. Sabe, deixei um audio para voce em minha pagina. Quando der vai lá ver tá?; Melhor ouvir! rs, Desde já o meu abraço em sua alma e meus parabéns e obrigada por ensinar Para o texto: Tutorial: Como colocar um botton do twitter em seu site ou blog, para encaminhar seus posts de blog diretamente para o seu twitter, permitindo que todos os internautas envie o seu post-blog para os twitters deles? (T2819981)       25/02/2011 17:55 - Suzana Heemann Querido Lustato, meu poeta favorito, grande é a sabedoria desta frase. Mas,na realidade, os amigos, às vezes nos decepcionam tanto que entendo quem os busque virtualmente. Parabéns! Um abraço. Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)       25/02/2011 01:56 - J Estanislau Filho Dando um passeio nestas páginas, descobri algumas novidades, algo raro nesses dias. Vanguarda! Para o texto: Sabia o Sabiá... (T2812494)         24/02/2011 18:26 - Anna Ribeiro Com Carinho, abraços de Anna Ribeiro Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)           24/02/2011 17:52 - Sonia Lodiferle Considere as pessoas que realmente estão à tua volta, te dando fôrça, compartilhando a vida nos bons e nos maus momentos. Os melhores amigos estão contigo no dia a dia. O virtual é irreal. Um abraço Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)   Obrigado Princesa Sonia Lodiferi. Temos certeza da correção de tua assertiva. E esta certeza é "o que mais me dói! você rescolheu errado o seu super-herói." Decerto devo ter alguns poucos amigos. Talvez cinco! Quem sabe não seriam dez? Bom! Pensei aqui comigo e cheguei próximo a dez.   O que mais recente vi, foi há 3 anos: amigo? colega? Os seguintes mais próximos, estão 10 anos distantes de minha vista e vida. Os outros e os demais, 25;  e 30 a 43 anos. É! Se valer contar assim, eu tenho talvez 10 amigos reais, não virtuais, perdidos, porém, no Tempo. De qualquer modo, Princesa, teu comentário, muito pertinente! Eu é que sou assim, não socialmente inserido. Mas é que meu primeiro nome é Ermitão; e o segundo, Absorto! baci. Lustato Tenterrara     24/02/2011 16:46 - anabailune Linda poesia! Poesias já nascem trazendo sementes de outras poesias, que um dia, quem sabe, também darão seus frutos! Para o texto: Sabia o Sabiá... (T2812494)           19/02/2011 20:42 - Heloisa Helena Vilela Costa Parabéns Para o texto: A Espera (T2748212)           18/02/2011 23:46 - SIGRID SPOLZINO Uma boa receita compartilhada com seus leitores! Desejo-lhe vida longa, poeta! Baci Para o texto: "Meu Peito é Feito de Amor!" (T2760311)       Bom, agora o link para o Poema Recitado, o qual, aliás, está lá encima, mas você pode não ter visto. Ah! E logo após o poema recitado de Fernanda Maia Oliver, veja a repercussão dos comentários por ela recebidos, aqui dos amigos  -  e que não foram poucos. Logo após, você poderá ver o nosso usual mural do Recanto das Letras, Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada: Aviso aos bajuladores-puxa-tapetes: A publicação está de acordo com a legislação brasileira sobre Direito Autoral, que permite a utilização de um título de alguma obra, desde que o conteúdo seja totalmente diverso da obra 'nomeada'. E se a obra já estiver em Domínio Público, você pode publicar à vontade, tanto a obra quanto o título, no entanto deve ter vergonha na cara pra dizer o nome do autor original, tecendo-lhe algumas poucas ou muitas palavras. Clique aqui_QUE SEJA VOCÊ AMOR Publicado por: Fernanda Maia Oliver Data: 07/12/2009 Autora: Fernanda Maia Oliver Voz: Fernanda Maia Oliver Fernanda Maia Oliver São Paulo/SP - Brasil, 31 anos 431 textos (95052 leituras) 1 áudios (411 audições) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/11 14:29) Perfil Textos Áudios Contato http://recantodasletras.uol.com.br/escreva/escreva.php?id=40191   Canção:Instrumental Youtube PS:PERDOE-ME OS ERROS CONTIDOS NO AUDIO, MAS É QUE EU SOU NOVATA. AINDA ESTOU APRENDENDO A MEXER NO PROGRAMA DE AUDIO... UM DIA, SE EU TIVER CORAGEM NOVAMENTE, EU TENTO FAZER UM MELHOR! ABRAÇOS A TODOS. E MUITO OBRIGADA! Copyright © 2009. Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.   Indique para amigos http://recantodasletras.uol.com.br/envie/envie.php?ref=audio&cod=27106   Parceria Brasil Poesias: http://bit.ly/parceriabrasil (Clique nesse link e veja os códigos e modelos de banners, bottons ou links) Veja as vantagens: Com um único banner ou botton ou link de nossa Rede Brasil Poesias colado na coluna da direita do seu blog, destacamos um mini-banner do seu blog, site, grupo, comunidade ou página literária, em nossas 10Mil páginas da http://bit.ly/nossarede Brasil Poesias, e em 5 mil páginas do nosso http://bit.ly/sitedoescritor 05/03/2011 14:57 - Lustato Tenterrara "Que seja você... Ainda que nossos corpos não se conheçam. Não sei a cor dos teus olhos..." (Fenanda Maia Oliver)   Lindíssimo áudio, Princesa. Tua voz, magnífica; Teus sussurros causam arrepios; A espera do verso seguinte, como se fosse um encontro de almas gêmeas que ainda irão se encontrar. beijo. Grato. Parabéns. Lustato       02/03/2011 16:31 - Edimilson Celson Dezzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz...       01/03/2011 18:41 - Nailo Vilela 01/03/2011-nailo vilela. Fernanda boa noite, parabéns por tão belíssima poesia, "Que seja você" declamada de forma meiga e suave com tão linda voz. Aplausos. Meu abraço.       01/03/2011 14:07 - Genival Silva Nossa!!!!!!!!!!!!! Me arrepiei todo. Linda demais! Maravilhosamente bela. Parabéns amiga!!!!!!!       01/03/2011 11:12 - Osram >Aplausos pra você, ilustre poetisa jovem: Fernanda Maia Oliver.       01/03/2011 11:11 - Osram >Extraordinário belo. A sua voz declamando o texto poético ficou muito bem no contexto. Parabéns.         01/03/2011 00:39 - Ricardo Vichinsky Muito belo bjss         20/12/2010 22:20 - Lustato Tenterrara Muito bom. "Que seja você... nossos corpos... nossas almas..." Voz linda. Bjs. Lustato         16/11/2010 20:35 - Paul Monteiro "que seja vc" é romantico muito belo e vc sabe que é bem como vc acredito lindo igual a dona           13/11/2010 22:32 - Ednardo Max adorei!!!!!!!!!!!!!!           13/11/2010 19:41 - Calliope Olá Fernanda, hoje tirei o dia para ouvir os áudios dos poetas. Muito bonito o poema e mesmo novata como disse em recitar, ficou muito bonito! Beijos           13/11/2010 16:45 - Genofre Como o raio de sol, trouxe a intensidade do calor e o brilho de sua luz... belíssimo.... Parabéns... deveria declamar outros poemas.... Mesmo com o áudio um pouco baixo... mas dá para perceber a beleza do texto. Beijos.           16/10/2010 22:56 - Nivaldo Ferreira Retornando para ouvir a sua vóz. E ouvir este belo poema. Aplausos mil nobre poetisa!           24/08/2010 16:01 - Rafael Reinert O texto é muito bonito. e sua voz muito sensual. adorei! beijo grande!           14/06/2010 20:24 - Edysefer Seu Amigo Fiel O verdadeiro amor se resume em lindas e encantadoras palavras nascidas do coração e vivenciadas com alma parabéns por esse lindo e delicado trabalho . Agradecido pela visita beijos na alma           14/06/2010 00:10 - Marcus Benjamim Que coissa linda, vc fala numa voz que abraça a alma!.. que seja voce sempre com estas palavras de amor que me faz chorar aqui, eu te amo menina senti seu amor em cada som de sua voz, obrigado por existir! beijos beijos, estou sempre aqui, meu amor... obrigado por sua visita!           15/05/2010 08:49 - Oliver key Ola Fernanda, gostoso ouvir vc até esqueço do sentido do texto , rsrs !!! Parabéns !!!         23/04/2010 15:39 - Fábio Aiolfi NOssa que legal... que linda a sua voz.           07/04/2010 17:13 - Maurélio Machado Ah, pudesse ser um raio de sol... Lindos versos numa interpretação fantástica. Adorei sua voz suave e encantadora. Bjsss ternos         19/03/2010 10:25 - Juan Patrick Muito lindo mesmo... Emocionano do inicio ao fim'' Parabéns.           31/01/2010 17:05 - Nivaldo Ferreira Menina, que coisa linda! Além de você ser um lindo "avião", é dona de uma linda vóz. Belo poema, lindo recitar. Aplausos mil nobre poetisa!           22/01/2010 11:39 - nuvembranca Belíssimo poetar em áudio. Um dos mais bonitos que ouvi no Recanto, sua voz é meio soprano gostosa de ouvir, a poesia é bárbara, eu amei. Lindo demais, parabéns, beijo da nuvem.           07/01/2010 01:39 - Alexandre Menezes Que voz em moça. Áudio maravilhoso e texto mais ainda. Forte abraço.           06/01/2010 09:07 - Reinildo A poesia é maravilhosa, a música de fundo é linda e a tua voz é a essência que completa. Beijos.           02/01/2010 10:06 - LÁZARO ALVES Sua voz é como suas poesias e tudo o mais que produz de tão belo para o nosso querido Recanto das Letras. Feliz 2010!           13/12/2009 18:26 - Marcelo Vulgo Poeta QUE VOZ MARAVILHOSA! ESTOU, AINDA, MAIS ENCANTADO COM VOCÊ! COM ESSE AUDIO VOCÊ VAI DEIXAR MUITO MARMANJO APAIXONADO RSRS... JA DIGO JA; EU SOU UM! ESTOU SUMIDO POIS AS COMEMORAÇÕES DO HEXA DO MENGÃO ESTÃO TOMANDO MEU TEMPO RSRSRS... ABRAÇOS FORTES MINHA ESCORPIANA FAVORITA!           09/12/2009 22:48 - Poetisa Ordones Amiga parabens! Quero ter a honra de ouvir muitas outras poesias como as suas!!! E poder ouvi-lá! Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii           09/12/2009 22:46 - Poetisa Ordones Amiga que coisa mais linda!!!!!!! Que seja vc!!! ADorei o teu poema, tuas palavras tão inspiradora! Aff e que voz, tão linda, meiga e apaixonada!!! como faço´pra baixar?   Nota do Editor: Princesa Ordones! Em 2009 não, mas hoje existem muitos add-ons do firefox que fazem downloads de mp3, mp4, vídeos, etc. Existe também um programa que é o mais maravilhoso de tudo. É o Real Player. Toda vez que você entrar em uma página que tenha vífdeos ou músicas, o Real Player aparece logo acima do player do vídeo, ou do áudio.   E é uma qualidade excepcional. e converte vários formatos. Ele é tão bom que logo-logo sairá alguma versão paga. (já tem: É o Real Player Plus: download masis rápido, downloads mistos, etc) Mas até que é barato: $ 30 dólares pelo direito de uso, sem outras taxas, nem mensalidadses. Se aparecer é só perquisar no Google que você encontrará uma versão que não seja paga.   Veja esta aqui, É uma das mais modernas (e a que utilizo). E parece que já existe uma versão paga. O que é sem senso, já que o mesmo vem com anúncios diversos que devem ser mais que suficientes oferecer suporte ao Real Player.   Bom! Mas tá aí a versão 14 do Real Player. O melhor! O x-tudo, the best.   We have analyzed the latest version of RealPlayer SP with 30 antivirus engines and it is virus free. See analysis results. Download RealPlayer SP 14 no título acima ou no link adiante http://realplayer.en.softonic.com/download             09/12/2009 22:07 - Jorge Luiz Vargas Minha querida e doce amiga. A primeira vez a gente nunca esquece... Adorei o poema e adorei ouvir você... Que seja você novamente a nos dar mais oportunidades de nos deliciarmos com seus poemas e com sua voz doce e meiga. Que seja você... Minha doce paixão. Um beijo... Jorge Luiz Vargas           08/12/2009 15:29 - Elio Moreira Minha querida. Lindíssima, sua vòz ficou maravilhosa e para a sua primeira vez, o potencial é imenso e não precisa esperar criar coragem para seguir declamando poemas. Eu que tenho também poemas gravado em Cds, posso lhe garantir, a tendencia é só melhorar. Vou ficar na expectativa e quero receber muito mais. Beijos           08/12/2009 14:09 - Malana Klein Boa tarde! Isso está simplesmente maravilhoso! Beijos           07/12/2009 20:42 - MALGAXE Hum, olha eu vou ser curto e...breve, rsrsrsr, este ruído minha cara nem dá pra notar com esta tua voz de veludo e romântica, você pode tentar "acertar o áudio" melhorar não tem nada pra melhorar, ta belissimo, perfeito e que poesia mais linda, eu vou te dizer uma coisa séria, mas não agora. beijos           07/12/2009 20:28 - Neusa Staut Oiiiiiiiii amiga.. ficou lindo!! Amei.. sua vós é muito bonita, e combinou muito bem com a letra, que você colocou muita emoção.. parabéns Beijos!           07/12/2009 20:07 - Boa noite! Muito lindo. Harmonia entre texto e voz. Beijos...           07/12/2009 18:50 - Que poema lindoooo!! nossa e que voz linda em maia, parabéns minha miga linda!! amei amei amei! vou ficar ouvindo mais um pouquinho...posso?? lindooooooooooo bis!!!           07/12/2009 17:39 - Jeronimo Madureira Olá, minha querida! A sua interpretação está muito boa. Agora, vc precisa deixar o microfone fixo num pedestal, para evitar o ruído. E também pode abaixar um pouco o fundo musical para não superar sua linda voz. Parabéns! Bj!           07/12/2009 16:50 - Nivaldo Ferreira Bravo Fernanda, bravo!!! E a sua vóz não é esganiçada. A sua vóz é linda. E, bela declamação. Com certeza, eu jamais faria melhor. Bravo Fernanda, mil vezes bravo!!! Ah, você é sim uma nobre poetisa! Aplausos mil nobre poetisa!           07/12/2009 15:16 - Moisés Lopes Hum.... deixa ser eu?... rsss adorei menina... beijos!       Sobre a autora Fernanda Maia Oliver São Paulo/SP - Brasil, 31 anos 431 textos (95052 leituras) 1 áudios (411 audições) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/11 14:29) Perfil Textos Áudios   Publicado por Lustato Tenterrara em 05/03/2011 às 18h50 Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor. >> ÍNDICE Tela de Claude Monet Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras               >> ÍNDICE 05/03/2011 19h08 Mural do Recanto Lustato de 05 março 2011 - Parte 2     Clique na Imagem para acessar o nosso Fotoblog Poemas de Amor na Rede Brasil Poesias  20 Foto-Poemas de Amor Verdadeiro e uma Canção Desesperada   TE NECESITO BY NERUDA y THE KISS BY RODIN by Lustato Tenterrara         CRIADOR E CRIATURA FOTO POEMA GASPAR BY LUSTATO         FOTO-POEMA DECLARACAO DE AMOR NUMERO MIL BY LUSTATO TENTERRARA     HAI KAI ENGLISH JPEG HQ só no site (foto auto-censurada)   FOTO-POEMA O PEIXE BY LUSTATO TENTERRARA         Só no Site: Imagem |Auto-Censurada JPEG HQ foto 01 MEU PRIMEIRO HAI CAI BMP FOTO 01 CENTRO NATUREZA SE...                 FOTO-POEMA TEUS FILHOS BY GIBRAN VERSÃO E TRADUÇÃO LUSTATO TENTERRARA         FOTO-POEMA A LISTA BY OSWALDO MONTENEGRO         FOTO-POEMA ANDO DEVAGAR BY ALMIR SATER         FOTO-POEMA BELEZA BY NAENO         FOTO-POEMA EU TE AMO BY LÚCIA GÖNCZY         FOTO-POEMA FRASE METADE BY OSWALDO MONTENEGRO         FOTO-POEMA FRASE E DE TE AMAR ASSIM MUITO E AMIUDE... BY VINÍCIUS D...         FOTO-POEMA FRASE TEU ZOI BY ROBERTINHO DE RECIFE E F NILO         http://brasilpoesias.ning.com/photo/fotopoema-herdeiro-de-deus-by   FOTO-POEMA MENINA BY LUSTATO TENTERRARA       Uma Canção Desesperada / A Desesperate Song / Una canción Desesperada FOTO-POEMA Uma Canção Desesperada PARTE 1 BY LUSTATO TENTERRARA FOTO-POEMA Uma Canção Desesperada PARTE 2 BY LUSTATO TENTERRARA         FOTO-POEMA PEQUENEZ DE CADA UM BY LORENZO FERRARI Adicionar fotos Exibir todos   Tags: 18 Poemas de Amor e 1 Canção…, Foto Poemas de Amor, Poemas de Amor, Poemas de Amor Verdadeiro Compartilhar Twitter < Post Anterior     Publicado por Lustato Tenterrara em 05/03/2011 às 19h08 Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor. Comentar / Ver comentários Indique esta leitura para amigos >> ÍNDICE Tela de Claude Monet Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras                                                                        …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 3:11 em 6 março 2011
Topic: Frases, Fragmentos, Pensamentos de Chico Buarque de Hollanda
!"                                          (Antero Vaz de Andrade) Poesia de Antero Vaz de Andrade gentilmente cedida pela Editora Esopo, para publicação nos sites, blogs, páginas literárias, grupos, redes e comunidades associadas da Rede Brasil Poesias e do site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara Chico Buarque http://ChicoBuarqueDeHollanda.ning.com http://BrasilPoesias.ning.com/group/ChicoBuarque Chico Buarque, eu o descobri, a primeira vez, no LP (leia-se Long-Play) Meus Caros Amigos. E sua genialidade na música "Corrente", que nem é assim tão conhecida nem aclamada, nem aplaudida. Considero-a, mesmo, uma injustiçada. Talvez por que não fala de amor, nem de mulher, nem de saudade, nem de relações amorosas. Corrente, a música, a letra, é realmente uma injustiçada. Você não vê ninguém por aí sequer lembrando da música, nem da letra. E que belo exercício de capacidade e talento fez brotar tão meritória, porém silenciosa e injustiçada canção? 1976 - Meus Caros Amigos 01. O Que Será (À Flor da Terra) 02. Mulheres de Atenas 03. Olhos Nos Olhos 04. Você Vai Me Seguir 05. Vai Trabalhar Vagabundo 06. Corrente 07. A Noiva da Cidade 08. Passaredo 09. Basta Um Dia 10. Meu Caro Amigo Decerto que a injustiça que lhe abate é decorrente mesmo de que trata-se de uma canção que teve o seu tempo, a sua determinação temporal, a sua única finalidade, a de vencer a barreirta da censura que imperava na ditadura do regime militar que governava o Brasil. E passou com louvor. Tanto louvor que poucos se deram conta de que a música era p'ra ser lida verso-a-verso, porém no sentido inverso. Do último, para o primeiro. No entanto, do  mesmo LP, todas as demais são conhecidas atuais de qualquer pessoa que cultue a boa música popular brasileira. O que se pode dizer  de "Basta um Dia"? "Passaredo"? "Você Vai Me Seguir"? "Olhos nos Olhos"? "Mulheres de Atenas"? "O que será"? A Noiva da Cidade?, "Vai Trabalhar Vagabundo?, "Meu Caro Amigo"? Como algum adolescente pode ouvir tanta qualidade literária e não internalizar tantas mensagens subliminares. Foi alí, naquele disco, onde nenhuma daquelas músicas pode ser deixada de lado, que Chico passou a fazer parte do meu universo e pensamentos, para nunca mais sair. Aquilo era arte. De verdade. E eu estava grato por ter recebido a graça de conhecer aquele talento, aquela voz marcante, somente dele, sem similar, sem imitadores, única, singular. Desde aquele tempo me causa (não vou dizer asco... Mas já que disse) repulsa ouvir outras vozes cantando músicas de Chico Buarque. Pois bem, retornando à minha adolescência, estava  -  eu  -  de passagem por Teresina, em férias escolares da Escola Técnica Federal de Pernambuco. E como sempre, minhas férias sempre incluiam uma temporada em Teresina. Mesmo que eu fosse a Brasília, o retorno seria por Teresina. Naquele tempo, ainda nem sabia o que era o Governo Militar, o seu verdadeiro sentido. Fui levado a ir descobrindo pouco-a-pouco, nas conversas que mantinha com um meu primo (que éramos unha e carne, desde criancinhas... Um irmão. Um mais que irmão. A vida tratou de separar-nos de forma irremediável, mas ainda nutro por aquele verme um bom sentimento de amor fraterno). Pois foi ele que me apresentou à verdadeira música popular brasileira. Apesar de sua voz inaudível, no entanto tocava violão, e uns acordes, e a "radiola" na sala, ouvindo Chico Buarque... Aqueles discos de vinil, parece, tinham alma. Não era essa coisa fria e sem vida dos CDs. O Long-Play tinha cheiro. Tinha encarte. Tinha as letras. Era algo assim espetacular. Comprar um LP era um ritual. Depois chegamos a ouvir também outros ícones. Caetano, Gal, Bethânia, Milton Nascimento, Clube da Esquina, Elis e os aviões da Panair, Minas, Geraes. Lembro, de volta a Recife, do meu primeiro Long-Play que comprei de Milton Nascimento. Lembro do cheiro, da sensação, com a mesma clareza com que lembro o apalpar do primeiro seio de uma mulher: me foge o nome, mas o apalpar, o fogo, o êxtase, ainda hoje permanece na lembrança. Fé Cega, Faca Amolada; Sabor de Vidro e Corte... Milton fez renascer poesia dentro do meu coração. Mas alí, em Teresina, naquele meu primeiro despertar musical-social, ouvi falar de Vandré. Das barbáries que o Sistema fez contra ele por causa da música "Pra não dizer que não falei das flores". Fiquei estupefado. Compreendi, então, a grande massa encefálica que moveu Chico Buarque a compor "Corrente" e os riscos que correu apresentando-a para aprovação pela "censura federal'. Um homem de coragem, podemos assim dizer. Claro que costas largas, família tradicional, grandes personalidades e ligações familiares estavam por trás dessa "coragem". Mas não lhe tira os méritos, pois a DITA-DURA nada respeitava quando queria lançar alguém nos porões do DOI-CODI, de onde poucos saíram com vida para contar das torturas, choques, paus-de-arara e tudo que seja insano que naqueles porões ocorria. Bom... E'ta passando o tempo e nem falei do excelente álbum Almanaque, de Chico, já no início da década de 80. Não poderia supor que Chico fosse capaz dessa façanha, de lançar um novo álbum com qualidade similar ou superior à Ópera do Malandro ou a Samambaia. Mas ele o fez. Adiante, algumas frases, fragmentos, de composições de Chico Buarque. Texto adiante coletado no site: http://blog.sitedepoesias.com.br/poetas/chico-buarque/ Almanaque de Chico Buarque Vê se tem no almanaque, essa menina, como é que termina um grande amor (...) postado por Ederson Peka em 27-04-2009 1 Comentário | Trackback Choro Bandido de Chico Buarque Mesmo que você fuja de mim Por labirintos e alçapões Saiba que os poetas como os cegos Podem ver na escuridão (...) postado por Ederson Peka em 22-02-2009 4 Comentários | Trackback Gente Humilde de Chico Buarque Eu penso em minha gente E sinto assim todo o meu peito se apertar… (...) postado por Ederson Peka em 28-01-2009 4 Comentários | Trackback Pedaço de Mim de Chico Buarque A saudade é o revés de um parto A saudade é arrumar o quarto Do filho que já morreu (...) postado por Elisabeth Tavares em 24-07-2008 7 Comentários | Trackback Roda-viva de Chico Buarque A gente quer ter voz ativa No nosso destino mandar Mas eis que chega a roda-viva E carrega o destino pra lá (...) postado por Ederson Peka em 17-11-2005 Quer comentar? | Trackback Retrato em Branco e Preto de Chico Buarque, Tom Jobim O que é que eu posso contra o encanto Desse amor que eu nego tanto Evito tanto(?)… (...) postado por Ederson Peka em 03-11-2005 3 Comentários | Trackback O Que Será Que Será de Chico Buarque O que não tem certeza nem nunca terá O que não tem conserto nem nunca terá O que não tem tamanho (...) postado por Ederson Peka em 19-05-2005 10 Comentários | Trackback + antigas Construção de Chico Buarque Subiu a construção como se fosse máquina Ergueu no patamar quatro paredes sólidas Tijolo com tijolo num desenho mágico Seus olhos embotados de cimento e lágrima (...) postado por Ederson Peka em 25-04-2005 Quer comentar? | Trackback Eu Te Amo de Chico Buarque, Tom Jobim Ah, se já perdemos a noção da hora Se juntos já jogamos tudo fora Me conta agora como hei de partir (...) postado por Ederson Peka em 12-03-2004 4 Comentários | Trackback A Bela e a Fera de Chico Buarque O homem mais forte do planeta Tórax de Superman Tórax de Superman E coração de poeta (...) postado por Thiago Rigonatti em 28-02-2004 3 Comentários | Trackback + recentes Bom... Não sei terminar um artigo sem dizer mais nada, ainda mais se for um término copiado (e creditado) de aslgum site, como o texto intermediário acima, mantido os links ativos originais. Então é isso! Quis abrir este tópico para que você, prezado leitor, adicione na caixa de texto "Responder esta" (em algum forum-tópico de comunidade), ou na caixa de texto "comentar", responda publicando alguma frase do Chico, algum fragmento de suas composições. Li, em algum lugar, que o Chico Buarque não se considera um poeta, mas um compositor. Talvez tenha razão, vez que compõe letra a partir de uma dada melodia. Mas não deixa de ser poesia qualquer frase ou verso de suas composições. É sim um poeta, Chico Buarque. E dos maiores que já passaram por este mundo de meu Deus. E se a composição "Cais" de Milton Nascimento não existisse, Chico seria o maior poeta vivo desta contemporaneidade. Fica, então, com o título de os dois melhores poetas vivos da atualidade: Chico e Milton Nascimento. E o resto? O resto, não é resto. É nata da mais fina flor, de modo que falar de uns e não mencionar outros será uma injustiça, pois temos, atualmente, cerca de uns cem compositores poetas de primeira grandeza: O que dizer de Caetano? De Paulo e André Barata? De Gonzaguinha? de Cazuza? de Paralamas do Sucesso? da Blitz? dos Mamonas Assassinas (e que se foram num dia de um meu aniversário - nunca mais fiz festa de aniversário.)? Um abraço.Lustato TenterraraOwner dos Sites, blogs, páginas literárias, grupos, redes e comunidades associadas da Rede Brasil Poesias e do site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara…
Adicionado por Lustato Tenterrara para Chico Buarque ao 3:07 em 25 outubro 2009
Blog Post: Lustato Tenterrara: Meu Perfil Web em 11 de novembro de 2010 às 04:19 AM

Adicionado por Lustato Tenterrara ao 19:05 em 11 novembro 2010
Topic: Mural Recanto Lustato 05março2011
pleno acordo com a legislação do Direito do Autor) http://bit.ly/poemasdeamor http://bit.ly/fotomicropoemas da Séria Série: Vou Confessar Que... Mais adiante você vê o meu mural. Logo após minha homenagem à Deusa "Fernanda Maia Oliver" por seu poema recitado  _QUE SEJA VOCÊ AMOR__   Lindíssima voz sussurada, macia, gostosa de se ouvir. Um poema Recitado. Mas antes, veja os nossos mais recentes 10.ºs comentários recebidos, que nossos amigos fizeram em nossas publicações: 03/03/2011 20:02 - Glória SallessLuuuuuuuuu, meu amigo querido. Linda homenagem. beijo carinhoso Glória Salles Para o texto: Uma Deusa é o Que Tu És! (T2819716)   Thanks, minha amiga. Bom te rever em nossas páginas. Beijo. Lustato. Pra você, um fragmento sobre a saudade, da lavra de José Newton de Freitas: "Saudades o Mundo encerra todos as têm, é verdade. A minha é maior que a Terra Eu sou a própria Saudade!" (José Newton de Freitas, O Poeta da Saudade, Piauí)   03/03/2011 17:07 - Suzana Heemann Lindíssimo, o poetar, querido colega,poeta. Parabéns. Tenha uma ótima semana com tua deusa! Abraço Para o texto: Uma Deusa é o Que Tu És! (T2819716)   Ah! Princesa Suzana, nem imaginas o tamanho da distância que me separa dessa Deusa. Tanto o Tempo quanto o Espaço. De concreto, só mesmo essas linhas virtuais e os edifícios que nos rodeiam. Baci Lustato.         28/02/2011 22:00 - Fernanda Maia Oliver Oi! que bom que eu vim aqui. Ainda que minha alma em pedaços vou sair daqui com aprendizado. Sabe, deixei um audio para voce em minha pagina. Quando der vai lá ver tá?; Melhor ouvir! rs, Desde já o meu abraço em sua alma e meus parabéns e obrigada por ensinar Para o texto: Tutorial: Como colocar um botton do twitter em seu site ou blog, para encaminhar seus posts de blog diretamente para o seu twitter, permitindo que todos os internautas envie o seu post-blog para os twitters deles? (T2819981)       25/02/2011 17:55 - Suzana Heemann Querido Lustato, meu poeta favorito, grande é a sabedoria desta frase. Mas,na realidade, os amigos, às vezes nos decepcionam tanto que entendo quem os busque virtualmente. Parabéns! Um abraço. Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)       25/02/2011 01:56 - J Estanislau Filho Dando um passeio nestas páginas, descobri algumas novidades, algo raro nesses dias. Vanguarda! Para o texto: Sabia o Sabiá... (T2812494)         24/02/2011 18:26 - Anna Ribeiro Com Carinho, abraços de Anna Ribeiro Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)           24/02/2011 17:52 - Sonia Lodiferle Considere as pessoas que realmente estão à tua volta, te dando fôrça, compartilhando a vida nos bons e nos maus momentos. Os melhores amigos estão contigo no dia a dia. O virtual é irreal. Um abraço Para o texto: Amigos Virtuais (T2812581)   Obrigado Princesa Sonia Lodiferi. Temos certeza da correção de tua assertiva. E esta certeza é "o que mais me dói! você rescolheu errado o seu super-herói." Decerto devo ter alguns poucos amigos. Talvez cinco! Quem sabe não seriam dez? Bom! Pensei aqui comigo e cheguei próximo a dez.   O que mais recente vi, foi há 3 anos: amigo? colega? Os seguintes mais próximos, estão 10 anos distantes de minha vista e vida. Os outros e os demais, 25;  e 30 a 43 anos. É! Se valer contar assim, eu tenho talvez 10 amigos reais, não virtuais, perdidos, porém, no Tempo. De qualquer modo, Princesa, teu comentário, muito pertinente! Eu é que sou assim, não socialmente inserido. Mas é que meu primeiro nome é Ermitão; e o segundo, Absorto! baci. Lustato Tenterrara     24/02/2011 16:46 - anabailune Linda poesia! Poesias já nascem trazendo sementes de outras poesias, que um dia, quem sabe, também darão seus frutos! Para o texto: Sabia o Sabiá... (T2812494)           19/02/2011 20:42 - Heloisa Helena Vilela Costa Parabéns Para o texto: A Espera (T2748212)           18/02/2011 23:46 - SIGRID SPOLZINO Uma boa receita compartilhada com seus leitores! Desejo-lhe vida longa, poeta! Baci Para o texto: "Meu Peito é Feito de Amor!" (T2760311)       Bom, agora o link para o Poema Recitado, o qual, aliás, está lá encima, mas você pode não ter visto. Ah! E logo após o poema recitado de Fernanda Maia Oliver, veja a repercussão dos comentários por ela recebidos, aqui dos amigos  -  e que não foram poucos. Logo após, você poderá ver o nosso usual mural do Recanto das Letras, Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada: Aviso aos bajuladores-puxa-tapetes: A publicação está de acordo com a legislação brasileira sobre Direito Autoral, que permite a utilização de um título de alguma obra, desde que o conteúdo seja totalmente diverso da obra 'nomeada'. E se a obra já estiver em Domínio Público, você pode publicar à vontade, tanto a obra quanto o título, no entanto deve ter vergonha na cara pra dizer o nome do autor original, tecendo-lhe algumas poucas ou muitas palavras. Clique aqui_QUE SEJA VOCÊ AMOR Publicado por: Fernanda Maia Oliver Data: 07/12/2009 Autora: Fernanda Maia Oliver Voz: Fernanda Maia Oliver Fernanda Maia Oliver São Paulo/SP - Brasil, 31 anos 431 textos (95052 leituras) 1 áudios (411 audições) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/11 14:29) Perfil Textos Áudios Contato http://recantodasletras.uol.com.br/escreva/escreva.php?id=40191   Canção:Instrumental Youtube PS:PERDOE-ME OS ERROS CONTIDOS NO AUDIO, MAS É QUE EU SOU NOVATA. AINDA ESTOU APRENDENDO A MEXER NO PROGRAMA DE AUDIO... UM DIA, SE EU TIVER CORAGEM NOVAMENTE, EU TENTO FAZER UM MELHOR! ABRAÇOS A TODOS. E MUITO OBRIGADA! Copyright © 2009. Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.   Indique para amigos http://recantodasletras.uol.com.br/envie/envie.php?ref=audio&cod=27106   Parceria Brasil Poesias: http://bit.ly/parceriabrasil (Clique nesse link e veja os códigos e modelos de banners, bottons ou links) Veja as vantagens: Com um único banner ou botton ou link de nossa Rede Brasil Poesias colado na coluna da direita do seu blog, destacamos um mini-banner do seu blog, site, grupo, comunidade ou página literária, em nossas 10Mil páginas da http://bit.ly/nossarede Brasil Poesias, e em 5 mil páginas do nosso http://bit.ly/sitedoescritor 05/03/2011 14:57 - Lustato Tenterrara "Que seja você... Ainda que nossos corpos não se conheçam. Não sei a cor dos teus olhos..." (Fenanda Maia Oliver)   Lindíssimo áudio, Princesa. Tua voz, magnífica; Teus sussurros causam arrepios; A espera do verso seguinte, como se fosse um encontro de almas gêmeas que ainda irão se encontrar. beijo. Grato. Parabéns. Lustato       02/03/2011 16:31 - Edimilson Celson Dezzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz...       01/03/2011 18:41 - Nailo Vilela 01/03/2011-nailo vilela. Fernanda boa noite, parabéns por tão belíssima poesia, "Que seja você" declamada de forma meiga e suave com tão linda voz. Aplausos. Meu abraço.       01/03/2011 14:07 - Genival Silva Nossa!!!!!!!!!!!!! Me arrepiei todo. Linda demais! Maravilhosamente bela. Parabéns amiga!!!!!!!       01/03/2011 11:12 - Osram >Aplausos pra você, ilustre poetisa jovem: Fernanda Maia Oliver.       01/03/2011 11:11 - Osram >Extraordinário belo. A sua voz declamando o texto poético ficou muito bem no contexto. Parabéns.         01/03/2011 00:39 - Ricardo Vichinsky Muito belo bjss         20/12/2010 22:20 - Lustato Tenterrara Muito bom. "Que seja você... nossos corpos... nossas almas..." Voz linda. Bjs. Lustato         16/11/2010 20:35 - Paul Monteiro "que seja vc" é romantico muito belo e vc sabe que é bem como vc acredito lindo igual a dona           13/11/2010 22:32 - Ednardo Max adorei!!!!!!!!!!!!!!           13/11/2010 19:41 - Calliope Olá Fernanda, hoje tirei o dia para ouvir os áudios dos poetas. Muito bonito o poema e mesmo novata como disse em recitar, ficou muito bonito! Beijos           13/11/2010 16:45 - Genofre Como o raio de sol, trouxe a intensidade do calor e o brilho de sua luz... belíssimo.... Parabéns... deveria declamar outros poemas.... Mesmo com o áudio um pouco baixo... mas dá para perceber a beleza do texto. Beijos.           16/10/2010 22:56 - Nivaldo Ferreira Retornando para ouvir a sua vóz. E ouvir este belo poema. Aplausos mil nobre poetisa!           24/08/2010 16:01 - Rafael Reinert O texto é muito bonito. e sua voz muito sensual. adorei! beijo grande!           14/06/2010 20:24 - Edysefer Seu Amigo Fiel O verdadeiro amor se resume em lindas e encantadoras palavras nascidas do coração e vivenciadas com alma parabéns por esse lindo e delicado trabalho . Agradecido pela visita beijos na alma           14/06/2010 00:10 - Marcus Benjamim Que coissa linda, vc fala numa voz que abraça a alma!.. que seja voce sempre com estas palavras de amor que me faz chorar aqui, eu te amo menina senti seu amor em cada som de sua voz, obrigado por existir! beijos beijos, estou sempre aqui, meu amor... obrigado por sua visita!           15/05/2010 08:49 - Oliver key Ola Fernanda, gostoso ouvir vc até esqueço do sentido do texto , rsrs !!! Parabéns !!!         23/04/2010 15:39 - Fábio Aiolfi NOssa que legal... que linda a sua voz.           07/04/2010 17:13 - Maurélio Machado Ah, pudesse ser um raio de sol... Lindos versos numa interpretação fantástica. Adorei sua voz suave e encantadora. Bjsss ternos         19/03/2010 10:25 - Juan Patrick Muito lindo mesmo... Emocionano do inicio ao fim'' Parabéns.           31/01/2010 17:05 - Nivaldo Ferreira Menina, que coisa linda! Além de você ser um lindo "avião", é dona de uma linda vóz. Belo poema, lindo recitar. Aplausos mil nobre poetisa!           22/01/2010 11:39 - nuvembranca Belíssimo poetar em áudio. Um dos mais bonitos que ouvi no Recanto, sua voz é meio soprano gostosa de ouvir, a poesia é bárbara, eu amei. Lindo demais, parabéns, beijo da nuvem.           07/01/2010 01:39 - Alexandre Menezes Que voz em moça. Áudio maravilhoso e texto mais ainda. Forte abraço.           06/01/2010 09:07 - Reinildo A poesia é maravilhosa, a música de fundo é linda e a tua voz é a essência que completa. Beijos.           02/01/2010 10:06 - LÁZARO ALVES Sua voz é como suas poesias e tudo o mais que produz de tão belo para o nosso querido Recanto das Letras. Feliz 2010!           13/12/2009 18:26 - Marcelo Vulgo Poeta QUE VOZ MARAVILHOSA! ESTOU, AINDA, MAIS ENCANTADO COM VOCÊ! COM ESSE AUDIO VOCÊ VAI DEIXAR MUITO MARMANJO APAIXONADO RSRS... JA DIGO JA; EU SOU UM! ESTOU SUMIDO POIS AS COMEMORAÇÕES DO HEXA DO MENGÃO ESTÃO TOMANDO MEU TEMPO RSRSRS... ABRAÇOS FORTES MINHA ESCORPIANA FAVORITA!           09/12/2009 22:48 - Poetisa Ordones Amiga parabens! Quero ter a honra de ouvir muitas outras poesias como as suas!!! E poder ouvi-lá! Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii           09/12/2009 22:46 - Poetisa Ordones Amiga que coisa mais linda!!!!!!! Que seja vc!!! ADorei o teu poema, tuas palavras tão inspiradora! Aff e que voz, tão linda, meiga e apaixonada!!! como faço´pra baixar?   Nota do Editor: Princesa Ordones! Em 2009 não, mas hoje existem muitos add-ons do firefox que fazem downloads de mp3, mp4, vídeos, etc. Existe também um programa que é o mais maravilhoso de tudo. É o Real Player. Toda vez que você entrar em uma página que tenha vífdeos ou músicas, o Real Player aparece logo acima do player do vídeo, ou do áudio.   E é uma qualidade excepcional. e converte vários formatos. Ele é tão bom que logo-logo sairá alguma versão paga. (já tem: É o Real Player Plus: download masis rápido, downloads mistos, etc) Mas até que é barato: $ 30 dólares pelo direito de uso, sem outras taxas, nem mensalidadses. Se aparecer é só perquisar no Google que você encontrará uma versão que não seja paga.   Veja esta aqui, É uma das mais modernas (e a que utilizo). E parece que já existe uma versão paga. O que é sem senso, já que o mesmo vem com anúncios diversos que devem ser mais que suficientes oferecer suporte ao Real Player.   Bom! Mas tá aí a versão 14 do Real Player. O melhor! O x-tudo, the best.   We have analyzed the latest version of RealPlayer SP with 30 antivirus engines and it is virus free. See analysis results. Download RealPlayer SP 14 no título acima ou no link adiante http://realplayer.en.softonic.com/download             09/12/2009 22:07 - Jorge Luiz Vargas Minha querida e doce amiga. A primeira vez a gente nunca esquece... Adorei o poema e adorei ouvir você... Que seja você novamente a nos dar mais oportunidades de nos deliciarmos com seus poemas e com sua voz doce e meiga. Que seja você... Minha doce paixão. Um beijo... Jorge Luiz Vargas           08/12/2009 15:29 - Elio Moreira Minha querida. Lindíssima, sua vòz ficou maravilhosa e para a sua primeira vez, o potencial é imenso e não precisa esperar criar coragem para seguir declamando poemas. Eu que tenho também poemas gravado em Cds, posso lhe garantir, a tendencia é só melhorar. Vou ficar na expectativa e quero receber muito mais. Beijos           08/12/2009 14:09 - Malana Klein Boa tarde! Isso está simplesmente maravilhoso! Beijos           07/12/2009 20:42 - MALGAXE Hum, olha eu vou ser curto e...breve, rsrsrsr, este ruído minha cara nem dá pra notar com esta tua voz de veludo e romântica, você pode tentar "acertar o áudio" melhorar não tem nada pra melhorar, ta belissimo, perfeito e que poesia mais linda, eu vou te dizer uma coisa séria, mas não agora. beijos           07/12/2009 20:28 - Neusa Staut Oiiiiiiiii amiga.. ficou lindo!! Amei.. sua vós é muito bonita, e combinou muito bem com a letra, que você colocou muita emoção.. parabéns Beijos!           07/12/2009 20:07 - Boa noite! Muito lindo. Harmonia entre texto e voz. Beijos...           07/12/2009 18:50 - Que poema lindoooo!! nossa e que voz linda em maia, parabéns minha miga linda!! amei amei amei! vou ficar ouvindo mais um pouquinho...posso?? lindooooooooooo bis!!!           07/12/2009 17:39 - Jeronimo Madureira Olá, minha querida! A sua interpretação está muito boa. Agora, vc precisa deixar o microfone fixo num pedestal, para evitar o ruído. E também pode abaixar um pouco o fundo musical para não superar sua linda voz. Parabéns! Bj!           07/12/2009 16:50 - Nivaldo Ferreira Bravo Fernanda, bravo!!! E a sua vóz não é esganiçada. A sua vóz é linda. E, bela declamação. Com certeza, eu jamais faria melhor. Bravo Fernanda, mil vezes bravo!!! Ah, você é sim uma nobre poetisa! Aplausos mil nobre poetisa!           07/12/2009 15:16 - Moisés Lopes Hum.... deixa ser eu?... rsss adorei menina... beijos!       Sobre a autora Fernanda Maia Oliver São Paulo/SP - Brasil, 31 anos 431 textos (95052 leituras) 1 áudios (411 audições) (estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/11 14:29) Perfil Textos Áudios   Publicado por Lustato Tenterrara em 05/03/2011 às 18h50 Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor. >> ÍNDICE Tela de Claude Monet Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras               >> ÍNDICE 05/03/2011 19h08 Mural do Recanto Lustato de 05 março 2011 - Parte 2     Clique na Imagem para acessar o nosso Fotoblog Poemas de Amor na Rede Brasil Poesias  20 Foto-Poemas de Amor Verdadeiro e uma Canção Desesperada   TE NECESITO BY NERUDA y THE KISS BY RODIN by Lustato Tenterrara         CRIADOR E CRIATURA FOTO POEMA GASPAR BY LUSTATO         FOTO-POEMA DECLARACAO DE AMOR NUMERO MIL BY LUSTATO TENTERRARA     HAI KAI ENGLISH JPEG HQ só no site (foto auto-censurada)   FOTO-POEMA O PEIXE BY LUSTATO TENTERRARA         Só no Site: Imagem |Auto-Censurada JPEG HQ foto 01 MEU PRIMEIRO HAI CAI BMP FOTO 01 CENTRO NATUREZA SE...                 FOTO-POEMA TEUS FILHOS BY GIBRAN VERSÃO E TRADUÇÃO LUSTATO TENTERRARA         FOTO-POEMA A LISTA BY OSWALDO MONTENEGRO         FOTO-POEMA ANDO DEVAGAR BY ALMIR SATER         FOTO-POEMA BELEZA BY NAENO         FOTO-POEMA EU TE AMO BY LÚCIA GÖNCZY         FOTO-POEMA FRASE METADE BY OSWALDO MONTENEGRO         FOTO-POEMA FRASE E DE TE AMAR ASSIM MUITO E AMIUDE... BY VINÍCIUS D...         FOTO-POEMA FRASE TEU ZOI BY ROBERTINHO DE RECIFE E F NILO         http://brasilpoesias.ning.com/photo/fotopoema-herdeiro-de-deus-by   FOTO-POEMA MENINA BY LUSTATO TENTERRARA       Uma Canção Desesperada / A Desesperate Song / Una canción Desesperada FOTO-POEMA Uma Canção Desesperada PARTE 1 BY LUSTATO TENTERRARA FOTO-POEMA Uma Canção Desesperada PARTE 2 BY LUSTATO TENTERRARA         FOTO-POEMA PEQUENEZ DE CADA UM BY LORENZO FERRARI Adicionar fotos Exibir todos   Tags: 18 Poemas de Amor e 1 Canção…, Foto Poemas de Amor, Poemas de Amor, Poemas de Amor Verdadeiro Compartilhar Twitter < Post Anterior     Publicado por Lustato Tenterrara em 05/03/2011 às 19h08 Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor. Comentar / Ver comentários Indique esta leitura para amigos >> ÍNDICE Tela de Claude Monet Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras                                                                        …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 3:11 em 6 março 2011
Blog Post: Firefox 4.0 Chegou. É um Avião? É um Foguete? Acaso uma Nave Enterprise Espacial? Não! Is it Firefox? I Believe!

Adicionado por Lustato Tenterrara ao 18:57 em 25 março 2011


Comentário em: Topic 'Site Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara'
Absoluto: 2500 leituras em um mês) Mensagens > Amor 11/06/09 2518 Página 1 de 29 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»] Site do EscritorCapa  |  Meu Diário  |  Textos  |  Áudios/Voz  |  Fotos  |  Perfil  |  Livros à Venda  |  Prêmios  |  Livro de Visitas  |  Contato  |  Links :: Todos Artigos (14)     Cartas (1)     Cirandas (2)     Contos (5)     Crônicas (44)     Discursos (1)     Duetos (1) Ensaios (2)     Frases (19)     Haikais (5)     Homenagens (3)     Humor (1)     Indrisos (2)     Juvenil (5) Letras de Música (17)     Mensagens (266)     Orações (5)     Pensamentos (16)     Poesias (87) Poetrix (9)     Prosa Poética (7)     Resenhas (1)     Sonetos (1)     Teoria Literária (2)     Textos Jurídicos (13) Tutoriais (11)     Últimos Textos     Mais Lidos Ordem de Leituras Título Categoria Data Leituras ABC do Código HTML para o Orkut, MySpace, Multiply, hi5... (Como escrever com letras grandes, maiores, menores, coloridas, incluir música, imagem, fotos ou gif's nos scraps do orkut, multiply, hi5, MySpace...- Lustato Tenterrara - Imagem: Hair The Movie Tutoriais 28/04/08 28729 Habeas Corpus - Modelo FORMATADO EM 04.06.2008 - Ação não privativa de Advogado: Você sabe fazer um Habeas Corpus? Modelo de Habeas Corpus Liberatório em Prisão Preventiva, por Excesso de Prazo -MODELO CORRIGIDO EM 01.05.2008 (Dr. Lustato Tenterrara) Tutoriais 24/04/08 15773 Quer aprender a escrever recados, no Orkut, com texto colorido? É fácil! Veja: [+ADD Pkenas Dstrações Poéticas e de Amor e Paixão!] Mensagens > Amor 05/06/07 15720 Escreva 'colorido' no Orkut + OS DOIS MELHORES DE TODOS OS FILMES, EM TODOS OS TEMPOS + 'Nervus d Aço' + Pkenas Dstrações Poéticas de Amor e Paixão! Mensagens > Amizade 06/06/07 12201 1.Mensagem de Aniversário com Water Effect para AMIGAS em Código HTML para Orkut, hi5, Multiply, MySpace: Imagem do Scrap: Linda Paisagem + Fragmento Garota de Ipanema; 2.Poema: Amar-te da Terra a Marte by Lustato Tenterrara Mensagens > Aniversário 01/05/08 8829 Habeas Corpus - MODELO FORMATADO EM 04.06.2008 - Para Sanar EXCESSO DE PRAZO EM PRISÃO PREVENTIVA - CONSTRANGIMENTO ILEGAL - MODELO CORRIGIDO EM 01.05.2008 (Lustato Tenterrara) Textos Jurídicos 23/04/08 7383 Super-Scrap no perfil do Orkut - APPS ORKUT APPS - Você sabe o que é isso? + de 150 aplicativos para o orkut - Novidade oferecida pelo próprio Orkut. Mas não é pra todos. Por quê? Mensagens > Amizade 20/06/08 7254 Quer aprender a escrever recados, no Orkut, com texto colorido? É fácil! Veja: [+ADD Crônicas e Pkenas Dstrações Poéticas ] Tutoriais 05/06/07 6887 Uma Apologia a Pablo Picasso! [Texto em Inglês, com tradução] Lustato Tenterrara Says: Artigos 16/05/07 6591 Aprenda a adicionar Apps ao seu perfil do Orkut [Apps do Orkut são programas aplicativos] tem apps de música, jogos tipo atari (asteroids, mario, tetris), scraps, vídeos, livros, bíblia, Jogos Interativos (jogo vou não vou com todos os usuários do orkut) Tutoriais 07/07/08 4854 Poemas de Amor -> Scraps Para Orkut [Última Atualização 17.06.2008 18:57 hs BSB]->Diversos Foto-Poemas-Scrap com Imagem anexada em Código HTML para Orkut, hi5. MySpace,etc Diversos Autores Clássicos Florbela Espanca Neruda Torquato Neto Gibran Mensagens > Amor 04/06/08 3709 Poemas e Mensagens de Amor e Amizade & Saudade - Parte III - in Comentários Recebidos e Enviados by Lustato Tenterrara in Recanto das Letras e no Site do Escritor Mensagens > Saudade 15/07/07 3375 LULA FEZ ALTERAÇÃO INCONSTITUCIONAL NA LEI DO SEGURO DPVAT - A Inconstitucionalidade da Medida Provisória n.º 340/2006 e da decorrente Lei n.º 11.482/2007, por vício formal e material - FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA - (Dr. Luiz Carlos Carvalho de Melo) Textos Jurídicos 17/02/08 3031 Deseja Ouvir Música o Dia Inteiro no Orkut? Veja aqui o link pra vc ouvir e enviar qualquer tipo de música pra seus amigos: Pegue o Código e Cole no Scrap: Música Automática Aonde VC desejar! Comunidade MÚSICAS PARA SCRAPS SEM PLAYER Mensagens > Amor 24/08/08 2868 I-Mensagens Entre um Pai & uma Filha! +II-Crônicas e Tutoriais: Um Desafio Triplo-1:Localização de Links na 'net'; 2:Edição de Imagens com a tecla Print Screen; 3:Vamos Invadir um Site; Conclusão: Print Screen, Chico Buarque e Google: Imprescindíveis! Mensagens > Amor 08/06/07 2767 ABC do Apps Orkut: Tutorial passo-a-passo, com imagens: Aprenda a Adicionar o Aplicativo Apps Orkut Sonora do Portal Terra ao seu perfil do Orkut Tutoriais 12/07/08 2750 Ah! O Amor! Poesias, Poemas e Mensagens do Recanto - Um 'tour' pelo Recanto das Letras Mensagens > Amor 27/04/07 2600 Poemas e Pensamentos de Amor e Amizade - Parte I - In Comentários Recebidos e Enviados by Lustato Tenterrara in Recanto das Letras e no Site do Escritor Mensagens > Amor 15/07/07 2585 Oh! Um Pé de Coco... > Música > Infantil > Ciranda > Letra e Música: Ana Gabriella, Hoje.. Com Três Anos Cirandas 20/04/07 2530 Declaração do Amor Total Mensagens > Amor 11/06/09 2518 Página 1 de 29 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»] …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Eu Tenho Domínio Próprio na Web ao 6:09 em 27 julho 2009
Topic: S.O.S - Rio de Janeiro. As mobilizações precisam continuar. A Fome tem Sede. A Sede tem Fome:
R É SENTIR SAUDADE ANTES DA PARTIDA - S-O-S PARA O RIO DE JANEIRO.pdf, 26 KB Dados Oficiais Arquivo PDF com DADOS BANCÁRIOS, FONT GLOBO NEWS  REENVIE O LINK ACIMA PARA SEUS AMIGOS, NO ORKUT E E-MAILs         Título Categoria Local Data Leituras       Amar é... Sentir Saudade Antes da Partida! (Lustato Tenterrara) + Número de contas e postos de arrecadação de donativos para ajudar à Região Sudeste (Publicação normal, com link para o mesmo artigo, em e-livro, PDF)     Artigos > Sociedade RS 24/01/11 4       A Espera     Mensagens > Amor RS 24/01/11 15       Amar é...     Mensagens > Amor RS 23/01/11 34       Amar é... (Homenagem à Cruz Vermelha, Bombeiros e População Civil do Rio de Janeiro     Mensagens > Amor RS 23/01/11 8       De Amor e Paixão, de Ternura e Tesão, de Divino e Insano... Bem mais de Insano, de Loucura e de Tumulto.     Mensagens > Saudade RS 21/01/11 14       Amar é... + S.O.S. Rio de Janeiro: Dados da Cruz Vermelha e Outros Órgãos - ARQUIVO EM PDF, para dificultar adulterações. Dados Globo News. Faça o download para certificar-se que os dados são os oficiais     Mensagens > Amor RS 19/01/11 17       600.009 Visitantes Únicos: + A Queda do Dólar + Quem financiou 8 anos de Guerra? + Agradeço a todos os amigos, leitores, internautas que nos acompanharam nesta jornada que hoje completa 3 anos e nove meses, e com 600.009 visitantes únicos     Crônicas RS 18/01/11 20       Uma Pequena Crônica de Lustato Tenterrara sobre a música, a letra e o vídeo da música "O Quereres", de Caetano Veloso, em dueto com Chico Buarque     Mensagens > Amor RS 17/01/11 16       Crônicas Literárias: Uma Frase que eu Nunca Diria!     Frases RS 15/01/11 14       Quisera eu, Ter um Pedaço de Ti     Mensagens > Amor RS 12/01/11 40       Sonhos by Lustato Tenterrara     Pensamentos RS 12/01/11 5       Lembranças do que se fora; Confissões do que se É (Elmano Sandino)     Poesias > Amor RS 04/01/11 8       10 Comentários Enviados no http://bit.ly/recanto e em http://bit.ly/nossosite     Crônicas RS 04/01/11 21       Feliz Ano Novo! (A melhor mensagem de FELICIDADES que um dia já fiz)     Mensagens > Amizade RS 04/01/11 44       10 Comentários Recebidos no http://bit.ly/recanto e em http://bit.ly/nossosite     Crônicas RS 04/01/11 10       Feliz Ano Novo - Mensagem de Felicidades     Mensagens RS 31/12/10 25       Feliz Ano Novo Meu Amor - Várias Mensagens de Amor para o Feliz Ano-Novo (mais código HTML para hi5, Multiply, Orkut Antigo, exceto Orkut Novo (vamos incluir depois)     Mensagens > Amor RS 31/12/10 209       Feliz Ano Novo! Várias Mensagens! Códigos Html para Hi5, Multiply. Ning, Orkut Antigo, etc (exceto Novo Orkut)     Mensagens S 31/12/10 10       A Princesa do Jardim Encantado (Greenville McThomas) [Conto de Fadas] [Contos Infantis] [Contos para Bebê Dormir] [idade 3 a 8 anos] Não é por nada não, mas este conto SERÁ FELIZ, a todas as crianças Infantil RS 30/12/10 46       Amar É... Mensagens > Amor RS 30/12/10 37   13/12/2010 00:09 Especialíssimo comentário, amigo Ericnelson. Realmente, além do interesse do petróleo deve estar, também, o dos recursos hídricos. Bem lembrado. Percebo em seu comentário uma fé inabalável na recuperação financeira da Roda Quadrada da Economia Americana. E percebo seus argumentos bem fundamentados. Quase chego a defendê-los. No entanto a desvalorização do dólar não é artificial. Artificial é a tentativa de não deixar o dólar descambar no rumo do chão. Os americanos (USA) deixaram de receber os juros de nossa dívida externa, que os mantinha e custeava seus gastos absurdos. Em um primeiro momento não se aperceberam, pois ficaram abismados com o pagamento do capital e juros e ainda com o empréstimo de 30 bilhões de dólares que o Brasil lhes emprestou. Tal acontecimento isolado talvez não ocasionasse danos à economia americana. Ocorre que os EUA estão financiando 8 anos de guerra. As despesas devem ser estratosféricas. E tal foi feito apenas imprimindo mais e mais trilhões de dólares e despejando-os nos mercados cambiais em todo o mundo. A um determinado momento o mercado viu-se empilhado em cima de dólares, o que não encontra amparo na única lei inabalável que rege o mercado: a lei da oferta e da procura. É ela que está regendo a desvalorização do dólar em todos os mercados cambiais. O mundo, agora, está sendo bombardeado com informações subliminares, aquelas que fazem você pensar em tomar coca-cola, apenas por que, enquanto assistia a um filme, aparecia na tela uma mensagem subliminar "beba coca-cola", a intervalos regulares, porém a velocidades não perceptíveis pela vista humana, mas que o cérebro percebia. Resultado: 20 a 30% de aumento no consumo de coca-cola nessas sessões. Ontem e por esses dias, já começaram. O canal HBO, o Max Prime e todos os demais estão totalmente voltados a filmes que mostram o ideal americano, o heroísmo, o patriotismo, o vencedor, os heróis de Guerras. Num desses, contou a história da vida de um presidente americano que antes de ser presidente teve que vencer uma luta contra a paralisia infantil e que enfrentou a crise de 1929 e foi eleito 3 vezes, e governou os EUA durante a 2.ª Guerra Mundial. E olha que, na 2. ª Guerra, o lançamento das duas bombas em Hiroshima e Nagazaki, foi um ato de Crime de Guerra. Mas os americanos estão acostumados a cometer crimes de guerra e não serem punidos, mas arvoram-se de éticos e justiceiro na hora de julgar, prender e matar os governantes de outros países de guerra que cometeram, inclusive, menos barbáries do que os Americanos. Lembramos que os crimes de guerra são imprescritíveis. Logo ainda há tempo de se julgar os Americanos pelas Bombas lançadas no Japão, cujo ato, além de criminoso, foi "racista", foi uma vingança contra o Bombardeio de Pearl Habor. Ocorre que o Japão bombardeou militares e os Americanos tornaram cinjas duas cidades de quase um milhão de habitantes civis. Mais recentemente, bombardeou com Napalm (um gás que queima a vida animal, deixando intacta as construções), e novo crime de guerra, contra a população civil. Muitos viram na TV, a cena daquela criança, aquela menininha correndo nua, com os braços abertos, toda queimada pelo gás Napalm. Hoje, crescida, diz que perdoa os estadunindenses. Não sei se foi abduzida, comprada, anistiada, tornada cidadã do imperialismo estadunindense, indenizada, ou outra coisa, para sair publicamente e declarar, frente a emissoras de televisão, que os criminosos de guerra estadunindenses estavam perdoados. Pode ser também aquela doença já codificada no C.I.D. que transforma o psiquê dos sequestrados assumindo simpatia pelos seus algozes. Seriam ela, aquela menininha correndo nua e queimada, e seus amiguinhos de escola, terroristas? Não! Apenas mais um crime de guerra dos estadunindenses, dos quais tenho vergonha de serem chamados americanos, pois nós somos americanos, mas, com a graça de Deus, não somos estadunindenses: Somos americanos brasileiros, e disso podemos nos orgulhar. Aliás, creio, que deveria ser abolido o termo "americano" ao se tratar dos Estados Unidos, e tratá-los pelos devidos nomes: "estadunindenses", ou "euanienses". Afinal, existe algum país que os seus cidadães são chamado pelo nome de seu continente? E nessa última década, com a desculpa (depois confessada falsa) de que Saddam Hussein possuia armas de destruição em massa, (coisa que, quem tem, comprovadamente, são os Estados Unidos da América) e invadiu Bagdá, capturou Saddam Hussein, organizou um criminoso Tribunal de Exceção (não admitido em nossa constituição brasileira) e julgou e condenou à morte o Ditador Sadan Hussein. E o executou sumariamente, sem tempo para recursos ou comutação da pena em, ao menos, prisão perpétua. E ainda hoje cometem crimes de guerra, desta feita, de forma escancarada e comprovada, com a manutenção da criminosa prisão denominada Guantânamo. E a ONU? A ONU não faz nada, pois é um ente escravo dos estadunindenses. Acho que está mais do que na hora de ser criado um órgão com soberania internacional, para intervir em todos os países que mantém em seu ordenamento jurídico, a pena de morte; em todos os países que cometem ou cometeram crimes de guerra. E a adesão a tal organismo internacional seria compulsória a todos os entes de direito internacional público, a serem regidos por uma Constituição Mundial, voltada para os mais valiosos bens dos indivíduos: O direito à vida digna; o direito à liberdade; e quando previsto o cerceamento da liberdade de ir e vir, a imposição de tratamento digno, não desumano, nem cruel, nem de trabalhos forçados. E o cumprimento dos mandamentos constitucionais brasileiros e da LEP, que apenas existem no papel, deveriam ser de implantação e execuão imediata. Bom. Escrevi muito. Creio que poucos leitores chegaram até aqui. Àqueles que leram, que percebam a atrocidade de que são vítimas muitos países, muitas populações, e muitos os excluídos por motivo de raça ou religião. Afinal, os Alemães fizeram um estrago danado na 2.ª Grande Guerra, mas a bomba caiu foi no Japão. Nação que já estava vencida quando as bombas foram lançadas. Um mero exercício militar para comprovar a soberania do poder de fogo que os estadunindenses possuiam. Por que não lançaram contra os Arianos alemães? Mas sobre uma população civil napônica? Por que os napões eram de outra raça e os Arianos, acaso atacados com a bomba atômica iriam conseguir julgamento militar para julgar os crimes de guerra cometidos pelos estadunindenses. Para o texto: Roda Quadrada: O Retrato da Economia Americana e Muita Coisa Aqui Escrito. Não dá pra Nominar. Começa com o Mercado Cambial, passa pelos crimes de guerra, pela ruína do Império Americano, pela guerra,e ainda deixei muita coisa de fora... (T2656394) De: Lustato Tenterrara   Amar é... + S.O.S. Rio de Janeiro AMAR É SENTIR SAUDADE ANTES DA PARTIDA - S-O-S PARA O RIO DE JANEIRO.pdf, 26 KB Dados Oficiais Arquivo PDF com DADOS BANCÁRIOS, FONT GLOBO NEWS     REENVIAR AOS AMIGOS, coloque os endereços de e-mail de seus amigos, na opção cco (com cópia oculta) evitando, desta forma, que sejam capturados por spamrs. Poema AMAR É... + S.O.S. RIO DE JANEIRO Publicado por Lustato Tenterrara em 19 janeiro 2011 às 17:08 em Iara Lee Back to Iara Lee Discussions :: Todos > Mensagens > Amor  …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 15:59 em 25 janeiro 2011
Topic: 27/03/2010 Meu Mural do Recanto 22 horas
logs, players... acessar nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa Verso
Poemas e Relacionamentos - NET">http://bit.ly/nossarede Player Virtual Mp3 com Download Autorizado: Mp3 Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa
Verso Poemas e Relacionamentos - NET">http://bit.ly/PlayerMp3(c) Lustato Tenterrara, Cláudia Simone, Cecília Meirelles, Da Vez Primeira Que me Assassinaram, de Mario Quintana, em nosso Player
Mp3 Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa
Verso Poemas e Relacionamentos - NET">Mario Quintana, e outros Mp3 Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa
Verso Poemas e Relacionamentos - NET">http://bit.ly/PlayerMp3Faixa 11, um rock jopliniano: Mp3 Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa
Verso Poemas e Relacionamentos - NET">http://bit.ly/PlayerMp3para acessar o Rock Jopliniano de Cláudia Simone, no poema Da Vez
Primeira Que me Assassinaram, de Mario Quintana, em nosso Player Mp3
Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa Verso
Poemas e Relacionamentos - NET">"Da Vez Primeira Que Me Assassinaram", de Mario QuintanaRock Jopliniano de Cláudia Simone, no poema
Da Vez Primeira Que me Assassinaram, de Mario Quintana, em nosso Player
Mp3 Virtual, em nossa rede social Brasil Poesias Rede de Músicas Prosa
Verso Poemas e Relacionamentos - NET">http://bit.ly/PlayerMp3 Conheça nossas comunidades no Orkut : Lustato Poesias: http://bit.ly/poesias Comunidade Brasil Poesias no Orkut: http://bit.ly/orkutbrasilpoesias Comunidades da Rede Brasil Poesias: http://bit.ly/comunidades Comunidade Recanto das Letras: http://brasilpoesias.ning.com/group/RecantoDasLetras Site do Escritor: De 400 mil visitantes únicos para 410 mil,em duas semanas. Grato. Aliás, gratíssimo! Lustato Tenterrara, Owner da rede social Brasil Poesias Rede de Músicas
Prosa Poemas e Relacionamentos - NET associada a 20 networks ning:
Greenpeace Brasil, Amazônia Brasil, Vademecum, Chico Mendes, Humanisme,
etc">É Poeta!(Lustato Tenterrara)Sente e percebe no pôr do sol,um arco-íris no mar; E o seu coração descobre as palavrasque o seu pensamento sente.(Lustato Tenterrara) Título Categoria Data Leituras ABC do Código HTML para o Orkut, MySpace, Multiply, hi5... (Como escrever com letras grandes, maiores, menores, coloridas, incluir música, imagem, fotos ou gif's nos scraps do orkut, multiply, hi5, MySpace...- Lustato Tenterrara - Imagem: Hair The Movie Tutoriais 28/04/08 48166   Quer aprender a escrever recados, no Orkut, com texto colorido? É fácil! Veja: [+ADD Pkenas Dstrações Poéticas e de Amor e Paixão!] Mensagens > Amor 05/06/07 24007   Habeas Corpus - Modelo FORMATADO EM 04.06.2008 - Ação não privativa de Advogado: Você sabe fazer um Habeas Corpus? Modelo de Habeas Corpus Liberatório em Prisão Preventiva, por Excesso de Prazo -MODELO CORRIGIDO EM 01.05.2008 (Dr. Lustato Tenterrara)   Tutoriais 24/04/08 23545   Escreva 'colorido' no Orkut + OS DOIS MELHORES DE TODOS OS FILMES, EM TODOS OS TEMPOS + 'Nervus d Aço' + Pkenas Dstrações Poéticas de Amor e Paixão!   Mensagens > Amizade 06/06/07 19899   Super-Scrap no perfil do Orkut - APPS ORKUT APPS - Você sabe o que é isso? + de 150 aplicativos para o orkut - Novidade oferecida pelo próprio Orkut. Mas não é pra todos. Por quê?   Mensagens > Amizade 20/06/08 14990   1.Mensagem de Aniversário com Water Effect para AMIGAS em Código HTML para Orkut, hi5, Multiply, MySpace: Imagem do Scrap: Linda Paisagem + Fragmento Garota de Ipanema; 2.Poema: Amar-te da Terra a Marte by Lustato Tenterrara   Mensagens > Aniversário 01/05/08 11987   Uma Apologia a Pablo Picasso! [Texto em Inglês, com tradução] Lustato Tenterrara Says:   Artigos 16/05/07 11342 Habeas Corpus - MODELO FORMATADO EM 04.06.2008 - Para Sanar EXCESSO DE PRAZO EM PRISÃO PREVENTIVA - CONSTRANGIMENTO ILEGAL - MODELO CORRIGIDO EM 01.05.2008 (Lustato Tenterrara) Textos Jurídicos 23/04/08 10114 Quer aprender a escrever recados, no Orkut, com texto colorido? É fácil! Veja: [+ADD Crônicas e Pkenas Dstrações Poéticas ]   Tutoriais   05/06/07   10017     Aprenda a adicionar Apps ao seu perfil do Orkut [Apps do Orkut são programas aplicativos] tem apps de música, jogos tipo atari (asteroids, mario, tetris), scraps, vídeos, livros, bíblia, Jogos Interativos (jogo vou não vou com todos os usuários do orkut)   Tutoriais 07/07/08 8665 Poemas de Amor -> Scraps Para Orkut [Última Atualização 17.06.2008 18:57 hs BSB]->Diversos Foto-Poemas-Scrap com Imagem anexada em Código HTML para Orkut, hi5. MySpace,etc Diversos Autores Clássicos Florbela Espanca Neruda Torquato Neto Gibran   Mensagens > Amor   04/06/08   5978     SCRAP COM PLAYER (toca-músicas) E MÚSICA pra ORKUT: Another Day - Cláudia Simone - Áudio com Player - Gerador de Códigos HTML pra scraps pro Orkut, MySpace, hi5, LusoPoemas e Outros WebSites de Relacionamentos - Gerador de Mensagens e Recados   Mensagens > Amor   23/08/08   4479     ABC do Apps Orkut: Tutorial passo-a-passo, com imagens: Aprenda a Adicionar o Aplicativo Apps Orkut Sonora do Portal Terra ao seu perfil do Orkut   Tutoriais   12/07/08   4464   Deseja Ouvir Música o Dia Inteiro no Orkut? Veja aqui o link pra vc ouvir e enviar qualquer tipo de música pra seus amigos: Pegue o Código e Cole no Scrap: Música Automática Aonde VC desejar! Comunidade MÚSICAS PARA SCRAPS SEM PLAYER   Mensagens > Amor   24/08/08   4408   DICAS PARA ORKUT, MYSPACE, HI5, MULTIPLY: Frases Piscando - (Copie o Código HTML e Cole na Página de Recados de Amigos)   Mensagens > Amizade   20/06/08   4367   Poemas e Mensagens de Amor e Amizade & Saudade - Parte III - in Comentários Recebidos e Enviados by Lustato Tenterrara in Recanto das Letras e no Site do Escritor   Mensagens > Saudade   15/07/07   4250   LULA FEZ ALTERAÇÃO INCONSTITUCIONAL NA LEI DO SEGURO DPVAT - A Inconstitucionalidade da Medida Provisória n.º 340/2006 e da decorrente Lei n.º 11.482/2007, por vício formal e material - FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA - (Dr. Luiz Carlos Carvalho de Melo)   Textos Jurídicos   17/02/08   3867   I-Mensagens Entre um Pai & uma Filha! +II-Crônicas e Tutoriais: Um Desafio Triplo-1:Localização de Links na 'net'; 2:Edição de Imagens com a tecla Print Screen; 3:Vamos Invadir um Site; Conclusão: Print Screen, Chico Buarque e Google: Imprescindíveis!   Mensagens > Amor   08/06/07   3591     Página 1 de 33 [próxima»]     Textos Recentes Todos os Textos Artigos (16)  |  Cartas (1)  |  Cirandas (2)  |  Contos (5)  |  Crônicas (51)  |  Discursos (1)  |  Duetos (1) Ensaios (2)  |  Frases (21)  |  Haikais (6)  |  Homenagens (5)  |  Humor (1)  |  Indrisos (2)  |  Juvenil (6) Letras de Música (17)  |  Mensagens (310)  |  NATAL (1)  |  Orações (5)  |  Pensamentos (17)  |  Poesias (96) Poetrix (9)  |  Prosa Poética (7)  |  Resenhas (1)  |  Sonetos (1)  |  Teoria Literária (3)  |  Textos Jurídicos (17) Tutoriais (13) Título Categoria Data Leituras Um Foto-Poema de Amor: Um Dia Ainda Hei de Pegar Você! by Lustato + Crônica: Sua Excelência, o Presidente Luís Inácio Lula da Silva, equiparou preso político com o preso comum. Certíssimo! Ele estava pensando no Congresso Nacional, by Antero Vaz de Andrade Mensagens > Amor 13/03/10 16 Prisioneiro Político equiparado a Preso Comum: A Matemática do Cáos! Crônicas 13/03/10 ?     Copyright 2005/2010 by Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara. Todos os direitos reservados. Crie o seu próprio Site do Escritor no Recanto das Letras Página atualizada em 27.03.10 21:00 …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 22:00 em 27 março 2010
Topic: Mural do Recanto das Letras 20100926 à uma hora da madrugada de um Domingo de Setembro
me esqueci de ti.(Ler mais) Título Categoria Data   Na Lata do Poeta by Antero Vaz de Andrade   Mensagens > Amor 02:11   A Vida (composição, letra e música by Gabriella de Melo Tenterrara, junho/2010, aos 6 anos e dois meses): Comente se você acreditar; Se não acreditar, comente também. Ela vai adorar!   Infantil 16/09/10   A Vida   Mensagens > Amor 10/09/10   Ai, que Linda. Ainda Chora! É um Bebê, essa Menina!   Mensagens > Amizade 06/09/10   Nossos Poemas de Amor e seus Comentários Recebidos de 13/junho/2010 a 15/agosto/2010   Mensagens > Amor 06/09/10   Nossos Poemas de Amor e seus Comentários Recebidos de 15/agosto/2010 a 04/setembro/2010   Mensagens > Amor 06/09/10   Nossos Poemas de Amor e seus Comentários Recebidos de 04/setembro/2010 a 05/setembro/2010   Mensagens > Amor 06/09/10   Conhecer o Mar, a Praia... E Teresa!   Poesias > Amor 06/09/10   O "Um Dia descobrimos que beijar uma pessoa, para esquecer outra!" não é de Mario Quintana. Os poemas de Mario Quintana que têm a frase "um dia" é "Discos Voadores"; "AH! OS RELÓGIOS", "RECORDO AINDA", "Seiscentos e Sessenta e Seis"; "Espelho": Leia-os e Veja-os Aqui   Crônicas 05/09/10   E Depois de Muito te Amar na Sala; no Muro; na Vala; no Claro, no Escuro; na Rua; no Mato; no Meio de Tudo; no Meio do Nada...   Mensagens > Amor 05/09/10 15 Eu Nunca Mais Pensei em Ti   Mensagens > Amor 05/09/10 16 Como Limpar os Cookies do seu Computador (quando está muito cheio prejudica um pouco) e Excluí-los não afeta o desempenho, pois o computador vai salvando os novos cookies que necessitar Tutoriais > Dicas 05/09/10 32     26/09/10 03:13 - Cláudio Carvalho Fernandes    Nota de Lustato: Não sei o que houve. Tinha um texto aqui. Mas quando fui atualizar, para visualizar o meu mural de hoje, aqui ficou vazio. Assim, tomei a liberdade de visitar o perfil de Cláudio Carvalho Fernandes e descobri que ele é daqui de Teresina, tem 46 anos e tal e tais... Então peguei o belo poema que esta na descrição do seu perfil, e o transcrevo adiante: Poeta(,) anarcoexistencialista * * * * * * * * * * * * * Profissão de fé (do poeta) (Cláudio Carvalho) Em todo 'verso' um poema e em cada poema o uni-verso... (Cláudio Carvalho)   26/09/10 02:24 - Leonardo Ulhoa Maior Que Minha Própria Alma Olá,Amigo Recantista!!! Convido você para que leia este texto, reflita, e deixe seu ponto de vista, depois me indique um texto que tiver algo em comum, ficarei feliz e mostrarei minha opinião. Grato!!! (selecione o texto acima com o cursor, ou não ; ] )   26/09/10 02:18 - Nara Stern                                                Felicidades...                                            NARA STERN.           (n.r.s.s.) 26/09/10 02:11 - Herivaldo Ataíde AMOR DE APARÊNCIA (Um poema rápido) Desculpem a ausêncie meus amigos. Estou no meio de um processo eleitoral, mas volto logo. Um grande abraço a todos.  26/09/10 01:54 - Rodrigo Noval   O QUE É TEU Toma meu trajeto até aqui, Ta banhado a ouro pra te seguir.   Toma esse livro que eu li, e esse licor de prazeres que não vivi, toma o enredo da historia que eu não pude concluir.   Talvez te faça sorrir, dar gargalhadas da vidente certeza das tolices que cometi, das minhas internas tempestades antes da bonança to teu sorrir.   Toma e guarda se quiser, as palavras do que te prometi, esconde no teu peito a  espinhosa dúvida e os adornos da certeza que irei cumprir.   26/09/10 01:39 - PróLetrário Tecendo a ManhãJoão Cabral de Melo NetoUm galo sozinho não tece uma manhã:ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo que apanhe o grito de um galo antes e o lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a manhã, desde uma teia tênue, se vá tecendo, entre todos os galos.               E se encorpando em tela, entre todos,         se erguendo tenda, onde entrem todos,         se entretendo para todos, no toldo         (a manhã) que plana livre de armação.         A manhã, toldo de um tecido tão aéreo         que, tecido, se eleva por si: luz balão.              João Cabral de Melo Neto(A Educação pela Pedra) 26/09/10 01:02 - CLEVGOSPEL O DIA EM QUE DORMIR NO MATAGAL... NUMA CASA ABANDONADA... DORMIR NO MATO É MUITA ONDA BRABA! SAIR DE CASA PARA NUNCA MAIS VOLTAR... FUI EMBORA PARA DIAS D'ÁVILA Eu estava vendo o diabo... lutando para destruir as crianças no meu lar com os filmes de Wal disney... e muitos outros filmes mal intencionados... cheio de violências e muitas prostituições... e um dos filmes...ao qual terrível... "carros" EU VI TANTA COISA TERRÍVEL... QUE EU DENUNCIEI A POLÍCIA FEDERAL... COMO CRIME DE PEDOFILIA... A POLÍCIA FEDERAL IMEDIATAMENTE... VENDO AS COISAS TERRÍVEIS QUE CONTÍAM NOS FILMES... REMOVEU... TODOS OS FILMES DE CARROS...DO YOUTUBE... AQUI EM CASA EU LUTEI...CANSEI... CHAMANDO MINHA MÃE E MINHA IRMÃ E MEU CUNHADO... PARA VER NA INTERNET... ELES PREFERÍAM COLOCAR O FILME... DIZENDO QUE OS MENINOS ESTAVAM CHORANDO PARA ASSISTIR... ENQUANTO QUE A POLÍCIA FEDERAL... IMEDIATAMENTE REMOVEU TODOS OS VIDEOS DE CARROS DA STOY STORY... POR VER QUE VERDADEIRAMENTE... ESTAVAM ALÍ TERRÍVEIS CRIMES DE PEDOFILIA... EU EXPLICANDO A VERDADEIRA SITUAÇÃO DE DESTRUIÇÃO QUE ESTAVA ACONTECENDO... E ALI NA SALA...VENDO AS CRIANÇAS ASSISTINDO...SENDO DESTRUIDAS... E EU INSISTINDO PARA QUE ELES VIESSEM ME OUVIR...E COMPREENDER... AS MALDADES ALÍ... COM UM FILME MAL INTENCIONADO... MINHA MÃE...MINHA IRMÃ... MEU CUNHADO...TUDO CEGO...E ALI NA CEGUEIRA ME COMBATENDO...COMO SE NO MEU LAR UMA VERDADEIRA TORRE DE BABEL... NINGUÉM ENTENDENDO...E NEM QUERENDO ENTENDER A VERDADEIRA REALIDADE... E DIANTE DAS DESCONSIDERAÇÕES... EM QUE TENTAVA ALERTÁ-LOS... E TODOS SEM QUERER ME DAR OUVIDOS... E JÁ HAVENDO...MUITOS DIAS... ALGUMAS SEMANAS... SENDO TUDO REPETIDO... E EU JÁ SUFOCADO... EU DISSE... MÃE ME DAR MEU CARTÃO DO BRADESCO AÍ QUE EU VOU EMBORA AGORA! ELA LUTOU PARA NÃO ME DAR... MAS EU ESTAVA DETERMINADO... NO QUE EU ESTAVA FALANDO... ERA UMAS 8:00 HORAS DA NOITE... PEGUEI O CARTÃO...E FUI EMBORA... MAS ANTES EU FUI PARA IGREJA... BUSCAR O SOCORRO DE DEUS... E JÁ COM UM PROJETO DE COMEÇAR UMA NOVA VIDA EM ALGUM LUGAR...ALGUM INTERIOR... AQUI NA BAHIA... DEPOIS DO CULTO...EU FUI DIRETO PARA A RODOVIÁRIA... FIQUEI LÁ SEM SABER PARA ONDE É QUE EU IA... SE PARA UM LUGAR LONGE... OU UM LUGAR MAIS PERTO...EU AINDA NÃO SABIA... FIQUEI PROCURANDO UM BOM LUGAR NO GUICHÊ... PAULO AFONSO...CACHOEIRA...JORRO...IRECÊ... SERRINHA...ALAGOINHAS...SÍTIO DO CONDE... PIRITIBA...CANDEIAS...ETC... RESOLVIR IR PARA DIAS D'ÁVILA... PEGUEI O ÔNIBUS...E CHEGUEI LÁ NA RODOVIÁRIA... IA DANDO 12 HORAS DA NOITE... JÁ PRÓXIMO DA MEIA NOITE... SOLTEI NO PONTO...E ESTAVA TUDO DESERTO... MEU PROJETO ERA DE FICAR NA RODOVIÁRIA... LENDO A BÍBLIA...SENTADO NUMA CADEIRA... ATÉ O DIA AMANHECER...MAS A RODOVIÁRIA LÁ NÃO ERA COMO MUITAS RODOVIÁRIAS... QUE HAVÍAM MOVIMENTOS...TAMBÉM PELA MADRUGADA... ESTAVA TUDO FECHADO...TUDO ESCURO... E AS RUAS ESTAVAM DESERTAS... E AGORA...FICAR ALÍ DE VACILO PARADO... OLHANDO PARA UM LADO E OUTRO... NÃO DAVA...POIS QUE À NOITE... ELA É CHEIA DE PERIGOS... DURANTE O DIA JÁ É... IMAGINA DURANTE A NOITE... RESOLVIR ENTÃO SAIR CAMINHANDO... UMA PENSÃO ÀQUELA HORA ESTAVA DIFÍCIL...PENSEI ENTÃO SAIR CAMINHANDO... CAMINHANDO O PERIGO É MENOR... É COMO SE VOCÊ CAMINHANDO À DIREÇÃO DE SUA CASA... É MENOS PERIGOSO... E PARADO NUM LUGAR...ÀQUELA HORA... VOCÊ É RADICALMENTE SUSPEITO... E ALVO FÁCIL...DE SER ASSALTADO... SAIR ENTÃO CAMINHANDO...E PREOCUPADO... AONDE É QUE EU IA DORMIR... PENSEI ENTÃO EM ENCONTRAR UMA IGREJA DA ASSEMBLEIA DE DEUS...DA BATISTA... OU OUTRA IGREJA PENTECOSTAL... POIS QUE NA CASA DE DEUS HÁ PROTEÇÃO... TÃO SOMENTE EM EU ESTAR ENCOSTADO... POIS SENDO CASA DE DEUS...HÁ PROTEÇÃO... SÃO MUITOS ANJOS...AO REDOR DO TEMPLO... E PENSANDO BEM...RESOLVIR DORMIR... EM ALGUM PASSEIO DA IGREJA... ENTOCADO EM ALGUM CANTO... FUI CAMINHANDO...E NÃO HAVIA NINGUÉM NAS RUAS... EU PASSAVA POR ESQUINAS E ENCRUZILHADAS... RUAS...BECOS...AVENIDAS...CASAS... PRONTO DE SOCORRO HOSPITALAR... POSTO DE GASOLINA... LOJAS...BARES...ESTAÇÃO E LINHA DE TREM... PRAÇAS...NÃO HAVIA NINGUÉM NA RUA... LÁ VAI EU CAMINHANDO JÁ MAIS OU MENOS... MEIA HORA DE CAMINHADA... E NINGUÉM NA RUA...AS RUAS ESTAVAM DESERTAS... E POR TODO O LUGAR QUE EU PASSAVA... ERAM MUITOS CACHORROS LATINDO... ALERTANDO TODA A CIDADE... E A MADRUGADA FAZENDO ECOS... E COM OS BARULHOS DOS CACHORROS... ERA BEM POSSÍVEL TER MUITA GENTE ME CORUJANDO... PELAS GRETAS DAS JANELAS... DAS PORTIOLAS...PENSANDO ATÉ QUE EU ERA LADRÃO... E LÁ VAI EU CAMINHANDO... E LÁ DISTANTE EU AVISTO UMA MULHER... VINDO ELA EM MINHA DIREÇÃO... ENTÃO PENSEI...ESSA MULHER VAI FICAR COM MEDO DE MIM... NUMA HORA DESSA DA NOITE... EU TODO BARBUDO...ENTÃO DISSE:-JESUS NOS GUARDA SENHOR!... NOS LIVRA DE SER-MOS CONFUNDIDO!... ME DEFRONTEI COM ELA...E ELA ERA UMA MULHER BONITA... AÍ PERGUNTEI... VOCÊ SABE ONDE É QUE TEM UMA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS AQUI PERTO? -ALI NAQUELA RUA TEM UMA... LÁ NAQUELA OUTRA TEM OUTRA PENTECOSTAL... -ELA FALOU COMIGO SEM TREMER NA BASE... E MUITO PELO CONTRÁRIO... ELA DEMOSTROU SER UMA MULHER QUE NÃO TINHA MEDO DA NOITE... EU AGRADECI...E JÁ SEGUINDO VIAGEM... -VALEU...OBRIGADO...DEUS TE ABENÇôE! -ELA ENTÃO NUM GESTO PARA ME CANTAR... E NUMA VOZ MACIA... OLHOU PARA MIM TODA SENSUAL... E DISSE: -DEUS TE GUARDE! -AMÉM! -SEGUIR MINHA VIAGEM PROCURANDO A IGREJA... PASSEI PELO UM POSTO DE GASOLINA... E TINHA UNS CARAS LÁ... EU PEDI INFORMAÇÃO E SEGUIR À FRENTE... E LÁ DISTANTE VINHA OUTRA MULHER... EU DISSE ESSA MULHER VAI FICAR COM MEDO DE MIM... EU TODO BARBUDO... QUANDO CHEGUEI DE JUNTO DELA... EU PERGUNTEI SE ELA SABIA ONDE ERA A IGREJA DA ASSEMBLEIA DE DEUS... ELA PAROU BEM DE JUNTO DE MIM... FIXANDO BEM SEUS OLHOS NOS MEUS OLHOS... E DISSE: -UMBORA NAMORAR... -EU OLHANDO PARA OS OLHOS DELA... ELA OLHANDO PARA OS MEUS... EU PENETREI À FUNDO... VENDO TUDO EM SEUS OLHOS... E VENDO TUDO LÁ NO ÍNTIMO... E JÁ SABENDO QUAL O PROJETO... E EU ALI... EU JÁ SABENDO QUE ERA O DIABO ALÍ... COM O DEMÔNIO DA POMBA GÍRIA... E SE NAQUELA HORA...EU ESTIVESSE PREPARADO... POIS QUE VERDADEIRAMENTE...EU ESTAVA PASSANDO POR UMA GRANDE AFLIÇÃO... E ESTAVA DO DESERTO DE DEUS... E MINHA UNÇÃO ESTAVA NA RESERVA... PORQUÊ SE EU TIVESSE CHEIO NAQUELA HORA... EU IA COLOCAR A MINHA MÃO NAQUELA CABEÇA... E TÃO SOMENTE DIZER...SAIA DELA EM NOME DE JESUS! MAS ALÉM DE EU ESTAR PASSANDO PELO DESERTO... EU ESTAVA ENFERMO...E UM POUCO DEBILITADO... E NÃO IA TER FORÇA...DE SEGURAR O DIABO... NAQUELE CORPO SE MANIFESTANDO...SE EU FOSSE REPREENDER... EU PREFERIR ENTÃO FICAR EM JERUSALÉM...ATÉ QUE DO ALTO... EU SEJA REVESTIDO DE PODER. ENTÃO ELA ALÍ DIZENDO...UMBORA NAMORAR... EU DISSE NÃO...NÃO QUERO NÃO!... DEI MEIA VOLTA VOLVER...E DISSE JESUS ME GUARDA! A TUA PALAVRA DIZ: -EIS QUE ESTAREI CONVOSCO ATÉ A CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS!...NÃO VOS DEIXAREI ÓRFÃOS! ME GUARDA SENHOR!... E ALÍ EU DANDO MOLA DOIDA...POIS QUE EU SABIA QUE ERA O DIABO... E ELE NÃO TINHA NADA DE BOM PARA MIM! E EU ALÍ DEBILITADO...ENFERMO E PREOCUPADO... NESCESSITANDO À TODO MOMENTO E À TODO INSTANTE... DE DEUS ESTAR ME RESTAURANDO...E DEUS...ALÍ ME SUPRINDO AOS POUCOS...DEUS ELE OPERA COMO QUER! E EU ALI CAMINHANDO...E O DIABO GRITANDO... OLHA A ASSEMBLEIA DE DEUS É ALÍ NAQUELA RUA... EU OLHEI PARA A RUA...UMA RUA DESERTA...E TODA ESCURA... EU DISSE NÃO...NÃO VOU NÃO...VALEU OBRIGADO! ALÍ ERA ARRISCADO SER PEIXEIRADA... SER CAIXÃO E VELA! O DIABO NÃO BRINCA DE SER DIABO... MAS MAIOR É O QUE ESTAR CONOSCO... DO QUE O QUE ESTAR NO MUNDO! A BÍBLIA TAMBÉM NOS ENSINA À FUGIR DA APARÊNCIA DO MAL. -JESUS ME COBRE COM O TEU SANGUE! -SEGUIR À FRENTE...PASSANDO DE VOLTA PELO POSTO... ENTREI NUMA RUA LÁ DEPOIS DAS ENCRUZILHADAS... SEGUIR À FRENTE...E OS CACHORROS LATINDO... JÁ DEVERIA SER UMAS 2:00 HORAS DA MADRUGADA... FUI LÁ EMBAIXO PROCURANDO UMA IGREJA EVANGÉLICA... E SÓ HAVIAM MUITAS CASAS...E MUITOS CACHORROS LATINDO... O NEGÓCIO ERA SÉRIO...OS CACHORROS ME ESCALDAVAM... COMO SE EU FOSSE LADRÃO... E EU DIZENDO...JESUS...ME LIVRA DE ALGUÉM QUERER ME DAR UM TIRO AQUI! NÃO DEIXA NINGUÉM ME CONFUNDIR! NÃO ACHANDO A IGREJA...ENTÃO VOLTEI PELOS MESMOS CAMINHOS... AO QUAL VOLTAVA PARA A RODOVIÁRIA... E NESSA VOLTA...DO OUTRO LADO... VINHA DOIS HOMOSSEXUAIS... CONVERSANDO...NAQUELES TREJEITOS... CHEIO DE QUEXE...SOLTANDO AS FRANGAS... EU AÍ PERGUNTO...BOA NOITE VOCÊS SABEM ONDE TEM UMA IGREJA DA ASSEMBLEIA DE DEUS AQUI POR PERTO? -ME DEIXE!... -FOI ÍSSO AÍ QUE UM ME RESPONDEU... NUMA RESPOSTA GROSSA...CURTA... ESTÚPIDA E ANTIPÁTICA... E CHEIA DE QUEXE... EU ENTÃO FIQUEI NA MINHA... E CONTINUEI CAMINHANDO... E AVISTANDO UMA IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA... ELA É TAMBÉM UMA IGREJA EVANGÉLICA... MAS EU QUERIA DORMIR NA ÁREA DE UMA IGREJA PENTECOSTAL... MAS SENDO DIFÍCIL DE ENCONTRAR... NAQUELA HORA DA MADRUGADA... ENTÃO RESOLVIR DORMIR NA ÁREA DESSA IGREJA... MAS O PORTÃO ESTAVA FECHADO... E TRANCADO COM CADIADO... EU OLHAVA PARA A ESTAÇÃO DE TREM... E ALÍ COM VONTADE TAMBÉM DE DESCANSAR... POIS EU JÁ HAVIA CAMINHADO MUITO... MAS ALÍ NÃO PARECIA SER UM CANAL LEGAL... ESTAVA COM CHEIRO DE PODER PINTAR SUJEIRA! FUI EMBORA SEGUINDO À FRENTE... ENTREI NUMA RUA LÁ DESERTA...TODA ESCURA... E FUI SEGUINDO À FRENTE... PASSANDO POR ALGUMAS CASAS... E OS CACHORROS COMO SEMPRE... ME DEDURANDO AO POVO!... VI UMA MOITA NA BEIRADA DA RUA...EU DISSE... É EU VOU DORMIR PORAQUI... MAS TINHA DOIS CARROS PARADO LÁ NA FRENTE... E EU FIQUEI CABREIRO DE TER ALGUÉM NO CARRO ME CONSPIRANDO... E QUERER DEPOIS ME MATAR... ENTÃO SEGUIR À FRENTE... E AVISTEI UMA CASA ABANDONADA... SEM TELHADOS... E CHEIA DE MATOS POR DENTRO... E POR FORA TAMBÉM DA ÁREA... EU NÃO PENSEI DUAS VEZES... EU DISSE JESUS É AQUI... MAS COM TODO CUIDADO... TODO CUIDADO AINDA ERA POUCO... PODERÍA HAVER MARGINAIS ESCONDIDOS... PENSEI EM ENTRAR NA CASA... MAS FIQUEI CABREIRO... PREFERIR IR PARA O MATAGAL QUE HAVIA FORA DA CASA... E AINDA COM TODO CUIDADO... E TAMBÉM COM MUITAS ORAÇÕES E MUITAS SÚPLICAS... DEITEI NUM LUGAR LÁ EM BAIXO DE UNS PÉS DE BANANEIRA... E PROCUREI ALGUMA COISA PARA ME APOIAR DE TRAVESSEIRO... E NÃO HAVENDO...COLOQUEI ENTÃO MINHA HARPA CRISTÃ... MAS ESTANDO BAIXO O NÍVEL... E COM AMOR E COM MUITO CARINHO... COMO QUE PEDINDO PERMISSÃO À DEUS...COLOQUEI TAMBÉM A MINHA BÍBLIA! E ALÍ FIZ UMA ORAÇÃO À DEUS... DEUS ME GUARDA... ME LIVRA DO HOMEM MALÍGNO E SANGUINÁRIO... ME LIVRA DE QUEREREM ME MATAR AQUI... PENSANDO QUE EU SOU LADRÃO...UM MARGINAL... E ME GUARDA TAMBÉM SE TIVER ALGUM MARGINAL PORAQUÍ... DE JUNTO DE MIM... QUE TENHA SE ENTOCADO ANTES DE MIM... ME LIVRA TAMBÉM DAS COBRAS NÃO ME PEGAR... CASCAVEL...COBRA CORAL... E DE TODA INVESTIDA DO DIABO... OBRIGADO SENHOR!...EM PAZ ME DEITO E LOGO PEGO NO SONO... SÓ O SENHOR ME FAZ REPOUSAR SEGURO! FIZ ESTA ORAÇÃO À DEUS...E ME PUS À DORMIR... MAS AS PREOCUPAÇÕES EM MINHA MENTE ESTAVAM TERRÍVEIS... SEM QUE EU QUISESSE ESTAR PREOCUPADO COM NADA... POIS EU SABIA O DEUS QUE SIRVO! MAS ALÍ ERA O DIABO FUSTIGANDO A MINHA MENTE... ME COLOCANDO PARANÓIAS...EU VIA OS MARGINAIS ME FLAGRANDO ALÍ... E ME DANDO RAJADAS DE MUITAS BALAS EM MINHA CABEÇA... E NADA DE EU CONSEGUIR DORMIR... ENTÃO EU OREI À DEUS: "Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel. CONSEGUIR DORMIR UM POUCO... E QUANDO ACORDO...VINHA UM CARRO... CURVANDO A RUA...VINDO DE FRENTE A MINHA DIREÇÃO...COM OS FAROIS ACESOS... E EU ALÍ ESCONDIDO ATRÁS DAS BANANEIRAS... E AO REDOR TINHA MUITAS ÁRVORES... E ELE COMO QUE PARANDO EM MINHA DIREÇÃO... COMO QUEM DESCONFIADO DE QUE HAVIAM MARGINAIS NO LUGAR ONDE EU ESTAVA... E EU ALÍ JESUS...ME COBRE COM O TEU SANGUE! O CARRO COMO QUE DEMORANDO UM POUQUINHO CORUJANDO A ÁREA...FOI SAINDO DEVAGARZINHO... E FOI EMBORA...E EU ALI PREOCUPADO... DO POVO ALÍ NÃO QUERER ME MATAR... PREOCUPADO TAMBÉM EM DORMIR... E ACORDAR CEDO...ANTES DO DIA CLAREAR... PARA O POVO NÃO ME VER SAINDO DALÍ DAQUELA CASA ABANDONADA... COMO SE UM FORAGIDO DA LEI... E EM MEIO À TANTAS PREOCUPAÇÕES... EU ME ESFORÇAVA PARA DORMIR... E TODA HORA EU VIA O MATO SE BULINDO... À UM OU DOIS METROS DE MIM... FAZENDO AQUELE BARULHO DE ALGUMA COISA CAINDO...OU SE EMBOLANDO... DEVE SER ALGUM MARGINAL AÍ ESCONDIDO... OU ALGUMA COBRA NO MATO... E EU ALI...LIGADO COM DEUS... OLHANDO PARA OS MATOS... E NA DIREÇÃO DOS BARULHOS... EU VIA OS MATOS SE BULINDO... FIQUEI ENTÃO... PROCURANDO SABER O QUE ERA MELHOR PARA MIM... SE EU TOMAVA UMA ATITUDE DE FÉ... PARA ENFRENTAR O MARGINAL... COLOCANDO A PALAVRA DE DEUS EM PRÁTICA... DIZENDO É DEUS...É JESUS... O SANGUE DE JESUS TEM PODER! OU SE ERA MELHOR EU FICAR QUIETO... ALÍ ORANDO ENTREGANDO TUDO NAS MÃOS DE DEUS... E DEIXANDO DEUS AGIR! E NÍSSO EU ME LEMBRAVA... DE UM CAGA CEBO QUE EU CRIAVA... LOGO QUANDO EU FUI PEGAR ELE... QUE EU TIREI DO ARÇARPÃO... PARA CRIAR ELE SOLTO NO MEU QUARTO... QUANDO ELE ESCAPOLIU DA MINHA MÃO... ELE FICOU LA NO CANTO QUIETO SE FINGINDO QUE ESTAVA MORTO... SÓ PARA NINGUÉM PEGAR ELE... É CAGA CEBO TEM ESSAS ONDAS...RS...RS... ELE FINGE QUE ESTAR MORTO... E QUANDO O CARA VACILA...ELE DAR UMA MOLA DOIDA...SAINDO VOANDO... COMO QUEM DIZ:-JÁ FUI! E NINGUÉM PEGA... ENTÃO RESOLVIR IMITAR O CAGA CEBO... E FIQUEI ALÍ QUIETO... SÓ ORANDO À DEUS EM ESPÍRITO... E O DIABO BOTANDO PARANÓIA NA MINHA MENTE... DOS MARGINAIS ME METRALHANDO... DAS COBRAS ME PICANDO... E CONTINUANDO ORANDO... E DEPOIS DE UM TEMPO... EU VENDO QUE NÃO PINTOU NENHUMA SUJEIRA... EU ME PUS À DORMIR... E QUANTO AS PARANÓIAS...E AOS OUTROS MAUS PENSAMENTOS... EU SABIA MESMO QUE ERA AS ONDAS DO DIABO... MAS MAIOR É O QUE ESTAR CONOSCO... DO QUE O QUE ESTAR NO MUNDO! JESUS ME COBRE COM O TEU SANGUE ME GUARDA... E O DIABO VENDO QUE NÃO TINHA JEITO... E DE QUE TUDO QUE ELE FAZIA PARA EU FICAR COM MEDO... NÃO ADIANTAVA...NÃO POR EU SER NENHUM SUPER HOMEM... NÃO!... MAS MINHA CONFIANÇA EM DEUS... E EM SABER QUE DEUS ESTAVA ALI COMIGO! E O DIABO ME PERTURBOU TANTO... E EU SEM CONSEGUIR DORMIR... DAQUI Á POUCO ELE DISSE QUE EU ESTAVA DORMINDO EM CIMA DE UMA MACUMBA... EU OLHEI...E ATÉ PARECIA MESMO... QUE NAQUELE LUGAR O CLIMA ESTAVA PESADO... NÃO HAVIA JEITO DE EU CONSEGUIR DORMIR... MAS COMO ESTAVA ESCURO... E NÃO DAVA PARA VER DIREITO... EU DISSE MAIOR É DEUS... E TENTEI DORMIR...MAS NÃO HOUVE ACORDO... E O VENTO SOPRANDO E O FRIO BATENDO... E EU ALÍ ENCOLHIDO...COM OS BRAÇOS CRUZADOS PARA ME AQUECER... DAQUI Á POUCO COMEÇOU A CHOVER... E O ENCONTRO DA CHUVA...COM AS BANANEIRAS... E COM TODOS OS MATOS...FAZIA UMA GRANDE ZUADA... E EU PREOCUPADO... DE FICAR TODO ENCHARCADO... E O FRIO TRAVAR TODOS OS MEUS NERVOS... ARRISCADO ATÉ UMA MORTE... POR ANAFILAXIA...DOS NERVOS... E CONSEQUENTEMENTE UM CHOQUE ANAFILÁTICO... LEVANTEI FIQUEI EM PÉ... TOMANDO UMA ATITUDE PARA IR EMBORA... E PARA ONDE É QUE EU IA...EU NÃO SABIA... MAS GRAÇAS A DEUS... QUE ALÍ SÓ ERAM ALGUMAS GOTEIRAS... CONSEGUIR DORMIR UM POUQUINHO... E NESSA TRAJETÓRIA... TODA HORA PASSAVA O GUARDA NOTURNO APITANDO... ELE PASSAVA DE MOTO...ERAM DOIS GUARDAS NOTURNOS... PASSANDO DE MOTO... E COM CERTEZA MAQUINADO... É...AQUELA NOITE ALÍ...FOI UMA NOITE MEIO DE TERROR...MAS EM MEIO À ESSES TERRORES... EU ME ENCONTRAVA NA PAZ! A UNÇÃO DE DEUS...ELA NOS TRANQUILIZA... NOS DAR CORAGEM...E TAMBÉM NOS DEIXA ANESTESIADO...E NO MEIO DE UM GRANDE PROBLEMA...FICA TUDO PARECENDO COMO UMA GOTA D'ÁGUA...MAIOR É DEUS! ACORDEI OUVINDO O SOM DE UM PÁSSARO CANTANDO... EU DISSE É JÁ DEVE ESTAR AMANHECENDO O DIA... VOU ESPERAR CLAREAR E VOU EMBORA... E ATÉ HOJE EU ESPERO CLAREAR...E NADA... E DE VEZ ENQUANDO ESSE PÁSSARO CANTAVA... EU DISSE...É JÁ DEVE ESTAR AMANHECENDO O DIA... VOU EMBORA...PEGUEI MINHA HARPA...PEGUEI MINHA BÍBLIA... E FUI EMBORA...LÁ VOU EU CAMINHANDO... E TUDO AINDA ESCURO...TUDO DESERTO... VOU EM DIREÇÃO A PRAÇA... E OS CACHORROS PARECEM QUE NÃO DORMEM... EM TODO LUGAR QUE EU PASSAVA...ERAM CACHORROS LATINDO... DE REPENTE QUANDO EU CHEGO NA PRAÇA... EU ME DEPARO COM QUATRO CARAS... EM MINHA FRENTE...DUAS MOTOS PARADAS DO LADO... DOIS CARAS DE UM LADO DA RUA... E MAIS DOIS DO OUTRO LADO... EM PARALELO...FAZENDO UM CORREDOR POLONÊS... PARA EU PASSAR...E ELES BATENDO PAPO... SÓ ESPERANDO EU PASSAR... E TINHA UM QUE ESTAVA COM UMA TOCA... DAQUELAS TIPO DE JUSTIÇEIRO... AS RUAS TUDO DESERTAS...AINDA TUDO MADRUGADA... EU JESUS ME COBRE COM O TEU SANGUE...ME GUARDA ME PROTEGE...ABENÇOA A MINHA APARÊNCIA... POIS QUE EU TINHA DORMIDO NO CHÃO... EM CIMA DOS BARROS...E MINHA ROUPA DEVERIA ESTAR TODA CHEIA DE TERRA...MEU CABELO... MEU ROSTO...ETC... A BÍBLIA DIZ QUE A ORDEM É PARA MARCHAR... E NÃO PARA RECUAR...ENTÃO FUI EU MARCHANDO... QUANDO CHEGUEI NO MEIO DO CORREDOR POLONÊS... EU OLHEI À TODOS...E DEI UMA BOM DIA... E PERGUNTEI À UM QUE HORAS É QUE PASSAVA O ÔNIBUS PARA SALVADOR... PERGUNTEI SÓ PARA TIRAR DE TEMPO... E ELE ME DISSE 5:00 HORAS DA MANHÃ... E EU QUERENDO SABER QUE HORAS ERA AQUELA... PERGUNTEI PELAS HORAS... E ELE ME DISSE 4:00 HORAS... EU DISSE VALEU OBRIGADO!... E FUI SEGUINDO...A ORDEM É PARA MARCHAR... E NÃO PARA RECUAR... FUI SEGUINDO EM FRENTE... E CONTINUANDO ORANDO... NADA ACONTECEU COMIGO!... DEUS É FIEL! FUI CAMINHANDO PROCURANDO UMA IGREJA... PARA EU FICAR NA PORTA... POIS QUE NA PORTA DE UMA IGREJA EVANGÉLICA...É MAIOR A PROTEÇÃO... E O TEMPLO DA IGREJA É O LOCAL... ONDE DEUS SANTIFICOU TAMBÉM PARA A REALIZAÇÃO DE MUITOS MILAGRES E MARAVILHAS! ENCONTREI UMA IGREJA BATISTA... ENCOSTEI E FIQUEI NA PORTA LENDO A BÍBLIA... O DIA JÁ TINHA AMANHECIDO... MAIS TARDE FUI PARA UM CULTO... DEPOIS ESTAVA PROCURANDO ONDE TINHA UM OUTRO CULTO... EU QUERIA IR NA ASSEMBLEIA DE DEUS... E TAMBÉM ESTAVA PROCURANDO UM LUGAR PARA EU ALUGAR E FICAR MORANDO... ANDEI UM BUCADO PROCURANDO OUTRO CULTO E NÃO ACHEI... E JÁ SE APROXIMANDO A TARDE...RESOLVI ENTÃO IR PARA O CULTO DE MARAVILHAS... QUE ACONTECE TODAS TARDES DE QUINTA FEIRA... NA IGREJA BATISTA MONTE SINAI... LÁ NO BAIRRO DE SÃO MARCOS... LOGO APÓS O BAIRRO DE PAU DA LIMA... EM SALVADOR...AQUI NA BAHIA... O CULTO LÁ É TREMENTO... A IGREJA É ENORME... E LOTA DE GENTE... SÃO MUITOS MILAGRES E MARAVILHAS QUE DEUS OPERA LÁ... É CULTO MESMO PENTECOSTAL... DE FOGO MESMO...LÁ É FOGO PURO!... VALE APENA VIM DE QUALQUER LUGAR PARA IR À ESSE CULTO!... EU FUI... E LÁ DEUS FEZ GRANDES MARAVILHAS EM MINHA VIDA...E LÁ DEUS TAMBÉM MUDOU O MEU PROJETO... ME ORIENTANDO A VOLTAR PARA CASA! TUDO O QUE ME ACONTECEU LÁ EM DIAS D'ÁVILA... TUDO ÍSSO ACONTECEU...PELO MOTIVO... DE EU...EM CRISTO...QUERER UMA NOVA VIDA... E TAMBÉM POR CAUSA DO FILME DE DESENHO ANIMADO "CARROS" DE STOY STORY... FILME ESSE TEM DESTRUIDO MUITAS CRIANÇAS... E EU DENUNCIEI A POLÍCIA FEDERAL COMO CRIME DE PEDOFILIA... E ELA RAPIDAMENTE REMOVEU TODOS OS VIDEOS... DO FILME CARROS DE STOY STORY... E QUANDO EU CHEGUEI EM CASA...MINHA IRMÃ... PREOCUPADA...A PRIMEIRA COISA QUE ELA ME PEDIU... PARA VER O MEU SITE CUJO TÍTULO...É ESSE: O DIABO ESTAR LUTANDO PARA DESTRUIR AS CRIANÇAS... TAMBÉM ATRAVÉS DOS FILMES DE DESENHOS ANIMADOS... E ELA ACESSANDO O SITE... QUANDO CLICOU PARA VER O QUE VERDADEIRAMENTE ESTAVA OCORRENDO NO FILME "CARROS" DE STOY STORY DE WALL DISNEY...QUANDO ELA CLICOU... O VIDEO JÁ HAVIA SIDO REMOVIDO PELA POLÍCIA FEDERAL! A POLÍCIA FEDERAL AGIU RAPIDAMENTE... ELA NÃO ESPEROU DOIS TEMPOS... O NEGÓCIO É SÉRIO... NÃO É BRINCADEIRA NÃO!... TENHA CUIDADO COM SEUS FILHOS!... CUIDE DELES COM MAIS ZELO... GRAÇAS À DEUS... QUE COM ESSA MINHA VIAGEM... DEUS...ELE MUDOU O QUADRO NO MEU LAR... MINHA IRMÃ JÁ ESTAR PROCURANDO DAR CRÉDITO... NESSE ASSUNTO...MINHA MÃE...E TODOS AQUI EM CASA... O NEGÓCIO É SÉRIO... POR FAVOR DER CRÉDITO...O NEGÓCIO É SÉRIO!... NÃO SÃO SÓ NOS FILMES DE CARROS... COMO EM MUITOS OUTROS DA WALT DISNEY... E TAMBÉM NÃO SÓ A WALT DISNEY... MAS MUITOS FILMES DE DESENHOS ANIMADOS... ESTÃO PATROCINANDO MUITAS VIOLÊNCIAS E MUITAS PROSTITUIÇÕES... DESTRUINDO MUITAS CRIANÇAS NOS LARES... E CONSEQUENTENTE TAMBÉM OS PAIS E TODA A FAMÍLIA... PORQUE UM MEMBRO NA FAMÍLIA... SENDO DESTRUIDO...ABALA TODA A ESTRUTURA DA FAMÍLIA...ABALA TODA A FAMÍLIA... FAMÍLIA É UMA BÊNÇÃO DE DEUS... É A UNIDADE BÁSICA DA SOCIEDADE... E ESSÊNCIA MUITO FORTE... FAMÍLIA...ESSE TERMO...ELE É MUITO FORTE! POR FAVOR VAMOS INTERAGIR...NÃO VAMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS... VENDO AS CRIANÇAS SENDO DESTRUIDAS! INVESTIGUE OS FILMES...E TAMBÉM DENUNCIE A POLÍCIA FEDERAL... PELA INTERNET...É SÓ CLICAR...E ENVIAR A URL DO SITE... VAMOS COOPERAR PARA QUE O NOSSO PLANETA VENHA SER MELHOR! E NÃO SE ESQUEÇA DE ORAR POR MIM E POR TODA A MINHA FAMÍLIA... QUE EU TAMBÉM ESTAREI ORANDO POR VOCÊ E POR TODA A SUA FAMÍLIA... DIZENDO JESUS ABENÇOA AS PESSOAS QUE EU PEDIR ORAÇÃO E AS TODAS AS SUAS FAMÍLIAS TAMBÉM!... E SE VOCÊ SENTIR DE DEUS...FAÇA UM JEJUM POR MIM!... NO PROPÓSITO DE LIBERTAÇÃO...AVIVAMENTO E SANTIFICAÇÃO! AS ORAÇÕES DOS SANTOS PODEM MUITO EM SEUS EFEITOS! FIKA NA PAZ!...FICA COM DEUS!...TAMBÉM COM ESSE MEU SITE: O DIABO ESTAR LUTANDO PARA DESTRUIR AS CRIANÇAS... TAMBÉM ATRAVÉS DOS FILMES DE DESENHOS ANIMADOS http://www.dihitt.com.br/barra/sos-criancas-1 Visite a http://cleviton.multiply.com SociedadeGospel(Missões) Veja continuação do Mural do Rcanto das Letras, após a caixa de texto "Responder esta", adiante …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 4:17 em 26 setembro 2010
Topic: Mural do Recanto das Letras em 13/02/11 20:09
a com vontade de que? Fugir sozinha Se esconder no quarto Tirar retratos Fazer desenhos Ler Sumir Refazer Renascer ?   Morrer de rir? Morrer de amor? Se esconder da vida? Secar o choro Ou regar a vida com ele? Contar piada Ou apenas rir delas? Fazer a dois Ou fazer sozinha?   Você anda à-vontade com suas escolhas? Grandes amores? Coisas pra se contar? Coisas pra se mudar? Coisas? Ou coisa nenhuma?   Não pense muito. Pensar duas vezes pode ser exagero. Faça o que der na telha, E se a telha não der nada... Faça assim mesmo.   A vida é intensa! Viva intensamente... Seja! Aconteça! Perpetue!   RAFAEL TEGON         13/02/11 19:59 - Edveloso Não tinha tenho muita coisa pra publicar, estou escrevendo umas coisas , porque não queria ficar sem publicar nada. espero que gostem . depois da 12:00 publicarei ^^   s       13/02/11 19:44 - Lustato Tenterrara   Apresentamos nossos e-books. Esse primeiro é sobre o auxílio às vítimas da Região Sudeste, feito em PDF. São apenas 26 kb (5 segundos em conexão lenta). É grátis, embora no site conste  Preço de 1.00 real (para poder cadastrar na loginha virtual de nosso Site do Escritor Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara   Foi transcrito para Arquivo PDF, com o fim de evitar possíveis fraudes. Assim, se receber pelo e-mail, faça o download por meio deste primeiro link-título: Amar é... + S.O.S. - Rio de Janeiro 2011 Se você receber por e-mail, faça a cópia nesse link acima, para reenvio aos amigos, por meio do download. Desta forma evita-se fraude, pois a cópia arquivada no host do Recanto dasa Letras e o da Rede Brasil Poesias, arquivado no host do api.ning de forma que tais arquivos não podem ser alterados, o que evita possíveis fraudes. Quanto às demais publicações, a 3.ª e a 4.ª edições do Livro Autobiográfico, estão esgotadas.     Capa Título Categoria Local Tam Data Acessos     Amar é... + S.O.S. - Rio de Janeiro 2011     RS 26 KB 19/01/11 60     PDF: Direito Empresarial:Dos Títulos de Crédito IMPRÓPRIOS: Trabalho Didático Ana de Melo Tenterrara     Diversos  RS 123 KB 08/11/10 228           A Primeira Profecia VERSÃO ATUALIZADA by Lustato Tenterrara [PPS e-poesia] V.1.1 com imagens     Power Point [PPS]  RS 255 KB 04/12/08 343     A Primeira Profecia by Lustato Tenterrara [pps e-poesia] V.1 (DESATUALIZADA) Acesse a outra versão,       Power Point [PPS ]  RS 49 KB 23/11/08 389     Meu Corpo Respira Você! by Lustato Tenterrara [PPS e-poesia] - versão 1.1 in 08.12.2008 Power Point [PPS]  RS 3 MB 21/11/08 892                         13/02/11 18:54 - Susie Sun Para quem curte o maravilhoso universo da fotografia além do fantástico mundo das letras, convido a conhecer meu  espaço, " Imagem e Pensamento" e embarcar em uma viagem visual, no seguinte endereço: http://www.imagemepensamento.blogspot.com/ Grande Abraço Susie Sun  13/02/11 18:40 - Maricília Lopes Silva   Olá, amados... Venho fazer um convite à leitura. Publicações recentes:       “Meus textos... os mais lidos”   “Como ele é cara-de-pau!”   “Amo não o meu”   “Eu digo SIM para...”   “Eu digo NÃO para...”   “Ao poeta Christiano Nunes”   “Quero um amor maior”   “Tem gente que ama...”   “Felicidade é... uma pitada de amor!”   “Canção de um novo tempo...”   “Afinal, o que querem as (muitas) mulheres?   “Meu céu” (resenha)   “Afinal, o que querem os (muitos) homens!?”   “O que você daria de presente?” (pergunta feita por Christiano Nunes)   “Venha... receba AMOR”   “Venha... receba ALEGRIA”   “Venha... receba PAZ”   “Tem gente que sente...”   “Agenda Diária”   “Atalaia... o alerta!”   “Tudo tem a sua hora II”   “Migalhas”   “Só falando... Só...”   “O que acontecerá...”   “Não quero te roubar pra mim...”   “Eu disse sim e... morri...”   “Quando a alma silencia...”   “Anjo... eu te amo...”   “Por quem me toma!?...”   “Fome... pré-sal... sede...”   “Tudo começou com a sua “partida”...   “Anjo... é estupidez...   “Saí da lucidez...”   “Eu te amo... tu me amas...”   “Seu jardim... Meu jardim...”   “É um erro...”   “Força Estranha”   “Poeta do amor... carta para você”   “Amor de alma... Eu te amo”   “Almas cativas”   “Anjo... carta para você”   “Procuro uma saída”   “Evidências”   O laço do abraço   “Sei sorrir... não mentir que amo...”   “...devolva-me a solidão”   “Amigo virtual... carta para você...   “Amado... carta para você”   “Siga seu caminho em paz”   “Continuar”   “O laço... a lança”   “Meus ais”   “O sorriso... a lembrança”   “Deleite racional”     “Quem é você”   “Cilada”   “Sonhos”   “Seu nome”   “Após a onda... novo ato!”   “Carnaval de Ilusões”     Boa semana... boas leituras...    “Nem palavras duras e olhares severos devem afugentar quem ama; as rosas têm espinhos e, no entanto, colhem-se” (W.Shakespeare)            “Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira”  (Tolstoi)          Um grande abraço,    Continua, após a caixa de texto (box text) …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 21:27 em 13 fevereiro 2011
Topic: Florbela: O Sofrimento em Forma de um Soneto, by Lustato Tenterrara in Introdutório à Tese do Dr. António Ladeira: Mythologies of the feminine and of the poet in Florbela Espanca and beyond
e lança-se sobre Florbela ladeira abaixo e ladeira arriba... O Dr. António Ladeira estuda o seu psiquê o seu tempo, e num inglês auto-explicável explica o todo, explica o tudo. Não é necessário nem mesmo lançar mão do Google Translation (ou Google Tradutor) para traduzir o óbvio da vida, obra e pensamento de Florbela. A explicação aos gringos, sobre o verbo 'espancar', que existe no nome de Florbela, deixou apenas dois senões - eu disse, apenas! - mas que de modo algum macula o teu brilhante ensaio, António, Dr. Ladeira. Adiante t'o direi. Assim como alguns sobrenomes gringos são campos (fields), homem-campo (fieldman), algumas profissões a nós chega a beirar o hilário, como o homem-fogo (fireman) que é como os gringos chamam seus bombeiros, e nós, portugueses e descendentes, tantos nomes de árvores em sobrenomes, confesso que não sabia da existência do teu, Ladeira - que seria um prato feito ao sociólogo Gilberto Freire, autor do livro Nomes Próprios Pouco Comuns. E que até hoje não entendi o por quê de o renomado sociólogo não haver incluido o nome da mística Florbela em seu decantado livro. Pois que, Florbela Espanca, além de espancar com sua obra, quaisquer uns que se coloquem à sua frente, ainda é uma flor... uma bela flor... Uma Flor Bela! O ensaio de António Ladeira per si é uma obra-de-arte, onde o autor buscou e encontrou a alma de Florbela, sua alma de poeta brilhantemente decantada no poema Poetas, de Florbela Espanca. Poema de raro esplendor, onde bem diz André Luiz Alves Caldas Amóra, ao analisar a metapoesia de Florbela Espanca: "Em Poetas, poema integrante do livro Trocando olhares, o eu-lírico reflete acerca da incompreensão sofrida por aqueles que dão título ao texto: Ai as almas dos poetas Não as entende ninguém; São almas de violetas Que são poetas também. Andam perdidas na vida, Como as estrelas no ar; Sentem o vento gemer Ouvem as rosas chorar! Só quem embala no peito Dores amargas e secretas É que em noites de luar Pode entender os poetas. E eu que arrasto amarguras Que nunca arrastou ninguém Tenho alma pra sentir A dos poetas também! (Espanca 2002: 23) Coletado by Lustato Tenterrara in: Ser Poeta Imagens da Metapoesia em Florbela Espanca André Luiz Alves Caldas Amóra (PUC-Rio) A respeito dessa dor de amar, do ser poeta, Florbela bem o soube dizer, "é ser maior... morder como quem beija..." O certo é que um dia, dedicado a Florbela, fiz uma pequena contribuição, que adiante lanço aos olhos do leitor: Transcrito do Blog http://injusticanao.blogspot.com/2008/10/ser-poeta-lustato-tenterrara.html Ser Poeta- Lustato Tenterrara Dedicado a FlorBela Espanca, aquela que amou perdidamente, e que teve que se perder pra se encontrar... (Lustato Tenterrara) Ser Poeta (Lustato Tenterrara) Ser poeta é ser águia e condor, ser caça e caçador... Ser poeta é ser água, fogo... terra e ar! Ser poeta é sorrir, sentindo dor... é chorar, quando sorri de amor! Ser poeta é ficar assim, perdidamente... Com olhos que somente enxergam a saudade... Ser poeta é sentir frio mesmo quando faz calor; é sentir calor, ao leve pensamento de ti... Ser poeta é sentir o maior amor do mundo pelo mais pequenino dos seres ou pela mais diáfana Deusa... Ser poeta É fazer rima, quando não se pensa senão apenas na dor... É sentir taquicardia ao leve rumor de felicidade! Ser poeta é chorar internamente e expressar apenas amor, com sua dor. Ser poeta é amar assim, perdidamente... (Lustato Tenterrara) Claro e certo que o meu poema é apenas um lance do meu olhar, e que Florbela bem melhor o soube dizer, com métrica, rima e muita dor: Ser poeta Florbela Espanca Ser poeta é ser mais alto, é ser maior Do que os homens! Morder como quem beija! É ser mendigo e dar como quem seja Rei do Reino de Aquém e de Além Dor! É ter de mil desejos o esplendor E não saber sequer que se deseja! É ter cá dentro um astro que flameja, É ter garras e asas de condor! É ter fome, é ter sede de Infinito! Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim... É condensar o mundo num só grito! E é amar-te, assim, perdidamente... É seres alma, e sangue, e vida em mim E dizê-lo cantando a toda a gente! Os enxertos fragmentos de poemas, de frases, de cartas enviadas por Florbela, revelam sua natureza revolucionária. E como não poderia deixar de ser, incompreendida e massacrada no seu tempo. Afinal no início do século XX uma mulher vir a dizer "Eu quero amar, amar, perdidamente", equivaleria ao feito de Adília Lopes, em sua paródia à célebre frase florbeliana e que somente encontra acordes similares entre os novos tempos dos literatos dos minicontos e que mesmo para mim, ainda assim, beira à grosseria, ao absurdo, ao desprovido de senso. Igual talvez um mini-conto que tive o desprazer de ler, onde o ‘micro-contista’ (e aqui cai-lhe bem o nome) tripudiava em cima da desgraça de algumas crianças que haviam sido vítimas de mãos pervertidas de alguns sacerdotes doentes, e onde - desgraçadamente - o micro-contista (já estou gostando do nome) fazia uma paródia com os dizeres atribuídos, em oração, a Jesus: "Vinde a mim as criancinhas!". Vê prezado leitor, o tamanho da insensatez cometida em nome da arte e da liberdade de pensamento. Bom mas o certo é que Florbela é incomparável. Um dia eu disse - e ora repito - que Florbela é a alma gêmea de Bocage, e que ambos se desencontraram - no tempo - apenas para criarem obras-primas com sua dor. Agora, prezado leitor, rendo honras ao Google, que além de sua ferramenta de tradução (que logo estará melhor que se possa imaginar), ainda tem um motor de busca, um buscador, que faz mágica digital e coloca-nos, qualquer um, frente-a-frente com os destinos da humanidade. Ave, Google! (Eu já disse isso antes... Mas não custa nada repetir: Ave Google!) Esta é a versão em html do arquivo http://www.mod-langs.ox.ac.uk/events/port/myths_08/ladeira.pdf. G o o g l e cria automaticamente versões em texto de documentos à medida que vasculha a web. Mythologies of the feminine and of the poet in Florbela Espanca and beyond Dr. António Ladeira, Texas Tech University Mythologies of the feminine and of the poet in Florbela Espanca and beyond Dr. António Ladeira, Texas Tech University 1. Introduction Myth, poets and poetry are three inextricably linked notions in Portugal. Eduardo Lourenço once said that Portugal “has”, for centuries, “lived off the idea of poetry and poet as myths.” (Lourenço, 2003: 12). Florbela Espanca occupies an incomparable place among contemporary Portuguese poets. For reasons which are in great part marginal to her own poetry, she is considered today one of the most mythologized of our poets. This woman-poet, who lived between 1894 and 1930, also left a diary, letters and short-stories, in addition to a charismatic, legendary and persistent presence in the cultural memory of Portugal, both in the world of letters and beyond. In the conservative society of the time, she scandalously married three times, and divorced twice. At a time when it was highly unusual for women to pursue higher education, she dared to attend university. Her death at age thirty six is believed to have been suicide. Before that, the death of her beloved brother in an airplane crash appears to have shaped the rest of her life and a significant part of her literary career. Some of her known photographs show her in obviously studied poses – which many have compared to those typical of early Hollywood starlets. Her status as a mythologized poet-author is best illustrated by the following words by critic Anna Klobucka: Her poetic activity and the trajectory of her life originated one of few cases in the history of Portuguese literature – and the only one referring to a woman writer – in which there is the mythicization of a literary personality, operation in which considerations on the author’s life and works come together in the formation of a ficcionalized figure, independent – to a high degree -- of empirical evidence. (Klobucka, 1993: 43)1 [A actividade poética e o itinerário vivencial de Florbela Espanca deram origem a um dos poucos casos na história da literatura portuguesa – e o único referente a uma mulher escritora – da mitificação de uma personalidade literária, operação em que as considerações da vida e da obra confluem na formação da figura ficcionalizada, em alto grau independente da evidência empírica.] She published few poetry books in her lifetime, manifestly fewer than the notoriety she ultimately acquired -- literary and otherwise – would lead one to believe. Only during the second half of the twentieth century did studies by critics Jorge de Sena, José Régio and Vitorino Nemésio, to name a few of the most relevant ones, attempt to seriously study the real dimension of her contributions to Portuguese literature. The main importance of these essays consisted mostly on the attribution of an indisputably feminine quality to a poetic voice which the authors viewed as a potential candidate for inclusion in the male-dominated canon of the time. Another reason for the critical silence that, in great measure, surrounded her work, resides in the fact that she was a woman-poet and – most importantly – one author whose poetic subject was ostentatiously female. Claudia Pazos Alonso states that Florbela’s literary fame and subsequent incorporation into the canon is made, at first, through the negation of the specificity of her feminine experience, since, by definition, according to this critic, poetesses were not seen as capable of creating “real” poetry. ...one should not forget that Florbela’s notoriety and her subsequent incorporation into the canon happens, in an initial stage, after her death, through the negation of the specificity of her feminine experience, because by definition poetesses were not capable of producing authentic poetry (Alonso, 1997: 191) [. . . é bom não esquecermos que a projecção de Florbela e a sua subsequente incorporação no cânone se fez num primeiro tempo a seguir à sua morte à custa da negação da especificidade da sua experiência feminina, porque por definição as poetisas não eram susceptíveis de produzir autêntica poesia. ] António Ferro, for example, begins a laudatory note on Florbela by saying that the reader is before a ”poet-poetess”/”poetisa-poeta” and not a mere “poetess” (Qtd.in Alonso, 1997: 190). The fact that she was a poet writing in the twentieth century, resorting to – to a great extent – the poetic conventions normally associated with Romanticism and the XIX century may have contributed to the scarcity of relevant critical attention, even during the second half of the twentieth century. As Joaquim Manuel Magalhães suggested (Magalhães, 1999: 43-55), the advent of our first Modernism, the revolution of Orpheu and the miracle of Fernando Pessoa – a movement and an author whom Florbela Espanca may never have heard about -- caused ensuing critics to be unfairly dismissive about authors whose literary discourses lacked apparent modernist dimensions; about authors whose works did not openly manifest the famous modernist gap between empirical and literary subject, and, for these reasons, appeared to these critics to be, somewhat, “anachronistic”. Regardless of how we interpret the trajectory of Florbela’s critical reception, Anna Klobucka adds that Florbela’s femininity is at the center of the myth that she became, and at the center of Florbela’s reception during the second half of the twentieth century (Klobucka, 1993: 45). In this paper, following the recent debate on ‘gender studies’ and resorting to insights from the fields of sociology, among other social sciences – I will attempt to study the ways in which the notions of the feminine and of the poet are manifested in her poetry as myths. I will also devote some attention to how the poet subverts the very myths that she appears to represent, replicate or promote. My paper has four subdivisions titled “Love and Female Sexuality”, “Woman-poet”, “Portugal”, “Genealogy”. 2. Love and Female Sexuality Florbela Espanca is, nowadays, the object of abundant critical inquiry both on the part of feminist critics and on the part of critics who find relevance in the gendered dimension of her poetic voice. One of the most striking aspects of her poetic subjectivity is the way female sexuality is represented. In a time when women’s sexuality belonged to the order of the unspeakable, Florbela Espanca – similar to Gilka Machado in the context of Brazilian poetry – expressed female sexuality in ways that seemed too open, graphic or shocking to the readership of the time. Her poetry, naturally, directly or indirectly, reflects the sexual codes of behavior that were expected of women. However, underneath these representations of normative female behaviors, some subversive traces may be found. These subversions are mostly produced, as I see it -- regardless of the intention of the author – through the interaction between a set of texts written at the beginning of the twentieth century and a reader searching for “meaning” at the beginning of the twenty first. In the poetic dialogue between the romantic pair of idealized lovers, the poetic subject is often a sexually inexperienced female – and she is presented as a ‘pure’, virginal being, often associated with the symbolically meaningful white color. This stylized woman – whose sense of self-worth is a direct reflection of how much she meets male expectations and how ‘worthy’ she appears to be of the approving male gaze (as seen in the words “que ele o diga”/ “let him say it”) appears prudishly unaware of her own desires. In “Idílio Rústico” we read: She was the prettiest girl There and ten leagues around If you do not believe me, let him say it That she was the prettiest and the best . . . As the sun slept beyond the mountain And his beloved, beautiful, stood by the fountain His request embarrassed her, made her blush. (Espanca, 2000: 54) [Ela era a mais formosa r******* Ali e nas dez léguas ao redor; Se me não acreditam, que ele o diga Se não era a mais linda e a melhor. Mas o Sol já dormia além do monte… E a namorada linda junto à fonte Corava dum pedido, envergonhada…] Predictably, the male is the one who requests what I would guess to be a kiss, and the woman is the one who blushes at his request, as if she were so naïve as to find his daring invitation entirely unexpected. Irene Vaquinhas shows how modesty in all its variants, including bashfulness was part of the prescriptive norms that society ladies needed to abide by: To the future ladies of society…. the manuals of good manners recommended “modesty”, “timidity”, “bashfulness”, as well as the avoidance of “affectation”, “vain ostentation”, etc (Vaquinhas, 2000: 15) [Às futuras damas de sociedade . . . os manuais de bom-tom aconselhavam a “modéstia, a “timidez”, e o “pudor”, assim como a evitarem a “afectação”, e a “ostentação vaidosa”.] In another poem, which takes place after death, a succession of souls is presented before the reader. Significantly, the souls of Paradise are those of virgin women. As a foil to the idealized souls of virgins, there is the negativity of “Alma de vagabundos” [ “souls of vagabonds” ] (Espanca: 2000, 58): almas de velhas que querem agradar/ De amantes que não cessam de enganar… [ “souls of old ladies who wish to please/ Souls of cheating lovers” ] (Espanca: 2000, 58),” “Almas sem pátria” [ “Souls with no homeland” ] (Espanca, 200: 58), “Almas sem rei, sem fé nem lei!” [ “Souls without a king, faith or law!” ] (Espanca, 2000: 58). Among these lost souls are those of ‘ugly women’ -- who have tragically renounced (or failed to achieve) marriage or the sexual approval of a man: Souls so ugly they were tragic who never believed In kisses or engagements… (Espanca, 2000: 57) [Almas trágicas de feias Que nunca acreditaram Em beijos e noivados…] (Espanca, 2000: 57) In the following excerpts we find an example of Florbela’s representations of subversive love, which famously evokes (or celebrates) the volubility of a woman’s desire to the extent of being offensive to many of the readers of the time. They are from the poem “Amar!”, from Charneca em Flor, whose verses – regardless of the original intention of the poet – seem to violently denounce the patriarchal order that dominated Portugal at the time: [I want to love, to love mindlessly! To love for the sake of loving: Here…. There… This one here, the one over there, and everyone… … Whomever says that love lasts a lifetime Must be lying! ] (Espanca, 2000: 322) [Eu quero amar, amar perdidamente! Amar só por amar: Aqui…. além… Mais Este e Aquele, o outro e toda a gente… . . . Quem disser que se pode amar alguém Durante a vida inteira é porque mente!] In a letter to Julia Alves, her frequent confidant, Florbela Espanca writes: Marriage is always brutal, as possession is always brutal, always!... Only for those women who are more animal than spiritual is marriage not a disappointment. And there is not a single man, regardless of how superior he is, who understands this revolt of mine and who is capable of forgiving it. (Qtd. in Bessa-Luís, 1979: 152) [O casamento é brutal, como a posse é sempre brutal, sempre!. . . Só para as mulheres, as tais mulheres mais animais que espirituais, é que o casamento não é uma desilusão de sempre... E não há homem, por superior que seja, que compreenda esta revolta e a desculpe!] As we saw in the previous verses and in the letter excerpt, Florbela Espanca questions what was then believed to be the unquestionable, immutable reality of the nature of women and is now considered to be a myth or a social construction: that of a fragile, passive creature, impressionable, prone to illness, emotional instability, whose men in their family, particularly the husbands (as advises the Positivist discourse of Oliveira Martins commenting on Maria Amália Vaz de Carvalho’s Cartas a Luísa) shall become the doctors whose care and protection will help their wives face the difficulties of life. Women – and men – are then expected to accept these and other epoch-specific rules and codes of patriarchy as timeless dogma, particularly in what concerns marriage and the female’s search for the ideal male partner, which is a recurrent topos in Florbela’s work. These sets of rules contrast with the author’s own emotional, personal (‘autobiographical’, some may say) rendering of what we now view as subversive feminine identity in the way it views and interprets patriarchal institutions. In other words, she did not blindly follow patriarchal mandates in her personal life, although in her poetry she celebrates some of what were believed to be patriarchy’s unquestionable norms (the definition of marriage, to give one example). In her poetry, she also appears to lament or express the impossibility of fulfilling others (the inherent unnaturalness and perversity of marriage, to provide another example). Isabel Allegro de Magalhães comments on some of these female and sexual subversions (Magalhães. 1994: 220) by noting that Florbela goes against a topos that is quite common in classical poetry and in almost all love poetry: …in almost all love poetry, throughout the centuries, inconstance characterizes the amorous behavior of males. On the other hand, women’s desire is, in general, one of permanence in love, one of duration until eternity, the possibility/impossibility of love until death of the great passions of all time. (Magalhães, 1997: 220-221) [. . . em quase toda a poesia de amor ao longo dos séculos, a inconstância é apanágio do comportamento amoroso dos homens. Pelo contrário, o desejo expresso pelas mulheres é, em geral, o de uma permanência no amor, o da sua duração até à eternidade, a possibilidade/impossibilidade do amor até à morte das grandes paixões de todos os tempos.] Florbela Espanca’s romantically unstable persona clearly inverts these – and other -- sexual codes of her time. An additional subversive reading of these myths of romantic love is found in a famous poem titled “Ambiciosa”, included in Charneca em Flor The sonnet closes with the following verses: “O amor dum homem? – Terra tão pisada!/ Gota de chuva ao vento baloiçada…/ Um homem? — Quando eu sonho o amor dum deus!”/ (Espanca, 1997: 324). [”The love of a man? – What sterile land!/ Windswept drop of rain…/ A man? – When I ache for the love of a god”] While, apparently, primarily confessing that she craves the love of a God (already a blasphemous enough statement since it implies the existence of more than one God) she is, in fact, rejecting the codes of conventional love, which is an iconoclastic act that questions both religious and patriarchal values. 3. The woman-poet The concept of the poet – and its mythologies – assumes particularly productive forms in Florbela Espanca. As it is well known, there were few women poets in Florbela’s lifetime, at the beginning of the twentieth century: the ones that existed, however, were dismissed by the literary establishment as minor poets who produced the literary equivalent of harmless, recreational embroideries. These women were often criticized (in the particularly sexist Portuguese society of the time) for not devoting their time to more gender-appropriate activities. Ramalho Ortigão issued a particularly virulent remark when he mentioned that the growing number of women poets in Portugal at the time – more than hurting Portuguese poetry – was damaging the culinary arts. He famously finishes his piece by requesting, as if shouting an order to a restaurant waiter: “more soup and less poetry.“ [“mais caldo e menos versos”] It was in this hostile context that Florbela began to publish poetry on the venues which were the only ones available to the women of the time: the pages of the so-called ‘ladies magazines’. She struggled with her own relationship with the challenge of being both a woman and a poet. Sometimes, a conventional gender-appropriate disposition predominates and Florbela’s extreme modesty and insecurity surface. Other times, possibly ironic, subversive remarks are produced: ”These things we do cannot possibly be poems!” [“São lá versos isso que fazemos” ] (Qtd. in Dal Farra, 1994: 99) As she says in a letter to her friend and confidant, Julia Alves. She famously lamented the fact that women poets are limited to the role of “poets by instinct” (Qtd. in Dal Farra, 1994: 99), the only alternative available to those who did not merit as thorough an education as men did. This dramatic self-exclusion from the circle of poets should be interpreted with a certain degree of suspicion; she is actually, simultaneously, fulfilling and challenging patriarchy’s directives: women cannot possibly be good poets, as some of her verses suggest; however, women were not given the necessary conditions to become good poets, as her work, sometimes, suggests. It is well known that poetry was viewed (and it still is, to a certain extent) as the ultimate realm of the male writer. Virginia Wolf used to say that one is either a real woman and a second rate poet, or a real poet and a second rate woman. The difficulties presented to women poets were historically viewed as particularly insurmountable: . . . the lyric poet must be continually aware of herself from the inside, as a subject, a speaker: she must be, that is, assertive authoritative, radiant with powerful feelings while at the same time absorbed in her own consciousness – and hence, by definition, profoundly “unwomanly”, even freakish. For the woman poet, in other words, the contradictions between her vocation and her gender might well become insupportable, impelling her to deny one or the other, even (as in the case of ‘Judith Shakespeare’) driving her to suicide. (Gilbert, 1979: xxii.) The myth of the genius, and of his painful exceptionality -- which is a clearly masculine category, inseparable from the myth of the poet according to Romantic codes -- is very relevant in Florbela’s work, for obvious reasons. If being accepted as a poet by Portuguese patriarchy is already quite unlikely, being accepted as an exceptional female poet is even more improbable. Solitary exceptionality is precisely one of Florbela’s most frequently revisited myths, which problematizes her relationship with Modernism, Romanticism, and with her own gender: “Numerous works by Romanticism’s literary fathers describe the Poet’s role and explore its double nature, both his feminine effusiveness and his masculine exceptionality. (Shultz, 1999: 30)” I began this presentation by saying that in Portugal the poet is -- whether male of female -- a mythologized entity. It is as if Portugal’s poets – even some that would qualify as Modernist or Postmodernist – did not quite separate themselves from the Romantic myth of exceptionality (Gusmão, 1999: 153-175). In my opinion, this is what poets apparently as dissimilar as Pessoa, José Régio, Herberto Helder and Adília Lopes may have in common. These are poets whose work dramatically announces (and denounces) its own glorious opportunity, originality, necessity – even when it proclaims that it has fallen short of meeting this very goal. The following are verses about pride and poetic ego – which are not incompatible with a sense of unavoidable doom and failure. This extreme poetic ambition – and sense of literary, existential damnation -- is suggested by the epithets that Florbela either selected herself or were assigned to her by others: Princesa Desalento Soror Saudade, Maria das Quimeras. The world hates me because No one has wings like I do! Because God Made me a Princess among townspeople In a tower of pride or hatred! Because I am Myself and because I am Someone! (Espanca, 2000: 300) [O mundo quer-me mal porque ninguém Tem asas como eu tenho! Porque Deus Me fez nascer Princesa entre plebeus Numa torre de orgulho ou de desdém! Porque Eu sou Eu e porque Eu sou Alguém!] (Espanca, 2000: 300) On a poem significantly titled “O meu orgulho” (Espanca, 2000: 266) she states: “I feel that I am worth more, the poorer I am:/ There is also pride in being alone/ And it is also noble to possess nothing!” [“Sinto que valho mais, mais pobrezinha:/ Que também é orgulho ser sozinha/ E também é nobreza não ter nada!”] (Espanca, 2000: 266) Which reminds me of Álvaro de Campos’s proud proclamation of ontological emptiness in Tabacaria “Não sou nada!” [“I am nothing!] Right before he confesses that, regardless of his previous declaration, he harbors all the ambitions in the world: “À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo/” [Besides that, I have in me all the dreams in the world”]. Similarly, Florbela Espanca expresses her intense desire of becoming “o Poeta Eleito” or the ‘Chosen poet’. By the end of the poem, however, she states that she will never amount to anything. Naturally, this impossibility of becoming a real – or an exceptional – poet, may metaphorically refer to the gender specific and period specific obstacles encountered by women poets. The extreme, quasi-Faustian nature of her ambition (to become an all knowing poetess, no less) does suggest – more than an extreme, subjective ambition -- an equally boundless, genderic frustration: I dream that I am the chosen Poetess The one who says all and knows everything, The one who possesses pure and perfect inspiration, Who gathers, in one verse, the universe! When my aspirations rise to the sky, When my highest thoughts take flight I wake up from my dreams… And I am nothing!... (Espanca, 2000: 212) [Sonho que sou a Poetisa eleita, Aquela que diz tudo e tudo sabe, Que tem a inspiração pura e perfeita, Que reúne num verso a imensidade! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quando mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho..E não sou nada!...] 4. Portugal The relationship of Florbela Espanca with Portugal and the myths of nationhood is an extremely important one, although it constitutes a less studied aspect of her work. It is known that Portugal entered a political and economic crisis in 1870, worsened by the British Ultimatum of 1890, which gradually progressed and assumed new forms with the advent of the first Republic. These difficult times were the times in which Florbela lived. A period when poets were conveniently called upon, evoked, repackaged and re-promoted as symbols (or myths) of nationhood – i.e. Camões – and called upon to regenerate national pride. According to the literature of the time, Portugal and Great-Britain were symbolically viewed as two contrasting women: Eve and Mary, angel and demon. While Portugal is the sweet motherland, the mother of all Portuguese. . . Great-Britain is the antithesis: the “a velha e debochada prostituta” [“the old and debauched prostitute”], the “império lascivo” [‘lascivious empire’] in the words of, among others, Guerra Junqueiro (Vaquinhas, 2000: 39-40). Another of such mythologies of the feminine promoted the association between women and the regeneration of the nation. At the time, Positivist thought in Portugal viewed the family as a miniaturized nation and the role of the woman in the education of the family acquired a new importance. Women – in a sense – “improved” their standing within the limitations of a worldview which mandatorily imprisoned them in the domestic realm and in the role of mothers. Motherhood is the ultimate factor that grants women their identity, their importance in society. If one is not a mother – as Florbela Espanca – a sense of (patriotic, existential) worthlessness is unavoidable. In the poem “To the mothers of Portugal” [“Às Mães de Portugal”], we may read: Curb your sorrows, hide your pains! Far, in the ruthless Wars Your sons defend, triumphant, Our beautiful land! (Espanca, 2000: 143) [Calai as vossas mágoas, vossas dores! Longe na crua Guerra Vossos filhos defendem, vencedores, A nossa linda terra!] This convocation to war and to the patriotic defense of the homeland is, surprisingly, associated with women. In the poem “À Guerra”/”To War”, the idealized soldier is strengthened by the heroism of the women of Portugal and also, interestingly, by the sublimity of its poets. The verse “You carry the souls of women in your heroic bosom!” [“Levas no heróico seio a alma das mulheres”] (Espanca, 2000:155) Is obviously ambiguous. Are male soldiers more remarkable and brave because they are strengthened by the memory of the women they left at home? Or does the soldiers’ courage reside in their woman-like souls? Regardless of the way these verses are interpreted, the importance of women appear to be quite obvious in this poem and, most importantly, it seems to go beyond the stereotypical male-female dichotomy that I mentioned before. Interestingly, the souls of the poets of Portugal pose also an inspirational quality when they rise to accompany the soldiers in battle: ”And the souls of your poets rise with you” E ergue-se contigo a alma dos teus vates (Espanca, 2000: 155)…
Adicionado por Lustato Tenterrara para Tributo a FlorBela Espanca ao 21:19 em 15 março 2009
Blog Post: Veja aqui, como ganhar dinheiro na web

Adicionado por Lustato Tenterrara ao 12:47 em 29 março 2011
Blog Post: Meu Mural de Hoje, no Recanto das Letras: Censurado; Apagado; Deletado


Mais de 540,000 mil Visitantes Únicos em 1,245 mil dias:
Visite-nos e saiba o porquê. [E mais de 2 Gigabytes de tráfego…
Adicionado por Lustato Tenterrara ao 16:34 em 21 outubro 2010


Comentário em: Topic 'Mural do Recanto 10-jun 16:49 a 11-jun 18:10hs'
10/06/10 17:57 - Cabrial Cardoso Convido a todos os ilustres poetas e leitores do Recanto a lerem minhas mais recentes  publicações: Psico-Frutos (Rock Psicodélico): recantodasletras.uol.com.br/letras/2262907 Pote Pra Lá!: recantodasletras.uol.com.br/poesias/2245183 Vitrine Caseira: recantodasletras.uol.com.br/letras/2244502 "Princípio": recantodasletras.uol.com.br/poesiassurrealistas/2243160 W.C.: recantodasletras.uol.com.br/poesias/2242995 Vitrais:  recantodasletras.uol.com.br/prosapoetica/2240966 Evolução: recantodasletras.uol.com.br/frases/2240498 Felizes: recantodasletras.uol.com.br/frases/2238901 Lembrai-vos: recantodasletras.uol.com.br/frases/2238648 Épico: recantodasletras.uol.com.br/poesiassurrealistas/2237212 Sintam-se avontade para comentar, criticar.   Abraços.   Gabriel "Cabrial" Novais Cardoso               10/06/10 17:51 - William Nunes Boa tarde recantistas!!! Nova crônica na escrivaninha! Espero a visita de vocês! recantodasletras.uol.com.br/cronicas/2302280 10/06/10 17:17 - Verônica Muhan Obriigada a todos que visitaram e comentaram em minha pagiina, obrigada mesmo... \o/ Taarde Boooa a todos ;* 10/06/10 16:53 - Adroaldo Bauer Vazio foto e poema de adroaldo bauer   A via desnudada Desatenta e visada Vista assim muda Estonteante amada Sem vestimenta Alguma pimenta Temperada alma Após caíamos ambos Em nós, ela bemol em si Eu entrelaçado em mim, Daí que fui célere Ao berço e vi No nascedouro, ali O imorredouro vazio de ti   http://retornoimperfeito.blogspot.com 10/06/10 16:49 - Ubirajara Cruz Amigos,recantistas a propaganda sendo a alma do negocio,estou convidando-os,para meu novo texto,REBOLATION PARAENSE,leiam,deixem suas opiniões,um grande abraço..bira Esta página é atualizada a cada 15 minutos Última atualização em 11/06/10 18:26Mais Alguns Murais de nossos amigos recantistas, que publicaram enquanto nós montávamos a re-publicação acima:11/06/10 19:28 - Mary Helen                       “REVELAÇÕES ATRAVÉS   DO   SONHO.”                              MEU   SONHO,  E A REALIDADE.       EU ME ENCONTRAVA SENTADA EM UMA  PEDRA, QUE FICAVA NA BORDA DE UM JARDIM. PEGUEI UMA VARINHA E COMECEI A RODOPIAR COM ELA NA TERRA, FAZENDO UM BURACO;  VI QUANDO DESTE BURACO ,SAIU UMA NUVEM BRANCA E APARECEU UM QUADRO COM ALGUNS NÚMEROS E LOGO A SEGUIR, VI UM HOMENZINHO PARECIDO COM UM ANÃO, MAS TINHA O ROSTO COM BOCHECHAS AVANTAJADAS E NÃO PARAVA NO LUGAR, ME FAZENDO VIRAR A CABEÇA PARA ACOMPANHAR OS SEUS MOVIMENTOS.      EU PERUNTEI: - QUEM É VOCÊ? _SOU UM DUENDE. VOCÊ NÃO QUER ANOTAR ESSES NÚMEROS?  _ NÃO ENTENDI COMO ELE ASDVINHOU O MEU PENSAMENTO; EU PENSAVA EM ANOTAR OS NÚMEROS PARA JOGAR, E APÓS LELE ME FAZER ESTA PERGUNTA, EU EXCLAMEI: _ DINHEIRO NÃO TRAS FELICIDADE! ELE RESPONDEU: _MAS AJUDA.  NOSSA ESTOU FELIZ DE VOC~E ESCRITOR (A), E ESTÁ LENDO ESTE MEU TEXTO, MAS VOU FICAR MAIS FELIZ, SE VOCÊ ENTRAR NO MEU SITE, CONTINUAR A LEITURA E OPINAR.        OBRIGADA.        WWW.MARIAHELENA.PROSAEVERSO.NET 11/06/10 19:13 - h e li z i o L o p e s ________________________________________________ sobre a relação, recantodasletras.uol.com.br/poesias/2314074 confissão, uma espécie de tabu, recantodasletras.uol.com.br/poesias/2313800   quando nao se sabe ao certo as palavras; recantodasletras.uol.com.br/poesias/2311224    _________________________________h e li z i o  L o p e s 11/06/10 18:56 - Anete Monteiro VOCÊ ESTÁ EM MIM Poema a quatro mãos ( Anete Monteiro & Felipe Milianos Chacal) Este poema também em vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=OjwqNEoq738 11/06/10 18:50 - fchagass   ORKUT  E  COISAS  DA  HORA  na  sociedade  pós – superficial ...     Estávamos no Brasil dos anos oitenta, com possibilidades reais de trazer Miguel Arraes de Alencar, ao Palácio do Campo das Princesas – Aconteceu até um comício aqui em nossa cidade, com direito a ver a beleza e ouvir Fafá de Belém, cantando e encantando o eleitorado que se deixava embalar (também) pelo slogan de campanha “To Voltando”...     Na condição de representante sindical da categoria, ouvia muito “Pra Não Dizer Que Não Falei de Flores”, que com o passar do tempo foi ficando fora de contexto na boca e luta dos amarelos que até então eram contra o movimento sindical... Não sei se a canção do Vandré, tinha nada a ver com a nova realidade, quando deveríamos construir uma sociedade democrática, no da selva de pedra e feras, no mundo capitalista...     Lendo o livro Tempo de Arraes, achei o máximo àquela idéia, segundo a qual, nenhum soldado vence a batalha com a barriga vazia...   Figueiredo prometia prender e arrebentar... A Aliança que elegeu Tancredo (no Colégio Eleitoral) começava a colocar as unhas de fora... E muitos podres enxovalhavam as páginas dos jornais,m revistas e imagens da tevê...   Começava a ser coisa do passado o Brasil: Ame–o ou Deixe–o – Muleta da “dita dura “, sem moldura, contra os opositores do regime, nos anos setenta... Talvez, do ponto de vista político e social eu era inocente e não sabia... Massa de manobra, conforme o petê dos treze pontos que não tolerava ouvir falar em pagas a dívida externa... Acho que mudaram de idéia pra fazer uma dívida com a cara deles...     Fui militante, não nego, inclusive participava de comícios e fiz alguns discursos criticando o peleguismo e, em favor da sociedade do proletariado... Inclusive, fui contra aquele episódio quando e exército vermelho sufocou a relelião da classe estudantil na Praça da paz Celestial (em Pequim) e, fui obrigado a ouvir um colega dizendo que a China seria a potencia do terceiro milênio e, concluí que democracia aqui, desde que não tivesse nada a ver com luta por democracia nos países vermelhos...       Olha: Parece que o papo em questão não teria nada a ver com o título da crônica, sobre ORKUT E COISAS DA HORA na sociedade pós–superficial... MAS tem a ver sim...     Entendemos que, estamos em plena crise de identidade e crise intelectual (não sabemos quem somos, nem sabemos pensar)... Queremos a comunicação sem fronteiras (e sem limites) e, em relação aos riscos... AH!!! Riscos a gente pensa depois, se necessário... Enquanto não vierem os problemas, vamos pintar e bordar por aí...     Em meu achômetro, ORKUT ainda é um MEIO DE COMUNICAÇÃO RECENTE – tão logo apareceu uma novidade em relação a ATUALIZAÇÃO dos RECADOS que precisa ser melhor analisada e  DEVE SER MELHOR AVALIADA... Logo apareceu muita gente colocando a boca no trombone, no sentido que ninguém pode ter acesso aos seus recados...   Concordo, em parte... E lembrei de uma conhecida... Falei sobre o Recanto das Letras; Logo no início da caminhada – Deve ter sido no finalzinho de 2007 e, ela se mostrou receosa de que alguém se apropriasse de seus textos...   Ou seja, num extremo, somos cautelosos demais; No outro extremo, desleixados demais... Esse é um sinal inconfundível da geração da hora, do tempo da Internet (diferente de tempos da brilhantina) e um sintoma muito grave da geração pós–superficial...     Todo extremo é perigoso e, precisamos de um ponto de equilíbrio... 11/06/10 18:31 - Rubens Jardim O poder da mídia em mobilizar a vida social, em pautar os assuntos das famílias e dos trabalhadores é cada vez maior e mais assustador. Para citar apenas alguns exemplos: o capítulo das diretas-já, a morte de Tancredo Neves e do piloto Airton Senna –e mais recentemente o julgamento do caso Nardoni-Jatobá. Isso sem falar das enchentes que não são nem um problema e nem uma prioridade. O importante  é tirar os postes da Oscar Freire, a rua das grifes,  refazer as calçadas da Avenida Paulista, enquanto a periferia, e até áreas menos plebéias, não têm esgoto e galerias de águas pluviais.Se quiser ler meus comentários sobre uma série de falsificações, clique no link http://www.rubensjardim.com/blog.php?idb=22707   Agradeço visita, leitura e qualquer manifestação. Abraço fraterno Rubens jardimwww.rubensjardim.com      11/06/10 18:25 - Joaquim Moncks (A propósito dos cinco anos de Recanto das Letras - 09Jun2010) A NAJA DO DESLUMBRAMENTO Joaquim Moncks Irmãos em Arte! Com muita alegria, deposito neste espaço um pouco do que despeja o coração, vertido nos neurônios, para chegar à compreensão. Espero que esteja a contribuir com o espírito criativo e original de quem administra esta vitrina de manequins falantes. Contem comigo para a instigação dos estimados confrades. Não sei cantar e nem tocar nenhum instrumento. O meu ofício só tem a palavra como ferramenta. Porém, a música dos vocábulos arpeja o próprio ritmo. Ainda não sei, aos 63 anos, se a Poesia me escolheu, porém penso, em minha desbragada possessão do verbo, que algo se poderá salvar. Ninguém melhor do que vocês para me redimir da incúria ou do erro. Por negligência para com a linguagem, por certo não será. O encantamento é a naja dos deslumbrados e eu tenho medo de víboras... Segue, com muito carinho, o meu fraterno abraço de agradecimento aos administradores deste site e aos estimados recantistas. Abraços do poetinha Joaquim Moncks. 11/06/10 18:10 - Lustato Tenterrara Estamos republicando o Mural do Recanto, na Comunidade Recanto das Letras, na Rede Brasil Poesias. Veja este:Mural 07jun2010 18:10 a 08jun2010 19:10 Mais tarde republicaremos o de hoje. 08/06/10 16:48 - Lustato Tenterrara Mais fotopoemas? Clique em http://bit.ly/fotopoemas   Visite http://bit.ly/nossarede Brasil Poesias …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 20:44 em 11 junho 2010
Topic: Site da Escritora Ibernise: Paixão Arde, Desejo Trai
entiria abandonada...Neste espelho que em mim te vejoMais me aproximo da sobriedade...Se a cada dia, mais fiança almejoMais me basta a nossa amizade.Paixão... Só sei que te admiro tanto,Numa entrega de amor e saudadePois se sofro nesta presença distante,Me farto confiando nessa verdade...IberniseIndiara (Goiás/Brasil), 23.08.2009.Poema inédito nesta data.Núcleo Temático Romântico.Direitos autorais reservados/Lei n. 9.610 de 19.02.1998.Tela de Leonid Fremov. Ibernise Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor. Publicado em 23/08/2009 às 18h47 Música: perfume de luar - Chiclete com Ban Gostou?Quer ler mais?Acesse nos links-títulos adiante, diretamente no site da escritora Ibernise...Boa Leitura...Beijo.Abraço.kiss.hugLustato TenterraraSite da Escritora IbernisePaixão Arde, Desejo Trai Mostra de Poemas Comentados de Ibernise Capa Meu Diário Textos Áudios/Voz E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links Textos :: Todos Cartas (2) Cirandas (2) Contos (6) Cordel (6) Crônicas (27) Duetos (15) Ensaios (31) Entrevistas (1) Homenagens (16) Humor (2) Indrisos (4) Letras de Música (3) Mensagens (1) NATAL (13) Poesias (662) Poetrix (1) Prosa Poética (22) Rondel (88) Sonetos (65) Teoria Literária (6) Textos Eróticos (9) Trovas (13) Últimos Textos Mais Lidos Título Categoria Data Leituras GEOGRAFIA DA SOLIDÃO Rondel 26/08/09 7 CONFIANÇA PERFEITA Poesias > Amizade 23/08/09 71 UM BEIJO NUM ABRAÇO Rondel 23/08/09 12 AMOR BELO E REAL Poesias > Amizade 21/08/09 71 CATIVA, A RAZÃO Poesias > Loucura 20/08/09 12 AMOR SEM CARÊNCIA (Glosas) Poesias > Amor 18/08/09 41 ENSAIO ADOLESCENTE... (Parte I) Crônicas 15/08/09 21 DOCE UTOPIA DO VERSEJAR Duetos 15/08/09 6 OS TRÊS DESEJOS Prosa Poética 14/08/09 11 TERRESTRES JÁ NÃO SOMOS Duetos 13/08/09 7 É NOITE DO MEU AMOR Poesias > Amor 10/08/09 92 ROMANCE DA INOCÊNCIA SENTIDA Contos > Minimalistas 08/08/09 19 ALGEMAS DA PAIXÃO Textos Eróticos > Poesias 08/08/09 39 JÁ NÃO SEI MAIS CAMINHAR Poesias > Amor 07/08/09 55 PELO QUE NADA TENS PEQUENO HOMEM (Dueto RoqueSilveira feat Ibernise) Duetos 06/08/09 7 ALGUNS PASSOS DA HUMANIDADE Ensaios 04/08/09 14 SEMPRE MAIS... Poesias > Amor 01/08/09 64 É BEM VERDADE Rondel 31/07/09 15 TERR_ABRIGA (Glosas) Poesias > Social 29/07/09 5 DESPERTAR Poesias > Amor 28/07/09 26 Página 1 de 50 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»] …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Eu Tenho Domínio Próprio na Web ao 15:56 em 27 agosto 2009
Comentário em: Topic 'Mural Recanto 20101103 03 nov 2010 Meu Mural e de alguns outros Recantistas'
                                                                                                           O Beijo da Menina                __________________________________________________________                                                                              Seu AMor Meu Alimento     No Toque da Sua Boca              Amor Eterno               __________________________________________________________                                                                             Olhos Vermelhos       Lágrimas Na Chuva               Gotas Na Solidão                                                              Quereria Saber Não Saber             Pândega                       Estonteante              __________________________________________________________                                                                                                                                                                                     O Amor na janela      Quando O Sol Se Pôr         Meu Amor Que lhe Baste                                                                                       Detalhes de Minha Amada   Deserto da Mente   Na Companhia de Seu Amor                                                                                       Momento de Amar ( Uma união de pura poesia)                                                                                Rosa dos Ventos              M E D O              O Uivo Da Loba                                                                 E-Book   Para uma leitura agradável no sofá.                    Drama, Amor. Um Homem                                     E as conseqüências                                           Da Vida.                                                  O Inferno de Rogério                                                                                                            Clique Na Imagem 03/11/10 13:40 - Regina Costa À criatura que atende pelo nome de MALGAXE   Nesta tarde, o senhor publicou o texto intitulado: “O Câncer da Dilma”. (É SÓ CLICAR PARA LER) Fui, educada e respeitosamente, a sua escrivaninha fazer um comentário. Esse:     Boa tarde. Não sei se a Dilma está curada. Imagino e espero q sim por se tratar de um linfoma q é altamente curável e raramente se desdobra em metástases. Eu tive linfoma de Hodgkin há 3 anos atrás e estou curada. Sei q o da Dilma foi do tipo NH, mas é altamente curável tbm. Vale uma curiosidade, você sabia que o Linfoma de Hodgkin foi o primeiro tumor neoplásico [câncer] a ser encontrada a cura? Isso aconteceu na década de 60!!! E que tbm ele acomete preferencialmente crianças e jovens? Acho importante q se diga e ponha por terra todo o ESTIGMA que essa doença faz sofrer tanto o corpo e a alma, por isso, resolvi postar aqui um resuminho sobre a doença. Acredito q seja de utilidade pública... Ainda mais alguem acometido por ela venha aqui e leia a sua frase possa se sentir fragilizado, o q pode diminuir a imunidade oq seria péssimo p quem faz quimios e radioterapias... ///// A Doença, ou Linfoma de Hodgkin, é uma forma de câncer que se origina nos linfonodos (gânglios) do sistema linfático, um conjunto composto por órgãos, tecidos que produzem células responsáveis pela imunidade e vasos que conduzem estas células através do corpo. Esta doença pode ocorrer em qualquer faixa etária; no entanto, é mais comum na idade adulta jovem, dos 15 aos 40 anos, atingindo maior freqüência entre 25 a 30 anos. A Doença de Hodgkin surge quando um linfócito (mais freqüentemente um linfócito B) se transforma de uma célula normal em uma célula maligna, capaz de crescer descontroladamente e disseminar-se. A célula maligna começa a produzir, nos linfonodos, cópias idênticas (também chamadas de clones). Com o passar do tempo, estas células malignas podem se disseminar para tecidos adjacentes, e, se não tratadas, podem atingir outras partes do corpo. Na Doença de Hodgkin, os tumores disseminam-se de um grupo de linfonodos para outros grupos de linfonodos através dos vasos linfáticos. O local mais comum de envolvimento é o tórax, região também denominada mediastino. A maioria dos pacientes com Doença de Hodgkin pode ser curada com tratamento atual.// Regina Costa     O que motivou meu comentário foi a preocupação de alguém que esteja passando por essa fase penosa da vida fosse o ler... Já falei sobre esse meu trechinho de vida nesse texto, é só clicar no título: Se Toque... O senhor, em retribuição, me enviou esse conteúdo pelo contato. Não só estou publicando, como tbm, vou denunciá-lo à administração do Recanto das Letras.     Assunto: )o( Nome: MALGAXE E-mail: malgaxe1@yahoo.com.br IP: 201.33.232.2   Mensagem: Não me admira que alguém esteja querendo lhe prejudicar, pois nunca vi a senhora vir em minha escrivaninha me elogiar, alias, nunca vi vir dizer um \"A\" a respeito de minhas poesias, cronicas, artigos, etc. Em nenhum dos mais de 1200 textos não tive nem o desprazer de vê-la por aqui. Ah! Mil desculpas tive sim, hoje, agora, fiz diversos textos tentando fazer as pessoas enchergarem o óbvio e áí vem a senhora, despolitizada, e contradiz algo que não fui eu que escrevi, transcrevi o texto para o RL, não me ensine a fazer nada porque pelo que conta a respeito de sua vida aí no seu perfil, há muitos que pensam como eu em relação a senhora: É melhor que fique com a boca fechada, pra não falar Merrrrrr. Estarei deletando este monte de besteiras que a senhora perdeu tempo em digitar e também bloquear sua péssima contribuição que empobrece a escrivaninha de qualquer analfabeto.       Em, 2 de novembro, recebi email do Recanto, em nome de Josi, me comunicando que a 'peçonha' em questão receberia uma notificação...   …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 8:17 em 4 novembro 2010
Topic: Tania Montandon no Simplicíssimo
s trevas uma odisséia Pântanos de mundos mil Visões ignotas, estagnantes Tempestades de estímulos Banhando da vida o rio   Bruscas, ternas, bruxas, serras Fervor vindo do fundo do espírito Suplicando que se faça jus à incerta andança   Caminho, caminho, caminho Frestas de liberdade, angústia, responsabilidade. Igualdade, onde escondes?   Caminhante, no caminho, caminha Tantos porvires, nem tantos de esperança Demagogia dos governantes assaltando geladeiras, saúde, moradia, conhecimentos... Tomam também viagens de seu povo, usam passagens da férias de milhares Para o luxo sem brilho de meras vaidades, vontades selvagens. (Tania Montandon)   *Interessante: a palavra museu remete a Mnemosis, deusa da memória, a minha ainda funcionando...  (Tania Montandon)       Muito lindo poema social, que remete num grito que a população tome conhecimento dessa farra (que até já as tem), que não pode continuar. Prisão aos colarinhos brancos.   Se bem que, se eu fosse Juiz ia soltar 2/3 dos presos, custodiados, porque a lei manda prender, mas tabém manda soltar, vez que ninguém pode receber tratamento degradante, ou cruel, ou torturas; E é somente isso o que faz o nosso sistema prisional brasileiro. Devem cumprir a LEP - Lei de Execuções Penais, pois o Sistema Prisional desrespeita a lei que o regula, como se fosse a coisa mais banal do mundo, e ainda escancara o art.5.º da Constituição, coloca-o no chão, e o usa como carpete.   Desculpe fugir um pouco ao tema. É! São as minhas disgressões regulares em todos os meus textos.  (Lustato Tenterrara) Adicione este artigo à sua Rede Social favorita RSS Comentários (14)     |Seu IP:187.89.144.xxx |26-01-2011 13:25:14 Vivinho   - Oi Tuka Belo texto, belo título!E elegantemente ilustrados!Queria ter uma irmã assim.       |Seu IP:200.111.127.xxx |26-01-2011 13:37:55 Leo Lobos     - saludos desde Santiago de Chile Un abrazo desde Santiago de Chile, un agrado leer-mirar su espacio.Saludos,Leo Lobos 1 0 Citar   |Seu IP:201.82.132.xxx |26-01-2011 13:59:39 Marcelo Pedrosa gostei da pintura, não entendi a imagem vermelha que o cara vê.O texto tá elegante realmente       |Seu IP:189.46.252.xxx |26-01-2011 17:04:43  Maria  - Insone Quem vê tua alegria de diaMal suspeita noturna agonia..........................Adorei seus escrito, mas precisam de mais um tempo. Abraço pra vc, Tânia.       |Seu IP:189.51.33.xxx |26-01-2011 20:52:21 chris   - Olá Tania! [color=green]Oi Tania!Gostei muito do texto...Como sempre demonstrando subjetividade e flui naturalmente e se faz entender.Bjs da amiga Chris[/color]     |Seu IP:201.27.152.xxx |27-01-2011 00:00:02  Allana Veronesi Duarte Lembrei-me do filme Tempos Modernos de Charles Chaplin.O poema e a pintura relatam bem a vida moderna : somos alienados, queremos a liberdade e mudanças,mas não temos coragem de mudar hábitos; acatamos revoltados e inertes os absurdos dos governantes,mas como diria a canção, "a nossa indignação é uma mosca sem asas, não ultrapassa a janela denossas casas".Esperança requer ação! A esperança sem feitos é como o pássaro sem céu.Maravilhoso texto, linda tela... Tudo muito leve, delicado e elegante (concordo com os comentáriosanteriores), mas ainda assim, cheio de propósitos.Quanto à sua memória, bem.... Lembra-se da tela de Dali? Persistência da memória? Ela é o nosso elocom o passado. Espero que a sua não se perca nele...Parabéns, Tânia!!!!         |Seu IP:186.92.22.xxx |27-01-2011 00:10:16 Anônimo Parabénes Tania!!! Saludos desde Venezuela. Noris Roberts       |Seu IP:189.13.155.xxx |27-01-2011 10:20:11 Lulute Gostei muito. bjo Lulute       |Seu IP:189.19.64.xxx |27-01-2011 13:48:03 arlete bistocchi Creio que quando falamos de igualdade apenas queremos ser solidários, pois somos todos diferentes. Otexto é maravilhoso e estou amando ver outra arte, pintura, linda. 1 0 Citar |Seu IP:187.127.206.xxx |27-01-2011 13:59:55 Itarcio Devo dizer, que sempre me abstenho de comentar por não compreender toda a grandiosidade de tuaspalavras.Ainda assim, ótimo texto, como todos os seus.       |Seu IP:201.80.82.xxx |27-01-2011 18:02:29 nadja Tania, sempre nos surpreendendo com seus belos escritos e nos fazendo refletir... Abçs           |Registered |28-01-2011 01:39:25 Lustato Tenterrara -   Tânia Forever Social com animal, nas entranhas sociais   Vou transcrever o que disse no meu twitter, agorinha: Civilização?! - Simplicíssimo http://bit.ly/e3ihAD #TaniaMontandon sempre explodindo o que há praser.bjs Princesa   |Registered |28-01-2011 01:57:17 Lustato Tenterrara  - re: Insone Maria Escreveu: Quem vê tua alegria de diaMal suspeita noturna agonia.......................... Incrível esse poema.Procurei na web não localizei a autoria.É tua criação?Se for, coloque sempre após o texto literário o seu nome. Se não for, também, o nome do autor; oudesconheço a autora.Pois assim não procedendo, ficamos feito besta correndo louco na pradaria. (Lustato Tenterrara) 0 0 |Registered |28-01-2011 02:10:01 Lustato Tenterrara  - re: Tempos Modernos - quote de Marcelo Marcelo Pedrosa Escreveu: gostei da pintura, não entendi a imagem vermelha que o cara vê.O texto tá elegante realmente  …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade VIP de Tânia Montandon ao 3:06 em 28 janeiro 2011
Page: Estrelas e Festival Contentamento: Crônica com título Soneto do Maior Amor de Vinícius: Farta Miséria + Fragmento de Imagine de John Lennon em Versão e Tradução de Lustato Tenterrara
Estrelas (Lustato Tenterrara) Bilac, ora direis: Ouvi Estrelas! Ora te digo: Se quiseres entender as Mulheres... Haverás Que entender... As Estrelas! Ora brilhantes, Ora palpitan
Adicionado por Lustato Tenterrara ao 17:44 em 23 agosto 2009
Page: Dói no Coração: Arte em Quatro Atos: Poema sobre criança, bebês, by Lustato Tenterrara
Busca por Poemas de Amor? Clique Aqui Poemas de Amor Lustato AdS :: Publicações no Site do Escritor > Mensagens > Amor > Dói no Coração Dói no Coração &
Adicionado por Lustato Tenterrara ao 18:03 em 25 maio 2010
Comentário em: Topic 'Mural Recanto 20101103 03 nov 2010 Meu Mural e de alguns outros Recantistas'
oemas do Livro Arde e outros textos em Espanhol no blog: www.aun-arde.blogspot.com Poemas, Contos e Declamações  Leia um deles:  Poemas Mal_Ditos  Um poeta em seu reino dos céus  Tem sempre esse inferno particular:  Se cortando na sutileza dos véus  Olha no olho do que há para revelar  Vê claro o que claramente oculto  É o mais escondido dos tesouros.  logo o acusam de estar em surto  ao dançar com a alma dos touros.  Chega de promessas do paraíso  repleto de prazeres artificiais.  Escrevo uma dor ácida e aviso:  sou o menos morto dos mortais!  Vestido com a ousadia nua:  Como flor de lótus nos funerais.  Quero a tinta que a beleza sua  E deitar vivo, aonde a vida jaz.  Julio Almada, Poemas Mal_Ditos  ---------------------------------------------------------------------------   Quer Conhecer o Livro Poemas Mal_Ditos? Envio para qualquer lugar do Brasil sem cobrar a taxa de entrega. Mande um e-mail para : julio.almada@hotmail.com Saiba mais sobre o Livro www.poemas-mal-ditos.blogspot.com     ------------------------------------------------   Um Grande Abraço  Julio                                                            03/11/10 09:06 - Pandim      "Para que um ser passe a ter sua existência no mundo basta produzir, ou produz, ou está morto.      A alma, para viver, precisa de corpo. Você, para existir, precisa mostrar-se, ou será um mero sobrevivente do meio."   Pandim 03/11/10 08:06 - Luís Antônio Matias Soares Leia o CASO DO GLS e se divirta em mais uma aventura   ocorrida nos corredores e salas de audiência do Judiciário Trabalhista de Minas Gerais.                                                O Caso do GLS  I               Como se sabe, GLS é o acrônimo das palavras “gays”, “lésbicas” e “simpatizantes”. No Brasil essa expressão é usada para definir os espaços, locais, produtos e serviços destinados ao público gay e/ou aos seus simpatizantes. Por outro lado, o termo simpatizantes designa os heterossexuais que não se esquivam de conviver com os homossexuais e que se simpatizam com as causas deles e delas.  II   O que eu não sabia até hoje é que pudessem existir outras definições para aquela sigla. O caso é que recentemente deu entrada no balcão da Secretaria da 20ª. Vara do Trabalho de Belo Horizonte um dos sócios da reclamada GLS – Limpeza de Edifícios e Condomínios, o senhor Lourenço Setubal. Continue a leitura no link abaixo: http://recantodasletras.uol.com.br/contos/2592106   **********************************************************************   Leia O CASO DE "JUIZ BRASILEIRO ÀS VEZES É TÃO BONZINHO...!" e se divirta em uma interessante história ocorrida no Judiciário Trabalhista do Estado de Minas Gerais              Compartilhamos recentemente da convivência de um brilhante e competente Juiz do Trabalho que me fez lembrar certo personagem da televisão brasileira. Sua intérprete era a belíssima atriz e modelo norte-americana Kate Lyra, esposa do músico e compositor Carlinhos Lyra.             O programa humorístico do qual ela participava esteve no ar entre os idos de 1976 e 1982 – o conhecidíssimo “O Planeta dos Homens”, e trazia, entre outras, algumas das maiores estrelas do humorismo nacional: Jô Soares, Agildo Ribeiro, Paulo Silvino, Renata Fronzi, Marco Nanini, Marília Pêra, Eliezer Motta e Costinha. Durante o período em que o programa foi apresentado muitos personagens e bordões foram se destacando e se tornando parte do dia a dia de milhares de brasileiros espalhados desde o Monte Caburaí, em Roraima – que verdadeiramente é o ponto mais extremo localizado no Norte do nosso país - ao extremo sul, no município de Chuí. Dentre os personagens daquele show de humor, os mais interessantes eram a Enfermeira alemã e o pai coruja, a Thania (com th, comunicóloga da PUC), o anistiado (Não me comprometa!), o Frei Paulino (interpretado pelo Costinha), o Irmão Carmelo e o Batista (Senão é um casa-separa, casa-separa, casa-separa... e eu não caso!). Além destes, outros bordões falaram diretamente à alma e à memória da nossa gente, como:   - “Perguntar não ofende!”; - “Só contaram para você?!”; - “Tá todo mundo enrolando...? Tá todo mundo enrolando!”; - “Já estão me tratando como gente!”   No entanto, uma das melhores enquetes do programa era mesmo aquela interpretada pela divertida e sensual Kate Lyra. Deliciosamente vestida com roupas curtíssimas que sempre deixavam à mostra as suas belas pernas e o torneado das coxas, era a jovem constantemente assessorada e assediada por algum marmanjo repleto das piores intenções. E ela - por ser estrangeira e não conseguir captar muito bem os códigos da masculinidade latino-americana - ficava sempre sem entender as reais motivações dos rapazes que a rodeavam. Para ela o brasileiro – talvez percebido um tanto à imagem e semelhança do bom selvagem de Rousseau - se achava sempre disposto a ajudar no que quer que fosse. No final da enquete, portanto, ela inevitavelmente agradecia repetindo o mesmo bordão: “brasileiro é tão bonzinho!”     Continue a leitura em: http://recantodasletras.uol.com.br/contos/2584858   ***********************************************************************   Amigos e companheiros literatos,   É com muito orgulho e satisfação que anuncio a publicação em breve do livro novo de “casos” e contos da Justiça do Trabalho.                 O título é:                               NEM TE CONTO:               NOVOS CASOS DA JUSTIÇA DO TRABALHO   Depois de passar um ano reunindo e redigindo novas histórias ocorridas nos corredores e salas de audiência da Justiça do Trabalho do Estado de Minas Gerais - bem como pelo “mundo afora” - venho divulgar a obra.   O livro terá 292 páginas distribuídas em três partes:   1 – Na primeira encontrarão 39 casos e contos jurídicos coletados entre os colegas e amigos do Tribunal;   2 – Na segunda apresento o Diário Poético de uma greve, produzido durante os meses de maio, junho e julho de 2010;   3 – E na última parte reuni alguns dos meus primeiros contos publicados.   Entre os casos jurídicos, destacam-se aqueles ocorridos em muitas das Varas do Trabalho da Capital (na 27ª., 3ª., 5ª. e 20ª. Varas, por exemplo) e em várias cidades do interior de Minas Gerais, como Santa Luzia e Ouro Preto.   Apresento também três interessantes casos acontecidos na Justiça Comum, mas que possuem uma importância verdadeiramente “incomum” nos sentidos ético e moral.   São eles:   - O Caso das Duas Melancias - O Caso de Edna S., a Que ia Ser Mãe - O Caso de Hamilton dos Santos, Brasileiro: Profissão Cidadão.   Os demais casos constantes do livro são os que preenchem o sumário da referida obra e vão citados logo abaixo: 1 - Nem te Conto: Novos Casos da Justiça do Trabalho O Caso da Justa... Aliás, da “Justíssima Causa”! O Caso da Rinha de Galos O Caso da Cueca Vermelha de Tio Firmino O Caso da Frutinha do Macieira O Caso do “Quem, Eu?!” O Caso da Senhora Edna S., a Que ia Ser Mãe O Caso das Vassouras O Caso da Pauta de Audiência Que Sumiu O Caso do “Esqueceram de Mim... e do Gutenberg!”  O Caso da Claustrofobia O Caso da P. Q. P. O Caso da Prole Grande O Caso do Senhor Hamilton dos Santos O Caso das Gafes O Caso de Sua Meretrícia e de Vossa Majestade O Caso do Beethoven e do Mozart O Caso das Duas Melancias O Caso da Capa O Caso da Diretora Que Dançava I Will Survive O Caso dos Discos... Isto é, dos Processos Voadores O Caso dos Trinta Reais O Caso do Perito Hermano Henning O Caso da Testemunha Mentirosa O Caso da Calça Rasgada O Caso de... Opa, Mais Uma de Testemunha! O Caso da Resolução O Caso do Juiz Lorde O Caso do Jogo de Xadrez e do Teatro O Caso do Jegue O Caso do Grito Assombroso O Caso do “Falar Tudo Conforme a Sua Consciência” O Caso da Gravidez do Enéas O Caso das Atas de Audiência no 100 Anos do Galo O Caso da Advogada Que Não Queria Entrar na Vara O Caso da “Vara Errada” O Caso do “Juiz Brasileiro às Vezes é Tão Bonzinho...!” O Caso do Papinha O Caso do GLS O Caso da Petição na Língua do Pê     2 - Diário Poético-Sentimental de Uma Greve: Curiosidades, Emoções e Poesia na Greve do Judiciário Trabalhista   3 - Primeiras Histórias Branca Dias de Chuva A História das Três Irmãs    PARA QUEM SE INTERESSAR EM ADQUIRIR O REFERIDO LIVRO, INFORMO QUE O PREÇO DA OBRA  É               R$14,00 (CATORZE REAIS) + DESPESAS DO  CORREIO.                     E-MAIL PARA PEDIDO DE LIVROS:                       LUISFAFICH@HOTMAIL.COM   Obs.: o livro já foi encaminhado para a gráfica e estará pronto para entrega e remessa em meados do mês de novembro.    Atenciosamente,   Luís Antônio Matias Soares   03/11/10 07:59 - Vasco da Gama Bom dia pessoal , acabei de posta um pénçamento ... mais vim  pra dizer que estou voltandoo .. um abÇ.. pra todos.. …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 8:41 em 4 novembro 2010
Topic: Mural do Recanto das Letras 20101018: uma tarde qualquer de uma qualquer segunda-feira de Outubro
[E mais de 3 Gigabytes de tráfego diário] 16/10/2010 12:21 - shanti um texto de orgulhar qualquer brasileiro pois temos um humano de valor como candidata Dilma graças a Deus! o brasil transborda de esperança e de evolução não podemos para e querer ''boas ideias primitivas'' avante coragem!abrass Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)   -------------------------------------   15/10/2010 14:26 - ericnelson Só tenho a agradecer por escrever a mais pura VERDADE. Esses fanáticos religiosos, direitistas associados por debaixo dos panos ao Serra, deveriam ler o seu artigo.Um abraço. Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)   ------------------------------------   14/10/2010 22:03 - amariliatc Parabéns por divulgar o que muitos insistem em desconhecer.É lamentável que a parcela mais esclarecida da população( aquela que se acha como tal) nega sua história e "cospe" no prato daqueles que prepararam o terreno para que a democracia florescesse.Paa essa turma, todos aqueles que combateram a ditadura foram bandidos, menos aqueles que conseguiram sair do país e voltaram com título de doutor.Como vc bem o disse, Dilma tem muito mais serviços prestados à nação do que a maioria que habita Brasília.Meu carinho. Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)       ---------------------------------   12/10/2010 12:53 - Estrela Matutina Um texto de arrepiar o coração. E ainda tem gente que quer a volta desse sistema sórdio. Deus nos livre. Amém. Abraços Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)       --------------------------------   12/10/2010 12:15 - Ribeiro Braz Prezado Lustato, apreciei com louvor o texto. Cabe-me acrescentar que embora seja importante o passado, a pergunta mais interessante seria: Quem será Dilma Rousseff? Menos pessoas vota na pessoa Dilma que em seu partido ou no seu criador. A moça de vermelho tem bagagem e demonstra pelo menos a meu ver, sabedoria. Ela veste a roupa da liderança, vide Luluzinha, vide Mônica, ambas de vermelho o tempo todo, mas também pq deseja compartilhar o pensamento de seu partido. Dilma é apenas um ícone no cenário que se instalou no país, e quem nela confiar (votar)apenas estará clicando na janela de seu window. Seu padrinho tb veste vermelho e com barba branca e barriga saliente inconscientemente se espelha do bom velhinho do final de ano. Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552150)         ------------------------------------ 12/10/2010 12:08 - Conde Simone EXCELENTE TEXTO, GRANDE AMIGO. MAS QUE A DOUTORA DILMA TEM 25 ANOS NA POLÍTICA, E COM INTEGRIDADE DE CARÁTER.CREIO QUE ANTES DE FALAR, OFENDER, MUITOS DEVERIAM CONHECER A FUNDO O QUE FOI A DITADURA MILITAR. MAS É SÓ DIGITAR NO YOUTUBE E ENCONTRAR TODOS OS VÍDEOS, DA ÉPOCA. GRANDE BEIJO E CONTINUAMOS NA LUTA DE "INFORMAR", SEM JULGAR JAMAIS!E QUE CADA QUAL TIRE SUAS CONCLUSÕES E VOTEM CONFORME SUAS CONSCIENCIAS. Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)       ------------------------------------   12/10/2010 12:04 - J Estanislau Filho Meu caro, não sabe como me emocionei lendo seu artigo. Não sou herói da resistência, mas dei minha humilde contribuição a partir da segunda metade da década de 70 (século 20), para podermos ter o direito de escolher quem vai nos governar. E sei (inclusive por meio dos Jornais Movimento, Opinião, O Companheiro, De Fato, Coojornal, todos os chamados nanicos) o que se passava nos porões da ditadura. Meu voto vai pra Dilma, lógico. Para o texto: Quem é Dilma Rousseff ? (T2552123)   ---------------------------------- Site do Escritor Capa Meu Diário Textos Áudios/Voz Player Mp3   Fotos e Gifs e Imagens Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links A Oligarquia, os poderosos, estão em guerra contra o povo brasileiro. Você vai cair nesse conto do vigário? (Antero Vaz de Andrade) Prezada Companheira Dilma(Elmano Sandino)Dali, de onde estavas, enxergavas luz? Ou somente trevas e escuridão? Nos porões do DOPS e do DOI-CODI, onde eras espancada e submetida a choques elétricos, havia algum tipo de humanidade? Alguém, alguma vez, condoeu-se ao vê-la desmaiar?ante tamanhas torturas? O zelador, talvez? Ou todos eram monstros torturadores? Acaso sorriam enquanto ligavam a parafernália que lhe submetia a choques elétricos? Alguma pequena vez que fosse notastes algum raio de olhar humano naqueles indecentes seres? (Elmano Sandino) A mídia comercial em guerra contra Lula e Dilma by Leonardo Boff [com pequenas variações e adaptações by Antero Vaz de Andrade] A Oligarquia, os poderosos, estão em guerra contra o povo brasileiro. Você vai cair nesse conto do vigário? (Antero Vaz de Andrade) + Quem é Dilma  Rousseff ? by Antero Vaz de Andrade + Pequenas Disgressões a despeito de um Marceneiro e o Dono da Serraria by Antero Vaz de Andrade Estava eu, na busca de um link personalizado para uma publicação minha, no link http://bit.ly/serranao e o localizei já em uso. Porém por brilhante discurso [por isso nem me importei em ficar com o link http://bit.ly/serrAnao ] de um artigo sócio-político da lavra do Teólogo, Filósofo e Escritor Leonardo Boff de modo que o li, reli e considerei um crime de lesa-pátria não  re-publicá-lo imediata e serenamente. E exortar que a todos quanto a este link cheguem, que o leia até o fim e, em extremo, recomende a leitura a amigos, colegas, contatos. Inclusive autorizamos copiar todo o texto e colá-lo no corpo do email. dica: mesmo com a proteção anti-cópia do Recanto das Letras, que enche até o meu saco, e é totalmente sem-senso, você pode clicar com o botão esquerdo do mouse e selecionar o texto. Para copiar acesse, no Firefox, o menu "Editar" e o sub-menu "copiar" e depois cole onde desejar. Esses passos acima só valem para o Firefox. Com o IE e o Chrome, não se consegue copiar. Talvez com Chrome. Mas o Ópera, não. Após o brilhante artigo, ao semi-final, incluímos nossa crônica "Quem é  Dilma Rousseff ?", de Antero Vaz de Andrade, onde são apresentadas as origens, o passado político e a vida de Dilma Rousseff, acompanhado -- ao final -- de um pequeno poema, sobre as torturas praticadas no DOPS e no DOI-CODI. Finalmente, por fim, ao final, uma pequena disgressão da lavra de Antero Vaz de Andrade, onde se traçam considerações acerca de um Marceneiro e o Dono da Serraria. O texto é apresentado como um paliativo, uma pausa, como se fôra de humor, num trocadilho da expressão "Serra Não", de modo a poder ser copiado e colado em todos os scrapbooks de todas as redes sociais. Acompanha, também, várias versões em 140 caracteres, para publicar no Twitter. Se você fizer um twitter com o texto, faça um "retwitter" dos nossos e um "reply" para o nosso twitter @BrasilPoesias que seu twitter será indicado, por 30 dias, na home page de nossa rede Brasil Poesias. Abraço. Lustato Tenterrara   A mídia comercial em guerra contra Lula e Dilma by Leonardo Boff in: http://bit.ly/serranao Edital Sou profundamente pela liberdade de expressão em nome da qual fui punido com o "silêncio obsequioso" pelas autoridades do Vaticano. Sob risco de ser preso e torturado, ajudei a editora Vozes a publicar corajosamente o "Brasil Nunca Mais", onde se denunciavam as torturas, usando exclusivamente fontes militares, o que acelerou a queda do regime autoritário. Essa história de vida me avaliza fazer as críticas que ora faço ao atual enfrentamento entre o Presidente Lula e a midia comercial que reclama ser tolhida em sua liberdade. O que está ocorrendo já não é um enfrentamento de ideias e de interpretações e o uso legítimo da liberdade da imprensa. Está havendo um abuso da liberdade de imprensa que, na previsão de uma derrota eleitoral, decidiu mover uma guerra acirrada contra o Presidente Lula e a candidata Dilma Rousseff . Nessa guerra vale tudo: o factóide, a ocultação de fatos, a distorção e a mentira direta.   Precisamos dar o nome a essa mídia comercial. São famílias que, quando veem seus interesses comerciais e ideológicos contrariados, se comportam como " famiglia" mafiosa. São donos privados que pretendem falar para todo o Brasil e manter sob tutela a assim chamada opinião pública. São os donos dos Jornais O Estado de São Paulo, de A Folha de São Paulo, de O Globo, da revista Veja, na qual se instalou a razão cínica e o que há de mais falso e chulo da imprensa brasileira. Esses estão a serviço de um bloco histórico assentado sobre o capital que sempre explorou o povo e que não aceita um Presidente que vem desse povo. Mais que informar e fornecer material para a discussão pública, -- pois essa é a missão da imprensa, -- essa mídia empresarial se comporta como um feroz partido de oposição. Na sua fúria, quais desesperados e inapelavelmente derrotados, seus donos, editorialistas e analistas não têm o mínimo respeito devido à mais alta autoridade do país, ao Presidente Lula. Nele veem apenas um peão a ser tratado com o chicote da palavra que humilha.   Mas há um fato que eles não conseguem digerir em seu estômago elitista. Custa-lhes aceitar que um operário, nordestino, sobrevivente da grande tribulação dos filhos da pobreza, chegasse a ser Presidente. Esse lugar, -- a Presidência da República -- , assim pensam, cabe a eles, os ilustrados, os articulados com o mundo, embora não consigam se livrar do complexo de vira-latas, pois se sentem meramente menores e associados ao grande jugo mundial. Para eles, o lugar do peão é na fábrica produzindo. Como o mostrou o grande historiador José Honório Rodrigues (Conciliação e Reforma): "a maioria dominante, conservadora ou liberal, foi sempre alienada, antiprogresssita , antinacional e não contemporânea. A liderança nunca se reconciliou com o povo. Nunca viu nele uma criatura de Deus, nunca o reconheceu, pois gostaria que ele fosse o que não é. Nunca viu suas virtudes, nem admirou seus serviços ao país, chamou-o de tudo -Jeca Tatu-; negou seus direitos; Arrasou sua vida e logo que o viu crescer ela lhe negou, pouco a pouco, sua aprovação;   Conspirou para colocá-lo de novo na periferia, no lugar que continua achando, que lhe pertence (p.16)"     Assim pois, esse é o sentido da guerra que movem contra Lula. É uma guerra contra os pobres que estão se libertando. Eles não temem o pobre submisso. Eles têm pavor do pobre que pensa, que fala, que progride e que faz uma trajetória ascedente como Lula. Trata-se, como se depreende, de uma questão de classe. Os de baixo devem ficar em baixo. Ocorre que alguém de baixo chegou lá "em cima. Tornou-se o Presidente de todos os brasileiros. Isso para eles é simplesmente intolerável. Os donos e seus aliados ideológicos perderam o pulso da história. Não se deram conta de que o Brasil mudou. Surgiram redes de movimentos sociais organizados, de onde vem Lula, e tantas outras lideranças. Não há mais lugar para coroneis e para "fazedores de cabeça" do povo. Quando Lula afirmou que "a opinião pública somos nós", frase tão distorcida por essa midia raivosa, quis enfatizar que o povo organizado e consciente arrebatou a pretensão da midia comercial de ser a formadora e a porta-voz exclusiva da opinião pública. A Ditadura da Imprensa, o Quarto Poder, tem que renunciar à ditadura da palavra escrita, falada e televisionada e disputar com outras fontes de informação e de opinião.   O povo, cansado de ser governado pelas classes dominantes, resolveu votar em si mesmo. Votou em Lula como o seu representante. Uma vez no Governo, operou uma revolução conceptual, inaceitável para elas. O Estado não se fez inimigo do povo, mas o indutor de mudanças profundas que beneficiaram mais de 30 milhões de brasileiros. De miseráveis, se fizeram pobres laboriosos;   De pobres laboriosos, se fizeram classe média baixa;   E de classe média baixa, se fizeram classe média. Começaram a comer; a ter luz em casa; a poder mandar seus filhos para a escola;   A ganhar mais salário; enfim, a melhorar de vida.   Outro conceito inovador foi o desenvolvimento com inclusão social e distribuição de renda. Antes havia apenas desenvolvimento/crescimento que beneficiava aos já beneficiados à custa das massas destituidas e com salários de fome. Agora ocorreu visível mobilização de classes, gerando satisfação das grandes maiorias e a esperança que tudo ainda pode ficar melhor. Concedemos que no Governo atual há um déficit de consciência e de práticas ecológicas. Mas, importa reconhecer que Lula foi fiel à sua promessa de fazer amplas políticas públicas na direção dos mais marginalizados. O que a grande maioria, o que o Povo almeja é manter a continuidade desse processo de melhoria e de mudança. Ora, essa continuidade é perigosa para a mídia comercial que assiste, assustada, ao fortalecimento da soberania popular que se torna crítica, não mais manipulável e com vontade de ser ator dessa nova história democrática do Brasil. Vai ser uma democracia cada vez mais participativa e não apenas delegatícia. Essa democracia delegatícia, que deseja retomar o poder, abria amplo espaço à corrupção das elites e dava preponderância aos interesses das classes opulentas e ao seu braço ideológico que é a mídia comercial que apóia a candidatura de Serra. A democracia participativa escuta os movimentos sociais; escuta o Movimento dos Sem Terra (MST), odiados especialmente pela Revista Veja, que faz questão de não ver a desgraça da pobreza; A democracia participativa que vem sendo implantada pelo Governo Lula, é protagonista de mudanças sociais não somente com referência à terra, mas também ao modelo econômico e às formas cooperativas de produção.   O que está em jogo neste enfrentamento entre a midia comercial e Lula/Dilma é a questão: Que Brasil queremos? Aquele injusto, neocolonial, neoglobalizado e, no fundo, retrógrado e velhista, representado pelas classes dominantes que apoiam a Candidatura Serra? Ou queremos o Brasil novo, com sujeitos históricos novos, antes sempre mantidos à margem e agora despontando com energias novas para construir um Brasil que ainda nunca tínhamos visto antes, representado pela classe pobre e pela classe de maior instrução, e que apoiam a Candidatura Lula-Dilma?  Esse Brasil Participativo é combatido na pessoa do Presidente Lula e da candidata Dilma. Mas esses representam o que deve ser. E o que deve ser tem força. Irão triunfar a despeito das más vontades desse setor endurecido da midia comercial e empresarial. A vitória de Dilma dará solidez a este caminho novo, ansiado e construido com suor e sangue por tantas gerações de brasileiros. by Leonardo Boff [Teólogo, filósofo, escritor e representante da Iniciativa Internacional da Carta da Terra] * Teólogo, filósofo e escritor [com pequenas variações e adaptações by Antero Vaz de Andrade] Ao publicar em qualquer meio impresso ou eletrônico, favor citar a fonte http://www.adital.org.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=51181 e enviar cópia para: Caixa Postal 131 - CEP 60.001-970 - Fortaleza - Ceará - Brasil citar também esta fonte http://www.lustatotenterrara.com e comunicar ao email lustato@gmail.com ou em nosso formulário de contato on line http://www.lustatotenterrara.com/contato.php Quem é Dilma Rousseff ? Antero Vaz de Andrade   A presidenta da Ley dos Medios TEXTO DO PAULO HENRIQUE AMORIM somente lá no médio final desta publicação …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 15:03 em 18 outubro 2010
Topic: Lustato no Mural do Recanto das Letras 25jan2011 Direcionado para as recentes tragédias da Região Sudeste
É SENTIR SAUDADE ANTES DA PARTIDA - S-O-S PARA O RIO DE JANEIRO.pdf, 26 KB Dados Oficiais Arquivo PDF com DADOS BANCÁRIOS, FONT GLOBO NEWS  REENVIE O LINK ACIMA PARA SEUS AMIGOS, NO ORKUT E E-MAILs         Título Categoria Local Data Leituras       Amar é... Sentir Saudade Antes da Partida! (Lustato Tenterrara) + Número de contas e postos de arrecadação de donativos para ajudar à Região Sudeste (Publicação normal, com link para o mesmo artigo, em e-livro, PDF)     Artigos > Sociedade RS 24/01/11 4       A Espera     Mensagens > Amor RS 24/01/11 15       Amar é...     Mensagens > Amor RS 23/01/11 34       Amar é... (Homenagem à Cruz Vermelha, Bombeiros e População Civil do Rio de Janeiro     Mensagens > Amor RS 23/01/11 8       De Amor e Paixão, de Ternura e Tesão, de Divino e Insano... Bem mais de Insano, de Loucura e de Tumulto.     Mensagens > Saudade RS 21/01/11 14       Amar é... + S.O.S. Rio de Janeiro: Dados da Cruz Vermelha e Outros Órgãos - ARQUIVO EM PDF, para dificultar adulterações. Dados Globo News. Faça o download para certificar-se que os dados são os oficiais     Mensagens > Amor RS 19/01/11 17       600.009 Visitantes Únicos: + A Queda do Dólar + Quem financiou 8 anos de Guerra? + Agradeço a todos os amigos, leitores, internautas que nos acompanharam nesta jornada que hoje completa 3 anos e nove meses, e com 600.009 visitantes únicos     Crônicas RS 18/01/11 20       Uma Pequena Crônica de Lustato Tenterrara sobre a música, a letra e o vídeo da música "O Quereres", de Caetano Veloso, em dueto com Chico Buarque     Mensagens > Amor RS 17/01/11 16       Crônicas Literárias: Uma Frase que eu Nunca Diria!     Frases RS 15/01/11 14       Quisera eu, Ter um Pedaço de Ti     Mensagens > Amor RS 12/01/11 40       Sonhos by Lustato Tenterrara     Pensamentos RS 12/01/11 5       Lembranças do que se fora; Confissões do que se É (Elmano Sandino)     Poesias > Amor RS 04/01/11 8       10 Comentários Enviados no http://bit.ly/recanto e em http://bit.ly/nossosite     Crônicas RS 04/01/11 21       Feliz Ano Novo! (A melhor mensagem de FELICIDADES que um dia já fiz)     Mensagens > Amizade RS 04/01/11 44       10 Comentários Recebidos no http://bit.ly/recanto e em http://bit.ly/nossosite     Crônicas RS 04/01/11 10       Feliz Ano Novo - Mensagem de Felicidades     Mensagens RS 31/12/10 25       Feliz Ano Novo Meu Amor - Várias Mensagens de Amor para o Feliz Ano-Novo (mais código HTML para hi5, Multiply, Orkut Antigo, exceto Orkut Novo (vamos incluir depois)     Mensagens > Amor RS 31/12/10 209       Feliz Ano Novo! Várias Mensagens! Códigos Html para Hi5, Multiply. Ning, Orkut Antigo, etc (exceto Novo Orkut)     Mensagens S 31/12/10 10       A Princesa do Jardim Encantado (Greenville McThomas) [Conto de Fadas] [Contos Infantis] [Contos para Bebê Dormir] [idade 3 a 8 anos] Não é por nada não, mas este conto SERÁ FELIZ, a todas as crianças Infantil RS 30/12/10 46       Amar É... Mensagens > Amor RS 30/12/10 37   13/12/2010 00:09 Especialíssimo comentário, amigo Ericnelson. Realmente, além do interesse do petróleo deve estar, também, o dos recursos hídricos. Bem lembrado. Percebo em seu comentário uma fé inabalável na recuperação financeira da Roda Quadrada da Economia Americana. E percebo seus argumentos bem fundamentados. Quase chego a defendê-los. No entanto a desvalorização do dólar não é artificial. Artificial é a tentativa de não deixar o dólar descambar no rumo do chão. Os americanos (USA) deixaram de receber os juros de nossa dívida externa, que os mantinha e custeava seus gastos absurdos. Em um primeiro momento não se aperceberam, pois ficaram abismados com o pagamento do capital e juros e ainda com o empréstimo de 30 bilhões de dólares que o Brasil lhes emprestou. Tal acontecimento isolado talvez não ocasionasse danos à economia americana. Ocorre que os EUA estão financiando 8 anos de guerra. As despesas devem ser estratosféricas. E tal foi feito apenas imprimindo mais e mais trilhões de dólares e despejando-os nos mercados cambiais em todo o mundo. A um determinado momento o mercado viu-se empilhado em cima de dólares, o que não encontra amparo na única lei inabalável que rege o mercado: a lei da oferta e da procura. É ela que está regendo a desvalorização do dólar em todos os mercados cambiais. O mundo, agora, está sendo bombardeado com informações subliminares, aquelas que fazem você pensar em tomar coca-cola, apenas por que, enquanto assistia a um filme, aparecia na tela uma mensagem subliminar "beba coca-cola", a intervalos regulares, porém a velocidades não perceptíveis pela vista humana, mas que o cérebro percebia. Resultado: 20 a 30% de aumento no consumo de coca-cola nessas sessões. Ontem e por esses dias, já começaram. O canal HBO, o Max Prime e todos os demais estão totalmente voltados a filmes que mostram o ideal americano, o heroísmo, o patriotismo, o vencedor, os heróis de Guerras. Num desses, contou a história da vida de um presidente americano que antes de ser presidente teve que vencer uma luta contra a paralisia infantil e que enfrentou a crise de 1929 e foi eleito 3 vezes, e governou os EUA durante a 2.ª Guerra Mundial. E olha que, na 2. ª Guerra, o lançamento das duas bombas em Hiroshima e Nagazaki, foi um ato de Crime de Guerra. Mas os americanos estão acostumados a cometer crimes de guerra e não serem punidos, mas arvoram-se de éticos e justiceiro na hora de julgar, prender e matar os governantes de outros países de guerra que cometeram, inclusive, menos barbáries do que os Americanos. Lembramos que os crimes de guerra são imprescritíveis. Logo ainda há tempo de se julgar os Americanos pelas Bombas lançadas no Japão, cujo ato, além de criminoso, foi "racista", foi uma vingança contra o Bombardeio de Pearl Habor. Ocorre que o Japão bombardeou militares e os Americanos tornaram cinjas duas cidades de quase um milhão de habitantes civis. Mais recentemente, bombardeou com Napalm (um gás que queima a vida animal, deixando intacta as construções), e novo crime de guerra, contra a população civil. Muitos viram na TV, a cena daquela criança, aquela menininha correndo nua, com os braços abertos, toda queimada pelo gás Napalm. Hoje, crescida, diz que perdoa os estadunindenses. Não sei se foi abduzida, comprada, anistiada, tornada cidadã do imperialismo estadunindense, indenizada, ou outra coisa, para sair publicamente e declarar, frente a emissoras de televisão, que os criminosos de guerra estadunindenses estavam perdoados. Pode ser também aquela doença já codificada no C.I.D. que transforma o psiquê dos sequestrados assumindo simpatia pelos seus algozes. Seriam ela, aquela menininha correndo nua e queimada, e seus amiguinhos de escola, terroristas? Não! Apenas mais um crime de guerra dos estadunindenses, dos quais tenho vergonha de serem chamados americanos, pois nós somos americanos, mas, com a graça de Deus, não somos estadunindenses: Somos americanos brasileiros, e disso podemos nos orgulhar. Aliás, creio, que deveria ser abolido o termo "americano" ao se tratar dos Estados Unidos, e tratá-los pelos devidos nomes: "estadunindenses", ou "euanienses". Afinal, existe algum país que os seus cidadães são chamado pelo nome de seu continente? E nessa última década, com a desculpa (depois confessada falsa) de que Saddam Hussein possuia armas de destruição em massa, (coisa que, quem tem, comprovadamente, são os Estados Unidos da América) e invadiu Bagdá, capturou Saddam Hussein, organizou um criminoso Tribunal de Exceção (não admitido em nossa constituição brasileira) e julgou e condenou à morte o Ditador Sadan Hussein. E o executou sumariamente, sem tempo para recursos ou comutação da pena em, ao menos, prisão perpétua. E ainda hoje cometem crimes de guerra, desta feita, de forma escancarada e comprovada, com a manutenção da criminosa prisão denominada Guantânamo. E a ONU? A ONU não faz nada, pois é um ente escravo dos estadunindenses. Acho que está mais do que na hora de ser criado um órgão com soberania internacional, para intervir em todos os países que mantém em seu ordenamento jurídico, a pena de morte; em todos os países que cometem ou cometeram crimes de guerra. E a adesão a tal organismo internacional seria compulsória a todos os entes de direito internacional público, a serem regidos por uma Constituição Mundial, voltada para os mais valiosos bens dos indivíduos: O direito à vida digna; o direito à liberdade; e quando previsto o cerceamento da liberdade de ir e vir, a imposição de tratamento digno, não desumano, nem cruel, nem de trabalhos forçados. E o cumprimento dos mandamentos constitucionais brasileiros e da LEP, que apenas existem no papel, deveriam ser de implantação e execuão imediata. Bom. Escrevi muito. Creio que poucos leitores chegaram até aqui. Àqueles que leram, que percebam a atrocidade de que são vítimas muitos países, muitas populações, e muitos os excluídos por motivo de raça ou religião. Afinal, os Alemães fizeram um estrago danado na 2.ª Grande Guerra, mas a bomba caiu foi no Japão. Nação que já estava vencida quando as bombas foram lançadas. Um mero exercício militar para comprovar a soberania do poder de fogo que os estadunindenses possuiam. Por que não lançaram contra os Arianos alemães? Mas sobre uma população civil napônica? Por que os napões eram de outra raça e os Arianos, acaso atacados com a bomba atômica iriam conseguir julgamento militar para julgar os crimes de guerra cometidos pelos estadunindenses. Para o texto: Roda Quadrada: O Retrato da Economia Americana e Muita Coisa Aqui Escrito. Não dá pra Nominar. Começa com o Mercado Cambial, passa pelos crimes de guerra, pela ruína do Império Americano, pela guerra,e ainda deixei muita coisa de fora... (T2656394) De: Lustato Tenterrara   Amar é... + S.O.S. Rio de Janeiro AMAR É SENTIR SAUDADE ANTES DA PARTIDA - S-O-S PARA O RIO DE JANEIRO.pdf, 26 KB Dados Oficiais Arquivo PDF com DADOS BANCÁRIOS, FONT GLOBO NEWS     REENVIAR AOS AMIGOS, coloque os endereços de e-mail de seus amigos, na opção cco (com cópia oculta) evitando, desta forma, que sejam capturados por spamrs. Poema AMAR É... + S.O.S. RIO DE JANEIRO Publicado por Lustato Tenterrara em 19 janeiro 2011 às 17:08 em Iara Lee Back to Iara Lee Discussions :: Todos > Mensagens > Amor …
Adicionado por Lustato Tenterrara para Comunidade Recanto das Letras ao 19:50 em 25 janeiro 2011



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog com imagens e figuras de linguagem XXX ADULTO

Ocorreu um erro neste gadget